O que é o Marxismo?

«O Marxismo é a ciência das leis do desenvolvimento da natureza e da sociedade, é a ciência da revolução das massas oprimidas e exploradas, é a ciência da vitória do socialismo em todos os países, é a ciência da construção da sociedade comunista.” (I.V.Estaline)

Karl Marx


e a revolução socialista

mundial


em honra do 130º aniversário da Morte de Karl Marx

14 de Março de 2013

escrito por Wolfgang Eggers




10 Teses


 

1. 

 

 

A inevitabilidade da subjugação da ciência dos princípios do desenvolvimento da natureza, a subjugação da Engenharia e da Tecnologia ao princípio da maximização dos lucros, a alienação global e a destruição das forças de produção mentais e materiais, etc., tudo isto é abolido pela revolução socialista mundial e pelo socialismo mundial.


A revolução socialista mundial destrói o domínio da burguesia sobre o mundo da ciência e elimina as cadeias mentais do idealismo e das metafísicas de todas as anteriores sociedades de classe.

 

A revolução socialista mundial elimina especialmente a inevitabilidade do anti-comunismo explícito e mascarado (revisionismo) – o principal obstáculo ideológico á vitória da revolução socialista.


Na época do socialismo mundial, a ciência está ao serviço do proletariado mundial. O Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo é a ideologia dominante global do proletariado mundial.  


A revolução socialista mundial elimina a inevitabilidade das contradições antagónicas entre o trabalho físico e mental á escala global.

 

No comunismo mundial, os pensamentos e as acções da humanidade são livres de toda a escravização espiritual e material do homem pelo homem.  


No comunismo mundial, a natureza de classe da ideologia do proletariado mundial deixa de se verificar.


As ideias livres prevalecem num mundo livre.

 

 


2.

 

A revolução socialista mundial e a vitória do socialismo mundial são uma necessidade histórica que resulta inevitavelmente das leis objectives das crises da sociedade capitalista mundial.

 

O materialismo histórico e dialéctico é, em primeiro lugar, uma base científica para a transformação histórica e mundial do capitalismo mundial em socialismo mundial, para realizar a missão histórica do proletariado mundial, pela vitória da revolução socialista mundial.

 

Em Segundo lugar, o materialismo Marxista e a dialéctica Marxista é a base científica para a transição da primeira fase (socialista) para a segunda fase (comunista) do comunismo mundial.

 

 


3.

 

A doutrina Marxista foi brilhantemente confirmada por Lenine, Estaline e Enver Hoxha tanto na teoria como na prática. A ciência socialista do Marxismo foi provada pela construção do socialismo na União Soviética e na Albânia.


Sob a bandeira dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, a vitória da revolução socialista mundial vai confirmar a doutrina Marxista revolucionária á escala global de forma ainda mais brilhante.  


A restauração do capitalismo não é prova do fracasso do Marxismo, mas sim de que o afastamento do Marxismo pela traição dos revisionistas modernos adiou a revolução socialista mundial.


A revolução socialista mundial elimina a inevitabilidade da restauração capitalista.  

 

 


4.

 

O actual sistema de exploração e de opressão capitalista monopolizada baseia-se na maximização do lucro. Este é o princípio básico do capitalismo multinacional, monopolista mundial de hoje.


O proletariado mundial pode emancipar-se apenas de forma global, através da revolução socialista mundial e através da destruição armada do sistema capitalista de escravatura assalariada mundial.  


Desta forma revolucionária, a transformação do princípio económico do capitalismo mundial no princípio económico do socialismo mundial será facilitada e acelerada.  

 

 


5.

 

A revolução socialista mundial elimina todos os antagonismos da actual sociedade de classes. As forças produtivas serão libertadas das garras das relações de produção capitalistas mundiais.



O Marxismo é a abolição de todas as relações de produção da sociedade de classes globalizada, é a abolição de todas as relações de classe que correspondem a estas relações de produção e é a revolucionarização de todas as ideias que emergem das relações de classe.


O Marxismo significa a criação de relações de produção socialistas mundiais de novas relações socialistas mundiais entre as classes.  

 

 


6.

 

Não pode haver socialismo mundial sem a destruição da propriedade privada e da sua expropriação e socialização através da revolução socialista mundial.


No socialismo mundial, o estado mundial do proletariado prevalência sobre toda a propriedade mundial.


Não pode haver comunismo mundial sem a abolição da sociedade mercantil mundial e a revogação da lei do valor, sem a introdução da troca de produtos.


No comunismo mundial, o desaparecimento de toda a propriedade corresponde ao desaparecimento do estado de classes mundial.

 

 

 

 

 


7.

 

Enquanto principal força produtiva, o proletariado mundial é a única classe revolucionária mundial.


A hegemonia do proletariado mundial é a base para a vitória da revolução socialista mundial.

 

O proletariado mundial torna-se no coveiro do capitalismo apenas através da revolução socialista mundial.  


O proletariado mundial é a classe dominante durante toda a época do socialismo mundial e é a principal força condutora do processo histórico da transição para o comunismo mundial.

  

 


8.

 

Sem a revolução socialista mundial, sem a destruição violenta de todo o sistema mundial de estados burgueses, o poder da burguesia mundial nunca poderá ser derrubado.


Nas condições do sistema capitalista globalizado mundial, a ditadura do proletariado não pode ser outra para além da ditadura proletária mundial.

 

Durante todo o período da transição do socialismo mundial para o comunismo mundial, a ditadura do proletariado mundial é indispensável para a abolição da sociedade de classes e para a sua transformação em sociedade sem classes.

 

 Um Marxista é aquele que estende o reconhecimento geral da ditadura proletária ao reconhecimento particular da sua forma mais elevada, a ditadura do proletariado mundial.


 



9.

 

Sem um partido mundial do proletariado mundial (= a Internacional Comunista), a vitória da revolução socialista mundial é impossível.


Um Marxista é aquele que estende o reconhecimento geral do Partido Comunista ao reconhecimento particular do partido comunista mundial, a forma mais elevada da organização de classe do proletariado mundial.

 

Não podem existir partidos comunistas “perto do” ou “fora do” partido comunista mundial (= a Internacional Comunista), nem hoje nem nunca. A Internacional Comunista é o único partido comunista do proletariado mundial.

 

 

 


10.

 

Tanto nas condições do sistema capitalista globalizado mundial como nas do socialismo mundial, o “Manifesto Comunista de Hoje” não pode ser outro para além do manifesto do partido comunista mundial.


A Internacional Comunista é o único partido que lidera o proletariado mundial para a vitória da revolução socialista, para o socialismo mundial e para o comunismo mundial.

 

O internacionalismo proletário junta os proletários de todo o mundo para cumprirem a sua missão histórica da vitória da revolução socialista mundial.

 

 

Na revolução socialista mundial impera o slogan

 

Trabalhadores de todo o mundo – uni-vos!”

 

combinado com o slogan:


"Proletariado mundial – unir todos os países!”...

 

 

 

 

 

 

leia mais ...

 

Órgão Central do Comintern (EH)

Revolução no Mundo !”