2015

abril

Bem-vindo ao Comintern (EH)!

 

 

Abril de 1920

95º aniversário da fundação da Internacional Comunista das Mulheres

Clara Zetkin – fundadora e líder da ICM

Em língua Alemã

1924

Acerca da Internacional Comunista das

Mulheres sob a liderança de

Clara Zetkin

 

 

Site especial em Inglês

Site especial em Alemão

Site especial em Português



 

 

 

 

 

 

 

 

1º DE MAIO DE 2015


RELATÓRIO DA SECÇÃO PORTUGUESA


DO COMINTERN (EH)



Lisboa, 1 de Maio de 2015 no período da tarde


No 1º de Maio de 2015, no período da tarde, a Secção Portuguesa do Comintern (EH) participou na manifestação que teve lugar em Lisboa, no âmbito da nossa luta inexorável contra todos os tipos de capitalismo, o revisionismo e social-fascismo não só em Portugal, mas em todo o mundo, em prol de um combate autenticamente anti-capitalista e comunista contra os governantes burgueses-imperialistas mundial e seus lacaios nacionais. Como também aconteceu em anos anteriores, que levou a bandeira vermelha do Comintern (EH) com o seu martelo, foice e arma connosco.


O contexto político-económico-social em que a manifestação ocorreu pode ser descrito como de fogo. Portugal está sob o domínio neo-colonial do FMI fascista e da UE ultra-reaccionária que é instrumentos utilizados pelos oligarcas capitalistas-imperialistas mundiais para oprimir e explorar ainda mais os trabalhadores e os proletários de todo o mundo. O desemprego, a pobreza, a emigração em massa e todos os tipos de males estão a atingir dimensões catastróficas sem precedentes no país.


Quando chegamos à avenida Martim Moniz onde a manifestação começou, percebemos que houve também muitos grupos de reformados, estudantes e desempregados também que protestavam contra as suas condições de vida miseráveis. Eles gritaram: "Sem trabalho, sem futuro!", "Com empregos temporários, não há liberdade!" E "O desemprego é miséria!"


Na verdade, os desempregados estão entre os grupos mais oprimidos sob o capitalismo, e muitos deles são submetidos à exploração mais selvagem, vivendo em condições indescritíveis, sem qualquer tipo de renda. A maioria dos desempregados estão em uma posição tal que eles são abertamente prontos a aceitar virtualmente qualquer trabalho, independentemente das condições salariais e de trabalho. Consequentemente, os exploradores portugueses ver esse imenso exército de desempregados como uma oportunidade de negócio, e usá-los, literalmente, como escravos que sofrem as mais severas "contratos temporários", em que os capitalistas são livres para contratar e demiti-los a qualquer momento, sem qualquer justificação ou compensação. E isso não afecta apenas aqueles que estão desempregados. Mesmo aqueles que pensavam ter um emprego "seguro" supostamente estão sendo submetidos a esse tipo de "contratos temporários" sob risco permanente de ser demitido a qualquer momento. Entretanto, esses trabalhadores pobres não têm acesso às necessidades mais básicas (alimentação, habitação, educação, saúde, etc.) devido aos "cortes de austeridade" infames. Essa é a verdadeira cara feia da "democracia" burguesa: enquanto massas exploradas portugueses em geral e dos trabalhadores em particular, estão vegetando na pobreza mais escura, mundo capitalista-imperialista oligarcas das Finanças da Goldman Sachs, JP Morgan, etc., cuja repressão capitalista aparelho estatal é totalmente controlado por seus lacaios mais fiéis, continue enriquecendo-se mais e mais, graças aos lucros intermináveis ultrajantes se acumulam através das "taxas de juros e spreads" abusivas que impõem aos países altamente endividados como Portugal.


Claro que, como sempre, algo nunca falta foi a presença dos revisionistas portugueses com todos os seus cartazes social-fascista e slogans. Em algum momento, eles pareciam ser omnipresentes. Na verdade, nós não devemos ser surpreendidos, como esta demonstração Primeiro de Maio foi organizado principalmente pelo CGTP, major sindical do país, que também é totalmente controlado pelo P "C", um partido ultra-oportunista do tipo Khrushchevist cujo P única finalidade é a de manter trabalhadores portugueses, longe do Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo e do socialismo autêntico e comunismo. Na verdade, P "C" P e a CGTP de "recursos" falsos para o 1º de Maio se destinam exclusivamente no uso de data esta cruciais dos trabalhadores históricos para espalhar seus slogans burgueses reformistas que visam a implementação de um utópico "capitalismo domesticado" sob a qual a luta de classes deixaria e carácter de classe do estado capitalista seria cuidadosamente escondido atrás de falsas máscaras "socialistas".


Infelizmente, desde o início da crise actual do capitalismo-imperialismo, o número de defensores e apoiantes dos revisionistas portugueses tem vindo a aumentar de uma forma aterradora. Não é exagero afirmar que a social-fascistas portugueses estão a planear activamente a sua ascensão ao poder e para isso eles enganam massas oprimidas portugueses com os seus falsos "vermelhos" e máscaras e fraseologia "comunistas". Mas eles estão condenados à derrota, porque o futuro pertence exclusivamente ao Estalinismo-Hoxhaismo e não ao revisionismo, neo-revisionismo, social-fascismo e anti-comunismo de qualquer tipo. É para nós, Estalinistas-Hoxhaistas, que pertence principalmente a tarefa de derrotar o revisionista P "C" P.


Também como ocorreu em outras manifestações anteriores, um dos principais slogans dos revisionistas foi: "Este governo deve ir!" Todos os seus discursos foram centrados nesta demanda reformista. Como se uma mera mudança de governo, dentro dos limites da ordem burguesa-capitalista pudesse mudar alguma coisa. É claro que seu único objectivo com isso é para desviar a atenção e as lutas dos trabalhadores e dos proletários "de fins autenticamente socialistas e comunistas. De fato, estes são alguns dos principais objectivos dos revisionistas.


Os Maoistas portugueses (neo-revisionistas) da P “C” TP também estavam lá. Assim como em outras ocasiões, eles continuam a insistir em suas palavras de ordem contra o imperialismo alemão e defender "uma união de trabalhadores do sul da Europa", mantendo um silêncio absoluto sobre o imperialismo chinês. E a razão para isso não é muito difícil de entender: origens e raízes do social-imperialismo podem ser encontradas em sua ideologia social-fascista. Nós, Estalinistas-Hoxhaistas, afirmam que não é possível lutar contra qualquer imperialismo enquanto cobria e apoiar outro. De acordo com os ensinamentos dos Clássicos em geral e do camarada Enver Hoxha em particular, temos de lutar contra todos os imperialismos, sem excepção, porque não fazer isso significa tornar-se um lacaio do sistema capitalista-imperialista mundial explorador e opressor.


Na manifestação, havia também numerosos grupos de tendências anarco-liberal-reformistas com slogans como "FMI - o fora daqui!", "Os ricos devem pagar a dívida!", "Os bancos estão ficando mais ricos, enquanto nós estamos cada vez mais pobres! "e" Espanha, Grécia, Irlanda, Portugal - a nossa luta é internacional "à primeira vista, esses slogans parecem ser mais ou menos correcto, mas na verdade estes grupos são fabricados pelas classes exploradoras, em geral, e pela burguesia em particular! para servir como bodes expiatórios para queixas legítimas dos trabalhadores, orientando-os, assim, no sentido de objectivos muito conveniente e incentivando-os a participar desses tipos de "movimentos radicais", cuja natureza de classe e objectivos são totalmente pró-capitalista e cujo objectivo é impedir que os trabalhadores, proletários e outros explorados e oprimidos aulas de reconhecer e abraçar o Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo e do Comintern (EH) como a ideologia e organização só é verdadeiramente revolucionária, proletária e comunista. Este tipo de organizações pertencem à mesma espécie do SYRYZA infame da Grécia e, apesar de sua falsa fraseologia "radical de esquerda", estas organizações reformistas inteiramente recusar a ditadura do proletariado e da construção socialista baseada nos ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, que são dadas anátemas para eles.


A única maneira de trabalho Português e massas proletárias a libertar-se total e definitivamente de todos os tipos de exploração e opressão é através da firme adesão ao Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo, é, porém lutando pela revolução socialista, para a implementação da ditadura do proletariado e de o socialismo e o comunismo não só em Portugal mas em todo o mundo, sob a liderança de ferro do Comintern (EH). Mas tudo isso só pode ser alcançado quando Português massas exploradas e oprimidas se unem de forma monolítica em torno da Secção Portuguesa do Comintern (EH). É por isso que podemos concluir o reforço da Secção de Portuguesa do Comintern (EH) é urgentemente necessário cada vez mais.


E como temos lembrado em anos anteriores, o Comintern (EH) considera como missão transformar manifestações do Primeiro de Maio em todo o mundo para a ocasião com um carácter verdadeiramente revolucionário e internacionalista. As influências de amarelo sindicais e das classes burguesas nacionais em cada país deve ser derrotado e ultrapassado. Isto é o que caracteriza a relação entre globalização revolucionário de Primeiro de Maio e da globalização da revolução socialista mundial.



Trabalhadores portugueses e mundiais - uni-vos!


Proletários portugueses, trabalhadores e todas as classes exploradas e oprimidas - lutem contra os dois exploradores capitalistas internos e externos!


Lutar por uma ditadura proletária autêntica, lutar pelo socialismo genuíno em Portugal e em todo o mundo!


Não se deixe enganar pelas mentiras e mentiras reformistas promovidas pelos revisionistas portugueses, neo-revisionistas, social-fascistas e anti-comunistas!


Só a revolução socialista mundial pode libertar trabalhadores portugueses da opressão asfixiantes dos credores capitalistas-imperialistas estrangeiros!


Vamos construir revolucionários vermelhos sindicatos da ISV em Portugal!


Viva a Secção Portuguesa do Comintern (EH)!


Viva a Portugal socialista em um mundo socialista!


Viva o proletariado Português!


Viva o proletariado mundial!


Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!


Viva a violenta revolução proletária socialista mundial!


Viva a ditadura do proletariado mundial armada!


Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!


Viva o Comintern (EH) - a única organização autenticamente comunista do mundo!


Viva o revolucionário 1º de Maio vermelho!

 

 

Viva o 1º de Maio - 2015 !

O dia da luta de classes

internacional do

proletariado mundial!

VIVA O INTERNACIONALISMO PROLETÁRIO!

Viva a revolução socialista mundial!

Viva o comunismo mundial! 

 

 

Site especial... 

também disponível

em Inglês

em Alemã

em francês

em espanhol

 

Trabalhadores do mundo – uni-vos!

Proletariado mundial – une todos os países!

 

 

Mensagens de Solidariedade

 

 

 

Mensagem do 1º de Maio de 2015

da Secção Portuguesa

do Comintern (Estalinista-Hoxhaism)

Viva o dia de batalha da classe trabalhadora internacional!

 

 

Este 1 de Maio de 2015 será de importância decisiva para o proletariado Português. Devido à agressão em curso contra eles pelos fascistas-imperialistas do FMI e da UE, os proletários portugueses estão sofrendo todos os tipos de angústias nas mãos do mundo e classe burguesa europeia que controla o Goldman Sachs, Citigroup, etc., que não fazem hesite em levar o país para a falência e para condenar os trabalhadores portugueses à miséria implacável, a fim de acumular o máximo de lucros através de suas taxas de juros asfixiantes, cujo objectivo é manter o país eternamente preso em "dívidas" colossais e para aumentar a exploração dos trabalhadores pelo mundo gigante -scale corporações que possuem e controle. Com esse objectivo, eles confiam na apresentação nauseante de seus lacaios burgueses-capitalistas portugueses que são invariáveis ​​pronto para submergir massas exploradas do país com as mais severas "medidas de austeridade" que estão a aumentar todos os tipos de males no seio da nação: a extrema pobreza, o desemprego, exploração, a opressão, etc.

E a passagem do tempo só tem aguçado e confirmou esta terrível situação que está ficando ainda muito pior. Desde então, o desemprego tem vindo a aumentar cada vez mais e pobreza chegou a níveis alarmantes. Os trabalhadores e pensionistas estão entre os sectores mais afectados. Expulsos de suas casas por bancário taxas de juros abusivas oligarquias mais de habitação, a maioria deles não tem outra escolha a não ser ir viver nas ruas como mendigos. De acordo com os números oficiais proveniente da própria União Europeia, Portugal é um dos países mais desiguais da Europa, onde cerca de 3 milhões de pessoas (de uma população de cerca de 10 milhões) estão vivendo abaixo da linha da pobreza. Mas este terrível estado de coisas tem, naturalmente, levou ao despertar da luta de classes entre os trabalhadores portugueses. Eles estão finalmente entendendo o sistema capitalista-imperialista verdadeiramente é, eles estão finalmente compreender que por trás burguesa fachada "democrática" esconde uma ordem exploradora profundamente predatória que serão inevitavelmente derrubado.

O proletariado Português só terá boas perspectivas se seguir fielmente o Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo, porque esta é a única ideologia capaz de levá-los para uma sociedade comunista mundial onde a exploração e opressão será inexistente. Trabalhadores portugueses devem compreender que a única maneira de se livrar dos males intermináveis ​​do capitalismo é através da revolução socialista mundial, é através da implementação da ditadura do proletariado e de uma sociedade sem estado, sem classes e sem propriedade, não só em Portugal, mas também em todo o mundo. Socialismo mundial e do comunismo mundial são a única forma de abolir a inevitabilidade do cerco capitalista-revisionista e restauração.

Em Portugal, o chamado movimento "comunista" é totalmente dominado por todos os tipos de revisionistas - desde os trotskistas para os maoístas -, mas esta situação não vai durar para sempre! O reforço da Secção Portuguesa do Comintern (EH) - sob a liderança centralizada do Comintern (EH) - é essencial não só para a emancipação do proletariado Português, mas também de todo o proletariado mundial.

Portanto, a fim de tornar-se um destacamento valente do futuro exército vermelho mundo, classes trabalhadoras portuguesas lideradas pelo proletariado deve maciçamente aderir à Secção Portuguesa do Comintern (EH). Este é o presente mais importante tarefa que massas exploradas portuguesas devem resolver e realizar. Assim, este é o nosso principal apelo a todos Português oprimidos e explorados em geral, e para todos os proletários e trabalhadores portugueses, em particular, neste Primeiro de Maio de luta sem precedentes contra todos aqueles que pretendem condenar trabalhadores portugueses para a escravidão sem fim, exploração, opressão e repressão sob ordem capitalista-imperialista. Estes planos sinistros da classe europeia e mundial mundo burguês e seus Português burguês-revisionista, neo-revisionistas e lacaios social-fascista inevitavelmente falhar. O socialismo mundial e o comunismo mundial não são apenas meras possibilidades - eles são realmente necessidades históricas. Através de sua regra selvagem orientada para o lucro máximo e sistema, mundo capitalistas-imperialistas estão cavando sua própria sepultura.

 

Trabalhadores portugueses - se unam contra europeus e mundiais fascistas-capitalistas-imperialistas!

Juntem-se à Secção Portuguesa do Comintern (EH)!

Não se deixem enganar por mentiras burguesas - sob o capitalismo, todos os governos são ditaduras capitalistas exploradores!

Junte-se a todos os outros trabalhadores do mundo para derrubar regra opressiva e exploradora global!

Só o socialismo mundial e do comunismo mundial pode total e definitivamente libertar trabalhadores da tirania capitalista-imperialista que os mata para o máximo de lucros!

Viva o 1º de Maio!

Vamos transformar este dia de maio numa tempestade de fogo revolucionário!

Viva o internacionalismo proletário!

Vamos fortalecer a Secção Portuguesa do Comintern (EH)!

Viva os ensinamentos imortais e invencíveis dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

Viva a revolução violenta proletária e socialista mundial!

Viva a ditadura armada do proletariado global!

Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!

Viva o Comintern (EH)!

 

01 de maio de 2014
   em Lisboa

 

 

01 de maio de 1976
   na Albânia

 

BALTIMORE

Revoltas por causa da morte de Freddie Gray

Em 28 de Abril de 2015

 

Esmagar a polícia de estado fascista!

A revolução socialista violenta justifica-se! 

Nosso objectivo deve ser o de organizar e educar os jovens da classe trabalhadora para compreender sua verdadeira posição na sociedade capitalista, a trabalhar para a abolição do capitalismo e para auxiliar no estabelecimento de uma República de Conselhos de Trabalhadores - um governo funcional por meio da ditadura do proletariado - como o primeiro passo para a criação de uma Sociedade Internacional sem classes, livre de toda a escravidão política e económica.


Internacional Comunista da Juventude

(Estalinista-Hoxhaista)

 

 

NOVO

em Inglês

 

 

«Albânia.

Informações Gerais»

1984 

publicações "8 NËNTORI», TIRANA, 1984, Inglês

- Um guia completo, em Inglês, descreve em pormenor a posição geográfica da República Popular Socialista da Albânia, o seu clima, seu sistema político, divisão administrativa, as maiores cidades do país, da indústria e da agricultura, dos transportes, das alfândegas e do rico passado histórico do povo albanês, o sucesso notável que alcançou em todas as áreas da vida sócio-económica e cultural durante os anos da construção do socialismo.
O livro é lançado no ano de Jubileu - o 40º aniversário da libertação do país ea revolução do povo.

Graças a: enverhoxha.ru

 

 

 

 

25 de Abril de 1974

 

 

- 25 de Abril de 2015

 

Mensagens de Solidariedade

 

 

Mensagem do Comintern (EH)

por ocasião do 41º aniversário

da Revolução dos Cravos

 

Hoje, 41 anos atrás, a forma fascista da ditadura burguesa foi derrubada em Portugal. Durante quase 50 anos, Portugal estava sob um regime fascista-colonialista que tinha apoiado o imperialismo nazista durante a Segunda Guerra Mundial e que depois continuou a explorar selvaticamente e trabalhadores portugueses oprimidas a serviço do imperialismo anglo-americano.

A Revolução dos Cravos 1974 foi, sem dúvida, uma grande vitória para proletariado e os trabalhadores, que conquistaram importantes conquistas em matéria de mais liberdade de expressão, de organização, de acções de militantes legais, etc. É claro que tudo isto no âmbito limitado de "democracia" burguesa do país, mas, apesar disso, temos de dar a estas realizações seu devido valor, até porque eles abriram novas possibilidades de actividades legais para partidos comunistas originais (sem nunca esquecer que a prioridade deve ser dada a os ilegais).

Logo após a Revolução dos Cravos, o P "C" revisionistas da P e os maoístas tentaram transformar o país em um lacaio tirania social-fascista de, respectivamente,-imperialismos sociais soviéticos e chineses, mas suas tentativas foram derrotados e um regime de burguês " democracia "relacionada com o imperialismo ocidental foi estabelecida até hoje em dia.

Infelizmente, o movimento revolucionário que teve início após a Revolução dos Cravos, não poderia ser transformado em um movimento autenticamente marxista-leninista da revolução socialista e implantação da ditadura do proletariado porque faltou a existência de um partido proletário verdadeiramente bolchevique de tipo Leninista-Estalinista que poderia levar e ser a vanguarda das classes exploradas e oprimidas para o socialismo e o comunismo. O movimento Marxista-Leninista do camarada Enver Hoxha existia em Portugal após a Revolução dos Cravos, consubstanciado no PCP (reconstruída), mas ele não poderia alcançar os seus objectivos finais, até porque, desgraçadamente, o nosso partido irmão Português foi liquidada.

Nós, os defensores do Movimento Mundial Marxista-Leninista, sob a liderança do camarada Enver Hoxha, ter a honra e também o dever de defender o nosso partido marxista-leninista em Portugal, que se esforçou - juntamente com todos os outros partidos irmãos-- para a revolução socialista e a implementação da ditadura do proletariado, e para se tornar um verdadeiro partido bolchevique de tipo Leninista-Estalinista. O Movimento Mundial Marxista-Leninista foi constituído principalmente por jovens inexperientes partidos que fizeram um monte de erros na construção de autenticamente um partido bolchevique de tipo Leninista-Estalinista. E na revisão histórica, devemos, infelizmente, também confessar que o movimento mundial Marxista-Leninista do camarada Enver Hoxha foi traído depois de sua morte - e quase liquidada - por causa da nossa fraqueza para construir o partido bolchevique de tipo Leninista-Estalinista. Mesmo o partido albanês, que foi, sem dúvida, caracteriza-se como um partido bolchevique de tipo Leninista-Estalinista, foi liquidada após a morte do camarada Enver Hoxha.

Apesar dos erros e desvios que foram cometidos e que eventualmente levaram ao PCP (R) liquidação, não podemos ficar em silêncio sobre os nossos heróicos portugueses Marxistas-Leninistas camaradas naquela época que honestamente apoiado camarada Enver Hoxha, o PTA e a socialista Albânia directamente após a Revolução dos Cravos. Por quê? Porque isso seria combustível para a usina de traidores como o ICMLPO que seguem as tácticas contra-revolucionários de manter o silêncio sobre o marxista-leninista Movimento Mundial do camarada Enver Hoxha - lo de uma maneira que ele teria, alegadamente, "nunca existiu". Esta é a parte essencial do seu liquidacionismo qual devemos combater.

Não podemos e não vai seguir esta táctica da CIMLPO de negar a defesa dos internacionais, os partidos Marxistas-Leninistas do camarada Enver Hoxha. No contrário, o Comintern (EH) é da opinião de que não podemos defender o quinto clássico do marxismo-leninismo, se manter em silêncio sobre o Movimento Mundial Marxista-Leninista, pois, o camarada Enver Hoxha, como o líder do proletariado mundial também foi o líder do Movimento Mundial Marxista-Leninista a que o partido irmão Português pertencia, sem dúvida.

O PTA e todos os outros partidos Marxistas-Leninistas reconheceram o Partido Português como o partido irmão, como um verdadeiro partido marxista-leninista.

Em 1975, Ernst Aust, o líder do PCA / ML (o irmão de partido alemão de marxista-leninista Movimento Mundial de Enver) foi calorosamente e recebido com entusiasmo pelo PCP (R) e por dezenas de milhares de simpatizantes marxistas-leninistas sobre a demonstração durante o seu convite para Lisboa. E também o camarada Enver Hoxha enviou saudações marxistas-leninistas para a festa irmã Português que era parte integrante do Movimento Mundial Marxista-Leninista. Assim, defendemos os Marxistas-Leninistas em Portugal - não importa o quão forte ou fraco que tinha sido realmente, se ele conseguiu construir-se um verdadeiro partido Leninista-Estalinista ou não com a sua tentativa no final. Defendendo o camarada Enver Hoxha é igual para defender o marxista-leninista Movimento Mundial que ele guiou de forma brilhante, e é, portanto, igual a defender o partido irmão Português [PCP (R)].

Em 1975, houve um comício de marxistas-leninistas em Lisboa contra as políticas hegemónicas de ambas as superpotências, EUA e URSS. Esta foi a linha correta do Português Marxistas-Leninistas que seguiu esta linha do camarada Enver Hoxha. Em 1975, o órgão do PCA / ML comentou sobre a situação Português:

"Sob a propaganda revisionista, as mentiras sobre a" revolução "e" socialismo "que ocorrem enquanto o fascismo cresce são dirigidos contra massas trabalhadoras. A demanda militar para fazer as leis e que atesta a sua aplicação violenta. Sua oficial órgão "Diário do Governo", publicado a aprovação de uma nova lei que lhes permita "tomar todas as medidas necessárias - incluindo a inibição de actividades - contra os partidos e organizações cujos objectivos e programas políticos eram contrárias às do MFA e que promovam violência ou pôr em risco a disciplina do exército ".
Esta nova lei é, em todos os aspectos, um crime usando o poder e demagogia das classes dominantes, em que revisionistas modernos estão incluídos. É claramente dirigida contra Marxistas-Leninistas em Portugal, contra a luta pela revolução proletária e para a emancipação do proletariado e de outras classes trabalhadoras. Em Portugal, não há nenhuma mudança dos métodos opressivos, não há libertação através da revolução, mas, pelo contrário, o que esses social-fascistas como Cunhal qualificar como "revolução" não é nada mais do que a substituição de chefes: em vez de fascismo de Caetano sob americana imperialismo, eles já estão construindo uma tirania social-fascista sob o poder militar dos social-imperialistas soviéticos.
Os desenvolvimentos em Portugal são extremamente importantes e eles não só directamente respeito povo português, mas todos os povos europeus. Para os portugueses, assim como para o nosso povo, isso significa que para intensificar a luta contra o social-imperialismo soviético e sua crescente influência, isso significa lutar pela revolução proletária, para a ditadura do proletariado - contra as traições e enganosa da 5ª Coluna Social Soviética - imperialismo - revisionistas modernos." (Roter Morgen, nº 14, 15 de Abril de 1975, traduzido a partir de língua Alemã)

 

É claro, também houve maoístas que propagaram o slogan maoísta falso da "URSS como o principal inimigo do mundo" e que acolheu a visita de Nixon em Pequim. Mesmo camarada Ernst Aust fez autocrítica que ele erroneamente havia mencionado em seu "Kiel'er Speech" (1974) de que o social-imperialismo soviético seria o "inimigo principal" (enquanto que nos outros documentos que propagou o slogan da luta contra ambos as superpotências). Então, na verdade, não havia apenas seguidores portugueses de revisionistas russos e chineses. Havia também genuínos marxistas-leninistas a quem tivemos relacionamento quente, que não podemos e não vai esquecer.

Os erros e insuficiências que ocorreram no passado, certamente devem ser corrigidos por meio do fortalecimento da Secção Portuguesa do Comintern (EH). Esta é a única maneira de reverter a situação actual dos portugueses povo trabalhador que tenha sido vítima de um verdadeiro ataque dos mundiais e europeus imperialistas que usaram seus banksters e "credores" para submeter trabalhadores portugueses para insuportável neo-colonização por meio de créditos e abominável " interesses e taxas de spread "que mergulhe o país na miséria mais sombria tão imperialistas pode alcançar a maximização do lucro.

 

Viva o 41º aniversário da Revolução dos Cravos de 1974!

Abaixo os revisionistas, neo-revisionistas e social-fascistas Portugueses!

Abaixo o imperialismo mundial e seus lacaios burgueses-capitalistas portugueses!

Abaixo a classe burguesa mundial!

Viva o proletariado Português e mundial!

Viva a revolução socialista proletária mundial!

Viva a ditadura proletária violenta mundial!

Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!

Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

Viva o Comintern (EH) e sua Secção Portuguesa!

 

Rally em Lisboa contra a política de dominação de ambas as superpotências, o imperialismo Americano e o social-imperialismo soviético.

 

 

 

 

HÁ 100 ANOS ATRÁS

24 de Abril de 1915

Genocídio Arménio

1915 ARMÉNIA

----------

2015 Mediterrâneo

 

100 Anos de Imperialismo

 

100 Anos de Genocídio

 

Imperialistas e seus lacaios – para baixo!

"Dizemos adeus ao mundo!"

"Não há lugar para nós no mundo socialista!"

Só a revolução socialista mundial pode terminar com o genocídio!

 

A vitória da Revolução Socialista de Outubro protegido o povo Arménio de novos massacres e extermínio físico!

 

RSS da Arménia

Fundada a 29 de Novembro de 1920

 

* * * 

novo:

em língua Alemã

 

colecção de citações

Estaline acerca da

Arménia

 

(Transcaucásia)

 

 

Estaline

Yerevan - Arménia

 

VIVA A ARMÉNIA

SOVIÉTICA!


A Arménia, desde martirizado e atormentada, com o seu povo condenado pela graça do Entente e a fome, ruína e do lote de refugiados - esta Arménia, enganado por todos os seus "amigos", já encontrou a salvação, proclamando-se um terra Soviética.

Nem as falsas garantias da Grã-Bretanha, o "protector antigo" dos interesses Arménios, nem Wilson comemorou catorze pontos, 113 nem tampouco a promessas ostensivas da Liga das Nações, com o seu "mandato" para a administração da Arménia, tinha guardado (ou poderia salvar!) os Arménios de massacre e extermínio físico.

Só a ideia de poder soviético trouxe Arménia paz e a possibilidade de renovação nacional.

Aqui estão alguns dos factores que levaram à sovietização da Arménia. A política fatal dos Dashnaks, os agentes da Entente, condenou o país à anarquia e à pobreza. A guerra instigada pelos Dashnaks contra a Turquia reduziu Arménia ao último extremo da miséria. Na última parte de Novembro, as províncias do norte da Arménia, atormentados pela fome e pela tirania, rebelaram-se e criar um Arménio Comité Militar Revolucionário, liderada pelo camarada Kasyan. Em 30 de Novembro, um telegrama de cumprimentos, dirigida ao camarada Lenine, foi recebido do Presidente do Comité Militar Revolucionário da Arménia, anunciando o nascimento da Arménia soviética e da ocupação da cidade de Delijan pelo Comité. Em 1º de Dezembro, o Azerbaijão Soviética renunciou voluntariamente a sua pretensão de províncias em disputa e cedeu Zangezur, Nakhichevan e Nagorno Karabakh a Arménia soviética. Em 1º de Dezembro, o Comité Revolucionário recebeu os parabéns do comando turco. Em 2 de Dezembro, foram recebidas informações da camarada Ordjonikidze que o governo Dashnak em Erivan tinham sido expulsos e que as tropas arménias foram colocando-se sob as ordens do Comité Revolucionário.

A capital da Armênia, Erivan, está agora nas mãos do governo soviético Arménio.

A inimizade antiga entre a Arménia e os povos muçulmanos ao redor foram dissipados em um curso com o estabelecimento de solidariedade fraterna entre as pessoas que trabalham da Arménia, Turquia e Azerbaijão. Que seja conhecido para todos os interessados que o chamado "problema" Arménio durante o qual os velhos lobos da diplomacia imperialista atormentado seus cérebros em vão, só poder soviético provou ser capaz de resolver.

Viva a Arménia soviética!

Pravda, nº 273,

04 de Dezembro de 1920

Assinado: J. Estaline

 

 

 

 

 

 

Viva o 145º aniversário de

 

Lenine!

22 de Abril de 2015

 

Mensagens de Solidariedade

Mensagem do Comintern (EH)


Por ocasião do 145º aniversário

de Lenine


22 de Abril de 1870 – 22 de Abril

de 2015


Hoje nós celebramos o aniversário 145 de Lenine.

Saudamos o leninismo em todo o mundo.

Lenine é um dos maiores pensadores e revolucionários da história da humanidade. Ele é o seguidor e de Marx e Engels e continuou o seu trabalho de forma brilhante.

Lenin foi o grande mestre e líder do proletariado mundial, o fundador do leninismo, ou seja, o marxismo na época do imperialismo e da revolução proletária.

Todas as grandes vitórias do proletariado mundial está conectada com o seu trabalho revolucionário e ideias para toda uma época. A geração de hoje e todas as gerações futuras serão sempre guiados por leninismo.

Lenine não só defender o marxismo contra o oportunismo, o reformismo e revisionismo, mas desenvolveu-o ainda mais em um nível avançado.

O camarada Enver Hoxha disse:

"Não há ninguém, mas Lenine que lutou tão íntegro, de forma consistente e sem tréguas contra burguês e ideologia oportunista dentro e fora das fileiras da classe. Ninguém trabalho mas Lenine firmemente atacou os anti-comunistas abertos e aqueles que escondem seu anti-comunismo atrás da fraseologia marxista.”

Lenine elaborou as principais dúvidas sobre o imperialismo e sua fase final do capitalismo, sobre a ditadura do proletariado como a continuação da luta de classes em uma nova forma, sobre as formas e métodos de construção socialista, sobre a teoria da hegemonia do proletariado na revolução, a teoria sobre a questão nacional e colonial, sobre o partido bolchevique e muitos outros.

A profunda mudança desde a vitória da Revolução de Outubro - que foi liderada por Lenine - comprova a força invencível, revolucionário das ideias do leninismo. Todas as grandes vitórias do período sob a liderança de Estaline, sob a liderança do Comintern, e também do período de Albânia socialista sob a liderança de Enver Hoxha teve lugar sob a grande bandeira do leninismo.

Na situação actual da crise mundial do capitalismo e as profundas contradições dentro do campo do imperialismo mundial, o revolucionário movimento comunista mundial irá desenvolver cada vez mais. A vitória da revolução proletária mundial que começou sob a bandeira do marxismo-leninismo será coroada sob a bandeira do Estalinismo-Hoxhaismo.

Lenine e seu trabalho são imortais. Eles viverão em toda parte e para sempre.

Vamos defender a bandeira leninista contra todos os revisionistas, neo-revisionistas e outros anti-comunistas que tentam calúnia camarada Lenine e para destruir seus ensinamentos comunistas imortais. Mas, assim como eles não conseguiram fazer isso no passado, eles também vão deixar de fazer isso no futuro.

Hoje, o Comintern (EH) é o único verdadeiro defensor não só do camarada Lenine, mas também de todos os outros clássicos, porque é impossível defender um dos clássicos sem igualmente defender também todos os outros, sem excepção. Para rejeitar um deles significa rejeitar todos eles, que significa rejeitar as lições de todos eles como um todo. Com base nos ensinamentos invencíveis dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, nós marchamos resolutamente para a revolução socialista mundial, em direcção à ditadura do proletariado mundial, rumo ao socialismo mundial e do comunismo mundial.

Viva o camarada Lenine, o terceiro clássico do Marxismo-Leninismo!

Viva o Leninismo - um letreiro infalível para a revolução socialista mundial!

Abaixo todos os anti-leninistas, revisionistas e neo-revisionistas!

Vamos reconstruir o Comintern, vamos continuar o trabalho do camarada Lenine!

Viva a Grande Revolução de Outubro de 1917!

Viva a revolução proletária e socialista armada!

Viva a ditadura do proletariado mundial!

Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!

Viva o Comintern (EH) - o único defensor autêntico e seguidor dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

 

 

site especial...

 

* * *

NOVO

No Caminho

 

28 de Janeiro de 1909

 

* * *

As Lições da Revolução

 

12 de novembro de 1910

* * *

Para  a Memória da Comuna

28 de Abril de 1911

* * *

Das Resoluções da VI Conferência de Toda a Rússia do POSDR

(Conferência de Praga)

Janeiro de 1912

* * *

À Memória de Herzen


08 de Maio de 1912

 

* * *

O Capitalismo e o Parlamento

 

17 de junho de 1912

 

 

em língua Finlandesa

"Lenin - elämä ja toiminta"

 

 

Há 40 anos atrás

17 de Abri de 1975

Libertação do Camboja

8 khmer-rouge-soldiers-3 Sihanouk5-231dd8dcc9a4f39982722301c04da993d3b6914f-s6-c30 khmer-rouge

Nós recordamos as vítimas e mantemo-las no

nosso coração para sempre.

A luta continua:

Lutamos por um Camboja socialista num

mundo socialista!

O Príncipe Norodom Sihanouk visitou a Albânia em

1972, 1974, 1975, 1978 e 1985

Por ocasião desta grande vitória do heróico povo

cambojano publicamos uma

colecção de citações de

 

Enver Hoxha

ACERCA DA INDOCHINA

Também disponível em

língua Alemã

 

Em língua Alemã

Radio Tirana 1975

Acerca da libertação

completa do Camboja

 

Em língua Alemã

Declaração do governo

da República

Popular da Albânia

Condenação da agressão armada dos

imperialistas Americanos

contra o Camboja

Tirana, 4 de Maio de 1979

 

 

14. 4. 1930 - 14. 4. 2015

85º aniversário da morte

Vladimir Mayakovsky

 

"Mayakovsky é um herói da revolução"

"Ele é o melhor e mais talentoso poeta da nossa

época soviética."

"A indiferença à sua memória e à sua obra é um

crime."

1935, Estaline

Por ocasião do 85º Aniversário da Morte, o Comintern (EH) publica o primeiro arquivo internacional Mayakovsky do mundo.

"A arte não é um espelho para reflectir o mundo, mas um martelo para forjá-la."

Vladimir Mayakovsky

"Sem luta revolucionária não há arte revolucionária"

Vladimir Mayakovsky

Com o nome e a obra de Vladimir Mayakovsky, a nova fase do realismo socialista abriu em poesia russa e mundial.

Criatividade de Mayakovsky se tornou em todas as direcções a encarnação viva da revolução socialista. 'Mayakovsky', Estaline disse: 'foi e continua sendo o melhor e mais talentoso poeta da época soviética ". Seu trabalho representa a primeira tradições da poesia do realismo socialista no mundo, que cada literatura desenvolve de acordo com o tempo e as condições nacionais. A poesia de Maiakóvski continua a ser o símbolo de inovação, de ampliação sem limites das tarefas e possibilidades da poesia do realismo socialista, das potencialidades da personalidade livre, que, armados com a ideologia Marxista-Leninista-Estalinista-Hoxhaista, cria a vida e economia, a cultura e história, da sociedade.

Mayakovsky lutou tanto no capitalismo e no socialismo para a revolução socialista e da ditadura do proletariado.

Cada palavra é, simultaneamente, uma vitória sobre o passado obscuro do capitalismo e uma vitória do futuro brilhante do comunismo.

Mayakovsky tocou o sono do mundo, abalou todos os corações e mentes acordado, unidos para a invasão de uma, um mundo humano melhor.

Mayakovsky será sempre um dos grandes pioneiros artísticos do mundo comunista. Que a palavra contra-revolucionária tremer com suas palavras revolucionárias.

Viva a revolução socialista mundial que combina a palavra revolucionária de Majakowkis com grandes actos humanos da nova comunidade mundial!

Nós abrir novos caminhos!

Nós invadimos os picos mais altos da nova poesia proletária mundial!

Viva Mayakovsky!

Viva a secção poeta do Comintern (EH)!"

 

 

 NOVO

ARQUIVO INTERNACIONAL

MAYAKOVSKY

 

Disponível em: 

CHINÊS (em preparação)

V. Mayakowsky:

Marcha Esquerda

(Ernst Busch)

 

 

Mensagem do Comintern (EH)


por ocasião do 30º aniversário da

 

morte


do camarada Enver Hoxha



11de Abril de 1985 - 11 de Abril de

 

2015

 

 

Hoje, há 30 anos, o camarada Enver - o glorioso quinto clássico do Marxismo-Leninismo - faleceu. Durante esses 30 anos, o movimento comunista mundial teve que enfrentar muitos problemas graves e obstáculos, mas também realizou muitas vitórias gloriosas contra todos os tipos de inimigos, cujo objectivo é impedir que as classes proletárias e trabalhadora mundial para pôr um fim definitivo à exploração e opressão. Os nomes dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo em geral, e que do camarada Enver em particular estão profundamente ligados com todas e cada uma dessas vitórias, já que seus ensinamentos imortais devem sempre levar as classes exploradas e oprimidas em sua busca para a consecução de uma sociedade sem classes, sem Estado e sem propriedade.


Como o quinto clássico do marxismo-leninismo, o camarada Enver é um líder e professor do proletariado mundial, ele é um dos maiores anti-revisionistas de todos os tempos, que passou a vida a travar uma luta sem medo contra todos os tipos de revisionismos, de Jugoslavo / Titista e revisionismo moderno para Maoísta / neo-revisionismo Chinês e suas teorias reaccionárias do "terceiro mundo", etc. Ele também é um genial teórico marxista-leninista, que escreveu um incontável número de livros, documentos, artigos, textos, etc. dedicados a luta anti-revisionista. As lições e ensinamentos apresentados pelo camarada Enver não só são aplicáveis ​​à Albânia, mas eles formam um todo universal que constitui uma arma tão valioso que podemos dizer que, hoje em dia, sem ensinamentos do camarada Enver e sem a sua fiança como o quinto clássico do Marxismo-Leninismo, a vitória da revolução socialista é impossível.


Sob a gloriosa liderança do camarada Enver, a Albânia permaneceu sempre um estado de ditadura do proletariado, liderada por um autêntico partido Marxista-Leninista-Estalinista, a Albânia socialista contou com um dos mais brilhantes líderes comunistas que já viveram como chefe de Estado: o camarada Enver Hoxha. Isso também explica por que, desde meados dos anos 50, enquanto os outros falsos países "socialistas" recusaram o marxismo-leninismo, a ditadura do proletariado liquidado, a exploração capitalista restaurado e classe burguesa tirania, eliminado socialização da economia e dos meios de produção, se entregaram ao imperialismo mundial e o social-imperialismo e estabeleceu repressão social-fascista, a Albânia do camarada Enver sempre se manteve fiel aos ensinamentos dos clássicos durante a construção socialista, como uma luz da dignidade comunista em meio ao mar escuro da revisionista e degeneração social-fascista. Pequeno Albânia socialista poderia nunca ter sido capaz de conseguir derrotar todos os tipos de inimigos internos e externos e para resistir ao poderoso cerco capitalista-revisionista, se não fosse uma verdadeira ditadura do proletariado liderado por um partido verdadeiramente comunista de tipo Leninista-Estalinista (o PTA). Na realização de tudo isso, o camarada Enver desempenhou um papel mais importante. Afinal, nunca podemos esquecer que, enquanto o camarada Enver estava vivo, nenhum inimigo jamais poderia tocar a Albânia socialista, nenhum inimigo jamais poderia retirá-la de seu caminho Marxista-Leninista-Estalinista. Os capitalistas-imperialistas e seus agentes revisionistas dentro e fora da Albânia tiveram de esperar até que a morte do camarada Enver, a fim de ser capaz de penetrar e destruir última ditadura do proletariado do mundo e estado socialista.


Os capitalistas, imperialistas e revisionistas mundiais sempre tentaram destruir ensinamentos proletários revolucionários de Enver Hoxha e legado. Mas, assim como eles falharam no passado, eles irão também certamente falhar no futuro. O nome do camarada Enver sempre será sinónimo de pureza Marxista-Leninista-Estalinista de princípios, de audácia comunista e firmeza. Como ele uma vez afirmou:


"Nenhuma força, nenhuma tortura, nenhuma intriga, sem dolo pode erradicar o Marxismo-Leninismo das mentes e corações dos homens." (Enver Hoxha, O Eurocomunismo é Anti-comunismo, 1980, edição em Português)


Por todas estas razões, os ensinamentos infalíveis e imortais do camarada Enver são uma luz guia autêntico para todos aqueles que seguem o caminho para a revolução socialista mundial, a ditadura do proletariado mundial, o socialismo mundial e do comunismo mundial baseada no Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo. Para sustentar e defender o legado revolucionário proletário e do camarada Enver é também sustentar e defender o legado revolucionário proletário e de todos os clássicos do Marxismo-Leninismo como um todo.


Viva o camarada Enver Hoxha - o invencível 5 Clássico do Marxismo-Leninismo!


Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!


O camarada Enver é imortal - seu génio revolucionário vermelho ilumina o nosso caminho para a revolução socialista mundial vitorioso!


Ele viverá para sempre nos corações e mentes de todos os trabalhadores oprimidos e explorados e de cada comunista!


Todas as mentiras e calúnias capitalista-revisionistas nunca vai apagar glorioso legado do camarada Enver!


Morte á ordem capitalista-imperialista e à sua revisionista, neo-revisionista e lacaios social-fascista!


Viva a revolução proletária e socialista violenta mundial!


Viva a ditadura do proletariado armada mundial!

Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!


Viva o Comintern (EH) - o único defensor autêntico legado revolucionário proletário e do camarada Enver!

 

 

 

página web especial ...

 

* * *

 

Mensagens de Solidariedade

 

Mensagem dos nossos camaradas Russos

de

enverhoxha.ru

 

para a Secção Albanesa do Comintern (EH)



11 de Abril de 1985, morreu o revolucionário ardente, o arquitecto da nova Albânia socialista, um sucessor marcante da obra imortal de Marx, Engels, Lenine e Estaline e Enver Hoxha.

Os últimos anos não silenciaram a dor e a tristeza desta perda...

Morte arrancada das fileiras do movimento comunista mundial de seu líder reconhecido, um teórico e prática da construção socialista, lutador incondicional para a pureza de ideias e princípios do Marxismo-Leninismo excelente.

Forças contra-revolucionárias têm usado a morte de Enver Hoxha se vingar: a abandonar os ganhos do socialismo na Albânia, para mitigar movimento global marxista-leninista, a distorção e revisão da teoria do comunismo científico.

Mas o curso progressivo do desenvolvimento social é inexorável.

Ele não pode parar por meio da morte do líder, ou derrota temporária da revolução, nem um impulso temporário e consolidação da reacção em todas as suas manifestações.

O dia virá em que a aplicação da transformação socio-económica indígena estará na ordem do dia e da revolução socialista mundial será realizado sob a bandeira das ideias e ensinamentos do marxismo-leninismo, que são tecidas, generalizada, cientificamente fundamentadas e comprovadas pelos líderes do proletariado mundial:

Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha !!!


* * *


originais russo:

11 апреля 1985 года ушел из жизни пламенный революционер, зодчий Новой Социалистической Албании, выдающийся продолжатель бессмертного дела Маркса-Энгельса-Ленина-Сталина Энвер Ходжа.

Прошедшие годы не заглушили боль и скорбь от этой утраты

Смерть вырвала из рядов мирового коммунистического движения его признанного лидера, выдающегося теоретика и практика социалистического строительства, несгибаемого борца за чистоту идей и положений марксизма-ленинизма.

Силы контрреволюции использовали смерть Э. Ходжа для взятия реванша: для отказа от завоеваний социализма в Албании, для ослабления мирового марксистско-ленинского движения, для искажения и ревизии теории научного коммунизма.

Но, прогрессивный поступательный ход общественного развития неумолим.

Его не могут остановить ни смерть вождя, ни временные поражения революции, ни временное усиление и консолидация реакции во всех ее проявлениях.

Наступит день, когда осуществление коренных общественно-экономических преобразований встанет на повестку дня и будет реализовано мировой социалистической революцией, осуществленной под знаменем идей и учения марксизма-ленинизма, которые сотканы, обобщены, научно обоснованы и доказаны вождями мирового пролетариата: Марксом, Энгельсом, Лениным, Сталиным и Энвером Ходжа!!!

 

 

NOVO

Em língua Alemã

TIRANA

Livro de Imagens

VERLAG »8 NËNTORI« - TIRANA 1990

Agradecemos aos nossos camaradas Russos de

enverhoxha.ru

"Tirana deve tornar-se na capital mais bonita de todo o povo… A capital deve ser desenvolvida na indústria, arte, desporto e cultura. Aqui estão previstas futuras universidades, aqui está prevista a universidade.”

ENVER HOXHA

 

 

 


Marcha da Páscoa 2015

 

A Secção Alemã em Acção
Mensagem de saudação


Saudamos todos neste lugar, que se reuniram hoje para lutar pela paz!

Saudamos aqui todos os participantes das marchas de Páscoa em toda a República Federal da Alemanha e ao redor do mundo!

Saudamos os combatentes da liberdade em todo o mundo!

Viva a forte unidade do movimento internacional de paz de todos os povos!

O que nós queremos é a paz.  
As pessoas querem a paz.  
99% da população do mundo quer a paz.

E, no entanto as pessoas ainda estão sendo abatidos para especulação pura - mesmo neste momento, em que estamos aqui reunidos. Desde o início do novo milênio milhão de pessoas em guerras já foram vítimas.

A guerra quero apenas 1% da população mundial, ou seja, os poucos poderosos ricos que têm construído a sua exploração global e sistema de supressão acima de todas as nações, os imperialistas do mundo, capital financeira do mundo, os aproveitadores da guerra, a indústria de armas, os governos das grandes potências, os governos dos governantes em o dependente, semi-colonial, fronteira oprimidos e rodada isso inclui todo o que colocou a serviço da guerra, a fim de cortar seu pedacinho dos despojos de guerra.

A guerra, mas precisa de os imperialistas como um último recurso para nova partilha do mundo, redefinindo seus mercados e fontes de matérias-primas, como a base para novos investimentos.

E assim é a crise mundial actual, caracterizada pelo aumento da propagação de revoluções e guerras - especialmente no mundo da África do Norte, Oriente Médio e na Ucrânia.

O Ocidente está preparando seu próximo guerra contra o Irã, Ucrânia e Rússia, apesar de ter perdido suas guerras no Iraque e no Afeganistão por um longo tempo. Para táticas isolamento do Irã, Ucrânia e Rússia máquina de propaganda ocidental agita o guerra por procuração na Síria e no leste da Ucrânia para preparar a intervenção militar da NATO. O objectivo é simples: a supressão da revolução, a fim de manter a ordem imperialista mundial.

Condenamos esta lavagem cerebral que desencaminhar o povo, eles desencorajam a luta de libertação, e para evitar que a solidariedade internacional com eles.

Os meios de desinformação são arma indispensável da dominação imperialista mundial. Eles servem um único propósito: As pessoas são a acreditar que a capital alegadamente leva só a guerra "fins pacíficos". A verdade é:
O rico ir para o lucro sobre cadáveres!
Anuncie para morrer!
 
E a propaganda de guerra comprou consegue fazer os capitalistas para os "guardiões da paz mundial". O mais brutal e belicistas do mundo, os Estados Unidos, recebeu o Prémio Nobel da Paz!
A propaganda de guerra torna seu inimigo um "amigo" e de seu amigo um "inimigo". A revolução será exibido como "contra-revolução" e vice-versa, a contra-revolução é apresentada como uma "força revolucionária". Aqueles que fornecem as armas de guerra, porque eles também vendem simultaneamente a sua "ajuda humanitária e de segurança" publicidade eficaz. Isso é desumano!

Alguns combatentes da liberdade cometer um erro grave

Eles condenam apenas a guerra de propaganda, de um lado, em vez de lutar contra a propaganda de guerra de ambas as partes envolvidas!

Não existe apenas um inimigo acampamento sionista no Oriente Médio, mas também um campo inimigo dos reaccionários árabes, que até há pouco tempo tornam os fascistas IS (IS) de forma muito clara.
Não existe apenas um inimigo pró-ocidental campo imperialista Europeia na Ucrânia, mas também um campo inimigo dos imperialistas pró-russos e bajuladores Putin em Dobass em Lugansk e "NovoroSSia".
Na luta, ambos com o sangue de árabe, nações soviéticas da Ucrânia e ex-derramado, ir para a revolução na estrada.

Você pode como lutador-a paz teatro de guerra em um blind eye?

Há cerca de apenas imperialistas e belicistas no Ocidente? Uma vez que não são, provavelmente, governar interesses dos imperialistas russos e chineses, que não só fazem propaganda para o oftalmologista e fascistas sociais Assad, como o correspondente de guerra pró-russo "RT Russia Today", mas também fornecer as armas contra-revolucionárias para derrotar os insurgentes.
O Ocidente, por sua vez, descarregado seu arma no movimento revolucionário de insurgentes.
Quer armas para subornar os insurgentes e armas para a contra-revolução aberta - é sempre as armas do capital mundial, que é de fato a última olha para Kobane e Rojava.
Há também connosco algumas forças e movimentos que estão implorando o governo federal e os EUA a armas.
Mesmo os bancos não se contentam apenas tentando empurrar estados à falência, mas também tentar corromper um ou outro grupo de insurgentes, ver Maidan, Rojava e Kobane. Tente esta maneira de causar uma mudança de poder em seu favor causado, e em cima do que se beneficiar da "reconstrução" de países que destruíram as suas entregas de armas antes.

Então, se você quer lutar grandes poderes de guerra no mundo, então devemos também lutar contra todos os poderes de guerra de pequeno e médio porte e dá-lhes não há atiradores Ajuda e halo, o pequeno e médio não deve fazer o Grande, em protecção, não pode se aliar com eles, aliciamento como fazer algumas organizações de "esquerda".

Esta é uma traição à revolução!
Tal decomposição da unidade do movimento internacional de paz nunca devemos permitir e aceitar passivamente.

Somos guiados pela propaganda de guerra nem difamar como um suposto "braço estendido dos imperialistas mundiais", nem como "braço estendido dos déspotas dominantes nacionais".

Estamos apenas no lado do povo, e porque temos firmemente:
 
Nós dois somos contra as guerras de rapina imperialista no exterior e contra a contra-revolução armada no interior.
Nós somos a revolução!

A marcha da Páscoa tem uma longa tradição na Alemanha há décadas. Há uma razão. O imperialismo alemão derramou sangue suficiente em duas guerras mundiais. E porque os imperialistas alemães não fazer por si mesmos, com a conclusão da guerra nós juramos colocar esses criminosos de guerra para sempre o ofício.

Estamos tão longa luta em nosso próprio país, para o imperialismo alemão é finalmente derrotado.

Um verdadeiro combatente da liberdade internacionalistas deve lutar contra sua própria terra para a paz, deve elevar-se no mundo dos negócios e da política no seu próprio país contra os créditos de guerra, os fomentadores da guerra.

Fora do Afeganistão!
Afaste-se de todos os países onde eles estão actualmente estacionados!

Abaixo os créditos de guerra! Exportar armas!
Proibição de belicismo do poder, especialmente nas escolas!
Contra a militarização da sociedade!
Guerra da guerra, os imperialistas alemães!

Abaixo o imperialismo alemão!
Abaixo o imperialismo mundial!

De slogans pacifistas nas marchas pacíficas de Páscoa, os fomentadores da guerra não podem ser adiadas pela guerra.

Quem quer realmente lutar pela paz deve, portanto, tomar as armas revolucionárias na mão.

Por Causa:
Na história nunca deram suas armas voluntariamente fora de mão.
É por isso que as armas dominantes só podem ser criada por armas revolucionários do mundo.

Trabalhadores, camponeses e conselhos dos soldados - estas são as forças mundiais parar a guerra imperialista para sempre.

Martelo, foice e rifle - que é a única potência mundial que os belicistas e aproveitadores da guerra de uma vez por todas as embarcações.

 

 

Declaração do Comintern (EH)

31. 3. 2015

A Alemanha tem de pagar prontamete e sem tardar as suas indemnizações de guerra! 

 

 


70 anos após a vitória do povo sobre o fascismo de Hitler, a Alemanha ainda se recusa a pagar as perdas e destruições dos países que foram devastados pelas hordas nazistas.

Alemanha de Hitler se afogou os povos em seu sangue e não indemnizar as vítimas. Isso é ultrajante e humilhante! Este é a tão limpa Alemanha!

O Comintern (EH) condena todos os governos da Alemanha do pós-guerra, que se recusou a pagar indemnizações de guerra até hoje.

Esta recusa não é justificada por leis internacionais, nem moralmente em relação das vítimas dos crimes de nazistas. Aqueles que não pagam suas reparações de guerra, violar as vítimas para uma segunda vez.

E hoje? A Alemanha imperialista parece ter aprendido nada com o fascismo de Hitler. Mesmo após a guerra, o imperialismo alemão nunca deixou de humilhar, para explorar e oprimir outros povos.
A predominância da Alemanha imperialista na Europa é baseada em nada mais do que a exploração brutal e opressão dos povos.

O fascismo alemão não é um fantasma que pertence ao passado.

Após a 2ª Guerra Mundial, a águia prussiana voltou asas e penas, que são distribuídos por outras nações.

A Alemanha imperialista voltou a ser uma grande ameaça para as nações.

E o que os povos devem aprender com isso?

Guerra eo Fascismo ficará sempre de volta, desde que suas causas não são eliminados - ou seja, o imperialismo.

É por isso que as pessoas devem eliminar a inevitabilidade do imperialismo mundial através da revolução socialista mundial - ou seja, sob a liderança do proletariado mundial e de seu partido revolucionário mundial.

Somente sob a ditadura do proletariado mundial, o retorno inevitável da guerra e do fascismo será impedida para sempre.

Enver Hoxha disse em seu discurso em 1974:

"Talvez se poderia esperar que nós [Enver Hoxha aponta para o Reino Unido e Alemanha - observação] vai estar aos pés daqueles governos que infligiram em nós tanta injustiça mal e muito Nós nunca vamos ajoelhar diante deles Eles são.! longe !! "

O Comintern (EH) convida a Alemanha, para pagar as reparações de guerra aos povos cuja casa-terra foi devastado pelos nazistas!

E nós não queremos ficar de braços cruzados, e ver como a Alemanha imperialista atropela outros povos sob o pé.

Vamos organizar a nossa resistência revolucionária!

Abaixo o imperialismo alemão!

Viva a Europa - liberta do imperialismo!

Viva o revolucionário mundial anti-imperialista!

Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!

 



 

Há 95 Anos 

Nono Congresso do

R.C.P. (B.)

29 de Março – 15 de Abril de 1920

 

Lenine acerca do 9º Congresso  

Lenine ensinou:
"Quando a gente no nosso país alcançar a ditadura do proletariado em plena medida, e a unidade máxima das suas forças, por meio de sua vanguarda, o seu partido avançado, podemos esperar a revolução mundial. E isso, de fato, é uma expressão da vontade, uma expressão da determinação proletária para lutar, é uma expressão da determinação do proletariado para alcançar uma aliança de milhões e milhões de trabalhadores de todos os países.”
 
"O mais importante no momento é
para restaurar a economia de uma forma que vai impedi-lo de cair novamente nas mãos dos exploradores." (Lenine, Volume 30, páginas 488-489)
 
site especial disponível em
 

INGLÊS

ALEMÃO

RUSSO

 

 

 

MOVIMENTO MUNDIAL MARXISTA-LENINISTA

Documentos 1960 - 2000  

 

Viva a Rádio Tirana,

A única estação Marxista-Leninista do mundo!


 A Rádio Tirana foi realmente o melhor colectivo organizador, propagandista e agitador do marxista-leninista Movimento Mundial com o camarada Enver Hoxha, na parte superior.
Por meio da Rádio Tirana do Movimento Mundial Marxista-Leninista foi crescendo e fortalecendo em todo o mundo.
Os alto-falantes eram membros dos partidos irmãos do PTA.
Além disso, a Rádio Tirana estava na boa posição para receber informações de todo o mundo - principalmente com a ajuda e assistência dos partidos irmãos do PTA.
Rádio Tirana desempenhou também um papel importante para os camaradas que viviam em países sem um partido irmão existente do PTA.
O Comintern (EH) defende as publicações da Rádio Tirana. E até hoje, que são principalmente o único partido no mundo que publica Rádio Tirana.
Os seguintes documentos de Rádio Tirana são documentos sobre o PCE (ML) e da luta de classes espanhola no período de 1975 - 1978. Nós seleccionamos estas publicações especiais, porque pretendemos publicar o nosso
"Declaração de guerra contra o ICMLPO".
Dentro do ICMLPO o PCE (ML) desempenha um papel de liderança desde o início. A traição no PTA com o camarada Enver Hoxha, na parte superior, a traição na Albânia Socialista, no marxista-leninista Movimento Mundial do camarada Enver Hoxha, a traição em todo o proletariado mundial, tudo isso pode não ser correctamente compreendido sem estes documentos sobre o PCE (ML) transmitido pela Rádio Tirana.


Hoje, o Comintern (EH) é o único partido no mundo que defende este período honroso do PCE (ML), quando este partido lutou ombro a ombro com o PTA e todos os outros partidos irmãos na base correcta do Hoxhaismo. A burguesia chama o PCE (ML) ainda é um "Hoxhaist" partido para enganar o proletariado mundial. Na verdade, o PCE (ML) de hoje não tem nada em comum com o PCE (ML) em tempos de camarada Enver Hoxha. O PCE (ML) de hoje abandonou totalmente a partir da linha correcta do camarada Enver Hoxha. O PCE (ML), desenvolvido para um partido neo-revisionista no serviço da burguesia.
Os documentos da Rádio Tirana - que apresentamos - não estão em língua espanhola. O PCE (ML) de hoje não tem interesse na publicação de documentos Rádio Tirana. Estes documentos foram originalmente transmitidos em Tirana por nossos camaradas do partido irmão alemão, o PCA / ML, que viviam em seguida, em Tirana. O nosso partido, o PCA / ML, publicada todas as transmissões da Rádio Tirana idioma alemão no espírito do internacionalismo proletário, no espírito de fortalecer a unidade do Movimento Mundial Marxista-Leninista, sob a liderança do camarada Enver Hoxha.
Enquanto o PCA / ML publicado Rádio Tirana, o PCE (ML) publicado paralelamente a sua chamada "Revista Marxista-Leninista - Teoria e Prática" e mais tarde "Unidade e Luta". Nessas publicações do PCE (ML), não foram incluídos também os documentos de organizações que foram reconhecidos nem pelo PTA nem por outros partidos irmãos. O PCE (ML) publicado documentos que se seguiu a sua própria via política, independentemente, a partir do caminho do PTA, e, finalmente, em contraste com o PTA.
O PCE (ML) de hoje mantém cuidadosamente em silêncio em seu primeiro período histórico em que foi absolutamente seguindo o PTA do camarada Enver Hoxha.
Por isso, gostaria de deixar que os leitores saibam o que o traidor Raoul Marco [líder do PCE (ML)] tinham jurado em 1977 (em entrevista à Rádio Tirana - ver a data de nossos documentos publicados):

"A atitude do PTA e ao camarada Enver Hoxha é uma pedra de toque para todos os Marxistas-Leninistas."

"O PTA é uma rocha que pode ser destruída por nada nem ninguém".

"A Albânia é a linha de frente do comunista, movimento internacional. Temos de defender esta posição."

"A Albânia é o farol da revolução".


O PCE (ML) e todas as outras partes extinto este farol da revolução na sua "Declaração de Quito", em 1994 (o seu documento de fundação).
Em defesa deste farol da revolução, o Comintern (EH) declara guerra contra os traidores do campo neo-revisionista da ICMLPO.



 

Em língua Alemã


Há 40 anos atrás

1975 – a Rádio Tirana emite

acerca do PCE (ML)

e da luta de classes Espanhola

 

* * *

1976

A Rádio Tirana emite acerca do

e da luta de classes Espanhola

 

* * *

1977

A Rádio Tirana emite acerca do

PCE (ML)

e da luta de classes Espanhola

 

* * *

1978

A Rádio Tirana emite acerca do

PCE (ML)

e da luta de classes Espanhola

 

 

 

 

NOVO

ENVER HOXHA


A Autogestão Iugoslava – Teoria e Prática Capitalistas

Tirana 1978

 

 

 

 

A Materialidade do Mundo e as Leis de Seu Desenvolvimento

N. F. Ovtchinnikov

 

1954

 

 

 


O Imperialismo Ianque e o Mundo Colonial

Problemas

Revista Mensal de Cultura Política, nº 3, outubro

1947

 

 

CALENDÁRIO VERMELHO

 

(a implementação de todas essas muitas datas depende das nossas forças - provavelmente não vamos implementá-las completamente)

 

 

Janeiro


01 de Janeiro - A União Soviética de 1935 (discursos e relatórios)

 

15. Janeiro 1919 - 96 anos do assassinato de Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht

 

21 de Janeiro de 1924 – 91º aniversário da morte de Lenine

 

22 de Janeiro de 1905 - 110 anos da primeira revolução Russa


 

 

Fevereiro

 

 

 

11 de Fevereiro aniversário 70 da fundação dos Sindicatos do Comércio Albanês

 

22 de Fevereiro de 1840 - 175 anos de August Bebel

 

25 de Fevereiro de 1890 – 125º aniversário de de Molotov

 

 

 

 

Março

 

 

5. Março 1953 - 62. Dia morte de Josef Stalin V.

 

2. - 6. Março 1919 - 96. Aniversário da fundação do Comintern

 

8. Março - Dia Internacional da Mulher - Terceiro Aniversário da Fundação da Internacional Comunista das Mulheres (EH)

 

13 de Março - 95 anos da "Kapp-Putsch" na Alemanha

 

14. Março 1883 - 132. Dia morte de Karl Marx (140 anos de "Kritik des Gothaer Programms")

 

18 de Março de 1871 – 144 Aniversário da Comuna de Paris (discurso do camarada Ernst Aust em Paris, 18 de março de 1975)

 

29 de Março a 05 de Abril de 1920 - 95º aniversário do 9º Congresso do Partido Comunista da Rússia

 

 


 

Abril

 

 

Abril 1920 – 95º aniversário da fundação da Internacional da Mulher Comunista (!)

 

11. Abril 1985 - 30. Dia morte de Enver Hoxha (!)

 

14. Abril 1930 - 85 dias da morte de Majakovski

 

17. Abril 1975 - 40º aniversário da libertação do Camboja

 

22 de Abril de 1870 - 145 aniversário de Lenine (!)

 

24 de Abril de 1915 - 100º aniversário do genocídio armênio

 

 

 

 

Maio

 

 

Primeiro de Maio (!) Dia internacional da classe operária luta


12º Aniversário da re-fundação da ISV


1975-1940 anos da libertação do Vietname

 

03 de Maio de 1975 dia 40 Morte de Alvarez del Vayo (FRAP)

 

05 de Maio de 1818 - 197 aniversário de Karl Marx

 

05 de Maio - Dia Memorial dos Heróis da Albânia

 

09 Maio de 1945 - A vitória sobre os Hitler-nazistas - 70 anos (!!)

 

23. de Maio 1920 – 95º aniversário da fundação do PC da Indonésia

 

25 de Maio de 1963 - 52 aniversário do Dia da Libertação Africano


27 de Maio, 1525 - Dia 490 da Morte de Thomas Müntzer


30 de Maio de 1925 - Shanghai – Início da Revolução Chinesa 1925-1927

 


 

 

 

Junho

 

 

06 de Junho de 1935 - 8º Dia da Morte - Fiete Schulze morto pelos nazistas


22 de Junho de 1945 - o dia da vitória da URSS na Grande Guerra Patriótica

 

 

 

 

Julho

 

 


02 de Julho de 1895 - 120 aniversário de Hans Beimler

 

3. Julho 1921- 94º aniversário da fundação da ISV

 

14. Agosto 1935 - 80º Aniversário da revolta em Fieri (Albânia)

 

19. 7. - 7,8. – 95º Aniversário do Segundo Congresso Mundial da Internacional Comunista - 1920

 

25. 7. - 20,8. 80º Aniversário da traição do VII Congresso Mundial da Internacional Comunista - 1935

 


Final de Julho de 1975 - Pedro Leon Arboleda morto - líder da CP Colombia / ML

 

 

 

Agosto

 

 

01 de Agosto de 1975 - de 40 anos Acordos de Helsinque

 

05 de Agosto de 1895 - (!) 120º aniversário da morte de Friedrich Engels

 

25 de Agosto de 1985 – 30º Dia Morte de Ernst Aust

 

30 de Agosto de 1975 - Congresso da Guarda Vermelha (organização juvenil do KPD / ML)

 

 

 

 

Setembro

 

 

1 de Setembro de 1939 - Início da Segunda Guerra Mundial


01 de Setembro - Dia Internacional contra as guerras imperialistas

 

1. - 8. Setembro 1920 – 95º aniversário do Primeiro Congresso dos Povos do Oriente (Baku)

 

2 de Setembro de 1945 - Há 70 anos República Democrática do Vietname

 

Setembro 1975 - 40 anos - penas de morte de Franco de cinco companheiros da Espanha

 

 

 

 

 

 

Outubro

 

 

01 de Outubro de 2014 - O primeiro aniversário do ICS

 

16 de Outubro de 1908 - 107 anos de Enver Hoxha

 

20 de Outubro de 1900 - 115 Dia da Morte de Naim Frasheri

 

31 de Outubro de 1925 - 90 Dia Morte de Mikhail Frunse

 

 

 

 

Novembro

 

 

 

07 de Novembro de 1917 - Outubro-Revolução - Aniversário 98

 

8 de Novembro de 1941 - 74 anos - Fundação do PTA


08 de Novembro de 2011 - aniversário da Fundação das Secções do Comintern (EH)

 

20 de Novembro de 1919 - aniversário 96 da fundação do YCI - 23 de Novembro de 1941 74 anos de fundação da Associação de Juventude do Trabalho da Albânia - Aniversário da fundação das Seções da Internacional Comunista Jovem

 

28 de Novembro de 1820 - 195 aniversário de Friedrich Engels (!)

 

28 de Novembro de 1915 - 100º Aniversário de Konstantin Simonov

 

29 de Novembro de 1944 - Aniversário 71º da Libertação da Albânia

 

 

 

 

Dezembro

 

 


18 de Dezembro - Dia Internacional dos Migrantes

 

21 de Dezembro de 1879 - 136 aniversário de Stalin

 

18. - 31. Dezembro 1925 - 90º aniversário do 14º Congresso do Partido Comunista da Rússia (bolchevique)

 

31 de Dezembro de 1975 - 40º aniversário da fundação da Secção da RDA do KPD / ML

 

 

 

 

Proletários de todos os países - uni-vos!
Proletariado mundial - unir todos os países!
Os trabalhadores de todo o país fazem parte do proletariado mundial e eles se unem como partes do proletariado mundial.
Assim, as Secções são parte do Comintern (EH) e eles se unem como partes do Comintern (EH).
O proletariado mundial não tem outra arma na luta pelo poder político mundial que suas organizações mundiais - com a Internacional Comunista no topo.
O Comintern (EH) cria, suporta, combina, une e centraliza as secções de todos os países para se propagar, para se preparar, para liderar e para garantir da revolução socialista mundial para a derrubada violenta do governo da burguesia mundial, para a ditadura do proletariado mundial, para a remoção e eliminação do capitalismo mundial, para a construção do socialismo mundial e para a transformação global do seu avanço para o comunismo mundial.
O proletariado mundial é guiado pela ideologia do Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo.
O Comintern (EH) foi fundado com base nos ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, e isto faz também preocupação com o fundamento de cada Secção do Comintern (EH).

 

Long live Stalinism-Hoxhaism ! (English)


RROFTË Stalinizëm-Enverizmi! ! Albanian)


Es lebe der Stalinismus-Hoxhaismus ! (German)

Да здравствует сталинизм - Ходжаизм ! (Russian)

გაუმარჯოს სტალინიზმ–ხოჯაიზმს! (Georgian)

Viva o Estalinismo-Hoxhaismo! (Portuguese)

Viva Stalinismo-Hoxhaismo! (Italian)


斯大林霍查主义万岁! (Chinese)


Viva el Stalinismo-Hoxhaismo! (Spanish)


Vive le Stalinisme-Hoxhaisme! (French)


At zije Stalinismus-Hodzismus! (Czech-Slovak)


Ζήτω το σταλινισμός - Χότζα-ισμό ! (Greek)


Živeo Staljinizam - Hodžaizam! (Bosnian)

Niech zyje Stalinizm-Hodzyzm! - (Polski)

 

Længe leve Stalinismen-Hoxhaismen (Danish)

! زنده باد استالینیسم-خوجهئیسم (Farsi) 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Sem a hegemonia mundial do proletariado sob a liderança da Internacional Comunista não haverá abolição da sociedade de classes e, portanto, não haverá futura Comuna Mundial."

O Comintern (EH)

 

 

 

LINKS

Secção 

Portuguesa

 

Arquivo

Órgão Central do Comintern (EH)

em Português

Revolução no Mundo !”

 

2015

Janeiro

Fevereiro

Marco

Abril

Maio-Junho

Julho

Agosto

Setembro

Outubro

Novembro

Dezembro

 

2014

Jan-jun

Jul-dez

Arquivo 2013

Arquivo 2012

Arquivo 2011

 

 

ENGLISH

contato

 

sobre nós

 

fórum

 

ações

 

Programa


Estatutos

 

Documentos

 

Agitação-propaganda

 

órgão teórico

 

história

 

literatura revolucionária

 

A Solidariedade Comunista Internacional (SCI)

 

 

LISTA DE TODOS OS PAÍSES

DO MOVIMENTO COMUNISTA MUNDIAL

 

 

 

LINKS

COMINTERN (EH) centralmente

Arquivo

 

contacto

sobre nós

ajude-nos!

fórum

perguntas e respostas

secções

estatuto

programa

plataforma

 

 

Chamada para o restabelecimento do Comintern



Véspera de Ano Novo 31 Dezembro 2000


 

 

plataforma revolucionária mundial

de 7 Novembro 2009

declaração programática


 

Enver Hoxha:

o quinto Clássico do marxismo-leninismo e  o restabelecimento da Internacional Comunista

2001

 


 

Linhas gerais do Comintern (EH)

Estratégia e táctica da revolução proletária socialista mundial

2001/2002

online:PORTUGUÊS

CAPÍTULO VIII

Ensinamentos históricos do Comintern e do Movimento Comunista Mundial

 


Manifesto do Partido Bolchevique Mundial

2003


 

O que é que o Comintern (EH) quer?

Programa da

Comuna Mundial "nº 1"

11 de Maio de 2014

 


 

movimento mundial

estalinista-hoxhaista

MMEH


 

 

O Sindicato Vermelho Internacional

reconstruído primeiro Maio 2003

S V I


 

 

A Juventude Comunista Internacional

( A J C I )


 

 

 Internacional da Mulher Comunista

(Estalinistas-Hoxhaistas)


 

 

União Internacional

de Escritores Revolucionários

- U I E R -