Mensagens de solidariedade

Mensagem de Ano Novo do Comintern (EH)

 

15º aniversário do Comintern (EH)

Em Frente para o ano vermelho de 2016!


 



Caros camaradas!



O Comintern (EH) tem ido um longo caminho em 15 anos, começando com o hasteamento da bandeira dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo.

O Comintern (EH) tem alcançado um sucesso considerável, para reavivar a tradição do Comintern de Lenine e de Estaline e de propagar as ideias do comunismo em todo o mundo.

A existência do Comintern (EH) de 15 anos é uma vitória sobre todas essas potências mundiais reaccionárias e oportunistas que queriam enterrar os Comintern de Lenine e Estaline para sempre. Suas tentativas historicamente falharam e nunca terá sucesso. Lenine previu que a Internacional proletária nunca morreu e nunca vai morrer! O Comintern (EH) é uma prova da veracidade da profecia de Lenine de 15 anos.

Por 15 anos, o Comintern (EH) tem defendido a gloriosa história do movimento comunista revolucionário, tem defendido a União Soviética de Lenine e Estaline e a Albânia socialista do camarada Enver Hoxha.

O Comintern (EH) não apenas defender a tradição internacional do movimento comunista mundial.

Nos últimos 15 anos, o Comintern (EH) tem realizado o grande trabalho de preparação das bases ideológicas do Estalinismo-Hoxhaismo.

Isso também se expressa na decisão do Comintern (EH), para alterar o nome do Comintern (EH). A partir de 7 de Novembro de 2009, portanto, o 92º aniversário da Grande Revolução Socialista de Outubro e no ano 90 do Comintern de Lenine e Estaline, o Comintern / Marxista-Leninistas, doravante, se chamava Comintern (Estalinistas-Hoxhaistas)! Assim, o Comintern (EH) tem atraído-linha de demarcação a todos neo-revisionistas e oportunistas organizações que se autodenominam "Marxista-Leninistas" com a finalidade de enganar a classe operária e os revolucionários. Nossa linha de demarcação do Estalinismo-Hoxhaismo tornou mais fácil para todos os verdadeiros comunistas, a distinção mais clara entre o Comintern (EH) e das agências da burguesia no campo do movimento comunista mundial. A burguesia já é forçada a recorrer a factionismo sob o manto do "Estalinismo-Hoxhaismo", a fim de prosseguir as suas actividades subversivas. Tendo forçou a burguesia que recorrer ao "Estalinismo-Hoxhaismo" que já é uma vitória ideológica sobre a burguesia, assim, a nossa mudança de nome já excelentemente servido nosso objectivo. As palavras são fumaça e espelhos. É o conteúdo do Estalinismo-Hoxhaismo que convence as pessoas, não fraseologia vazia.

Estalinismo-Hoxhaismo é o desenvolvimento dos ensinamentos do Marxismo-Leninismo e orientação ideológica do movimento comunista mundial de hoje. Estalinismo-Hoxhaismo é orientador da ideologia do proletariado mundial no caminho da sua libertação do jugo do capitalismo mundial.

Estalinismo-Hoxhaismo é a teoria e a táctica da revolução socialista mundial, em geral, e da teoria e da táctica da ditadura do proletariado mundial, em particular.

É mérito do Comintern (EH) para se opuseram a ideologia da burguesia mundial no período da globalização, a globalização da ideologia do proletariado mundial. Temos, assim, criou a arma ideológica invencível para esmagar o mundo do capitalismo e construir o mundo do socialismo e do comunismo.

Equipado com os ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Lenineismo, o Comintern (EH), passou a ser a principal escola internacional do comunismo mundial.

Hoje, o trabalho de princípios do Comintern (EH) é bem-vindo pelos verdadeiros comunistas do mundo. Nossa luta é valorizado e respeitado. Um número crescente de comunistas no mundo consideram o Comintern (EH) como a única sinalização ideológicas corretas para a revolução socialista mundial.

E, de fato, o Comintern (EH) conquistou uma grande vitória sobre a burguesia mundial em 15 anos, uma vitória ideológica que abre o caminho para garantir a todas as futuras vitórias práticos do Comintern (EH).

O Comintern (EH) surgiu a partir do Movimento Mundial Marxista-Leninista, sob a liderança do camarada Enver Hoxha. Especificamente, o Comintern (EH) foi criado para levantar novamente a bandeira do camarada Enver Hoxha, que havia sido derrubado pelos covardes neo-revisionistas.

O Comintern (EH) crescia e se fortalecia em contraste com todas as tendências burguesas e pequeno-burguesas dentro do movimento comunista mundial, pela nossa luta de princípios contra os neo-revisionistas que estão tentando reviver o revisionismo moderno hoje. Lidamos golpes pesados contra os conciliadores com os neo-revisionistas, contra os centristas, contra os maoístas, Trotskyizes, e outros tons de anti-Estalinismo-Hoxhaismo.

Depois de 15 anos, o Comintern (EH) está ainda na primeira fase da sua construção, durante o período de sua formação. Nesta fase, o Comintern (EH) tem de fato desenvolvido ideologicamente, mas ainda não temos de poder organizacional e recolhidos não muitas experiências nos campos de batalha práticos da luta de classes. Nós ainda não somos capazes de bater os inimigos de classe internacional com golpes sensíveis. Nós ainda não estamos ancorados no proletariado mundial, e nós ainda não ter forjado os quadros necessários que lideram o proletariado mundial nas batalhas de classe internacional.

Em nossos 15 anos de história, não foi possível para o Comintern (EH) para ter influência significativa sobre os acontecimentos mundiais. Não há vergonha, após 15 anos de sucesso, para falar sobre problemas e deficiências. No primeiro, resolver nossos fundamentos ideológicos, antes de começarmos com as nossas primeiras medidas concretas para movimento mundial dos trabalhadores. O Comintern (EH) não pode ancorar no movimento operário, se não forem correctamente com base nas lições dos 5 Clássicos do Marxismo-Lenineismo. Sem teoria revolucionária não há prática revolucionária. E, em troca, sem a prática revolucionária é a teoria revolucionária uma arma inútil. O Comintern (EH) só pode superar a influência burguesa no movimento operário, se estamos realizando a consciência socialista mundial para o movimento operário internacional. Claro, nós participar activamente na luta de classes prática, mas isso ainda não é a principal tarefa do Comintern (EH). O Comintern (EH) considera como seu objectivo primordial, para ancorar a teoria revolucionária dentro do movimento operário mundial e para espalhar o espírito do internacionalismo proletário de todo o mundo. O Comintern (EH) não irá restringir a propaganda comunista. Ao mesmo tempo, vamos participar cada vez mais activamente na luta diária da classe trabalhadora internacional e orientar um dia a luta de classes do proletariado mundial globalmente - com aumento de nossas forças organizacionais. O Comintern (EH) segue passo a passo a linha de ligação cada vez mais estreita entre o movimento operário e comunismo científico, a conexão entre a teoria revolucionária e prática revolucionária.

O anti-comunismo das classes dominantes é generalizado entre as massas oprimidas e exploradas em todo o mundo. O proletariado mundial não pode superar a influência burguesa dentro de "um dia". Isso requer todo um período histórico da luta incansável do Comintern (EH).

Com a ajuda de seus lacaios, a burguesia mundial tem inúmeros, diferentes forças de decomposição e organizações dissidentes dentro do movimento comunista mundial. Todos os 15 anos, temos resistido vitoriosamente todas as forças liquidacionistas [especialmente desde a fundação de nossas seções, os ataques contra o Comintern (EH) tem vindo a aumentar e continuará a aumentar nos próximos anos!].

Os lacaios da burguesia mundial não conseguiram enfraquecer ou liquidar o Comintern (EH) nestes 15 anos. Pelo contrário. Nós crescemos mais forte a cada dia que passa, porque nós fielmente segurar firme com os ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Lenineismo. E esta força ideológica insuperável e rigidez do Comintern (EH) é conhecida por forças mais e mais verdadeiros revolucionários do mundo. Mais e mais comunistas colocam sua esperança em nós. Nós não decepcionamos os verdadeiros comunistas por 15 anos e não vamos decepcionar no futuro.

O estudo da história 15 anos do Comintern (EH) irá incentivar as forças revolucionárias mundiais e capacitá-los para nos apoiar em nossa luta pela revolução socialista mundial, para o socialismo mundial e do comunismo mundial.

Apenas um partido mundial bolchevique organizado centralmente como o Comintern (EH) (- e não apenas qualquer agrupamento local ou nacional, no entanto "bom" que pode ser -) é capaz de conduzir o proletariado mundial a vitória final sobre os seus algozes, é capaz de conduzir à ditadura do proletariado mundial. Apenas uma Internacional Comunista, que é guiado pelos ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, pode superar e eliminar a fragmentação anti-proletária e degradação do movimento comunista mundial.

O Comintern (EH) é o único partido revolucionário da classe proletária globalizado. O Comintern (EH) é o partido mundial do internacionalismo proletário, tanto em forma e conteúdo, tanto ideologicamente política e organizativamente, tanto na vontade revolucionária uniforme e na acção revolucionária uniforme. Nós somos a vanguarda do proletariado revolucionário mundo!

O Comintern (EH) afirmou desde o início que a vitória da revolução proletária mundial, a vitória da ditadura do proletariado mundial, é impossível sem um partido revolucionário mundial. Deixando o proletariado mundial sem um partido mundial bolchevique, deixando-o sem um guia que não significa outra coisa mas o fracasso da revolução socialista mundial desde o início. Portanto, o Comintern (EH) tem lutado desde o início contra todas as concepções oportunistas que negam e descartar esses ensinamentos básicos de organização do Estalinismo-Hoxhaismo.

No período da globalização, não pode haver partidos comunistas do tipo antigo. O Comintern (EH) teve de as condições globalizadas da luta de classes e para desenvolver um novo tipo de Partido Bolchevique Mundial. Apenas um partido mundial que é guiado pelos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo é capaz de preparar o proletariado mundial para as batalhas globais decisivas contra a burguesia mundial e para organizar a vitória da revolução proletária mundial. A burguesia mundial só pode ser destruída á escala mundial. E, portanto, o proletariado mundial não precisa de um partido nacional, mas um partido mundial. E o Comintern (EH) é como um partido mundial desde há 15 anos.



Tarefas ideológicas

 

Caros camaradas,

No nosso Plano Ano 2015, afirmou correctamente que ainda estamos no primeiro período de construção do partido. = Formação do partido mundo.

primeiro período

tarefa central = o partido si mesma - a criação de programa, linha em geral, a criação de secções e outros partido-organizações (ICJ etc.), recrutamento, forjamento educação de quadros (principalmente proletárias quadros), = formando o partido como o propagandista mundial central, agitador e organizador do movimento comunista mundial; criação de requisitos básicos para a formação da vanguarda do proletariado mundial)

"Neste período o Partido centrou a sua atenção e cuidado sobre o próprio partido, por sua própria existência e conservação. Nesta fase ele próprio considerado como um tipo de força auto-bastando". (Estaline)

Fortalecido pelas Secções, o Comintern (EH) vai estudar e implementar as ideias dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, e vamos criar novas ideias do comunismo mundial sobre as condições das crises globais atuais do capitalismo também em 2016.

O Comintern (EH) não é apenas conhecido como o verdadeiro defensor dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, mas também como o inovador das ideias futuras do proletariado mundial. Mundial inovação revolucionária é a força motriz mais forte da Internacional Comunista (Estalinista-Hoxhaistas) que nos distingue de todos as outras organizações neste planeta. E nós vamos reforçar essa força motriz com a criação de novas ideias mundo comunista que irá facilitar e ajudar a mudar o mundo capitalista em um mundo socialista. Temos feito grandes progressos em expressar os interesses revolucionários do proletariado mundial e as massas em todo o mundo.

O plano ideológico do Proletária Internacional tem basicamente a cumprir quatro tarefas básicas nos próximos anos:

1. - para organizar ainda mais a re-emissão de todos os tesouros da ideologia do proletariado, antes de todos os tesouros dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo - nomeadamente em tantas línguas quanto possível.

2. - para equipar o Comintern (EH) com novas armas ideológicas avançados e desenvolvidos tanto para a luta de classes ideológica iminente e nossas perspectivas a longo vista.

3. - a lutar contra a dupla estratégia da ideologia burguesa aberto e oculto, em geral, e da dupla estratégia de aberto e oculto anti-comunismo, em particular.

- Para formar um conceito de nossa luta ideológica contra todas as partes do mundo, especialmente contra todo o oportunista, neo-revisionista e organizações centrista

4. - para dominar a teoria Estalinista-Hoxhaista.

Estalinismo - Hoxhaismo é a teoria e a táctica da revolução proletária mundial, em geral, e a teoria e a táctica da ditadura mundial do proletariado, em particular.

A teoria Estalinista-Hoxhaista é a ciência do desenvolvimento da sociedade globalizada de hoje, é a ciência do movimento mundial no período da globalização do capitalismo mundial dos trabalhadores, é a ciência da revolução socialista mundial e a ditadura do proletariado mundial, é a ciência da construção do socialismo mundial e do comunismo mundial.

Nossa luta ideológica é especialmente crusada contra a ideologia neo-revisionista. Neo-revisionismo é a ideologia burguesa por trás da máscara das lições dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo. Especialmente desde cerca de 5 anos, os nossos adversários foram obrigados a combater o estágio mais avançado da ideologia do proletariado - o Estalinismo-Hoxhaismo.

Os neo-revisionistas começaram a levantar sua bandeira da revisão de Estalinismo-Hoxhaismo. O que isto significa?

Isto significa que "o Estalinismo-Hoxhaismo" em palavras, e anti-Estalinismo-Hoxhaismo obras.

A ideologia da burguesia mundial aceita tudo da ideologia do proletariado que é aceitável para a manutenção da regra da burguesia mundial:

incluindo luta por reformas radicais globais, incluindo a luta de classes mundial, incluindo os ideais do socialismo mundial e do comunismo mundial (carta não vinculativo de intenção de enganar os comunistas), a substituição do capitalismo mundial etc, - assim tudo, com excepção de o espírito revolucionário da ideologia do proletariado; tudo, com excepção da revolução mundial proletária armada; tudo, com excepção de expropriação do capital mundial; tudo, sem a eliminação da burguesia mundial e da destruição do sistema capitalista mundial; com excepção do estabelecimento da ditadura do proletariado mundial.

Hoje, a bandeira do disfarce de "Estalinismo-Hoxhaismo" está nas mãos dos neo-revisionistas, especialmente por meio de seus lacaios centristas que tentam conciliar o Estalinismo-Hoxhaismo com neo-revisionismo, ou seja, com a finalidade de adaptar Estalinismo-Hoxhaismo à ideologia burguesa.

Um dos agrupamentos internacionais mais perigosos dos neo-revisionistas é o ICMLPO. No ano de 2015, decidimos declarar guerra contra a ICMLPO.

Em 2015, o principal golpe contra a ideologia dos "Cabeças 4 e meio" foi continuado com implacabilidade inalterada, em particular contra o ICMLPO.

Nosso "declaração de guerra contra ICMLPO" foi o nosso principal texto ideológico no ano de 2015. Foi saudada por muitos camaradas fora do Comintern (EH), mesmo de membros do ICMLPO. Por outro lado, temos lido um monte de abusos contra nós, mas nem uma única palavra de crítica ideológica séria. O ICMLPO recebeu um duro golpe de nós, mas eles não estão já derrotados. Portanto, devemos continuar a nossa luta contra o ICMLPO, inclusive contra aqueles que tentam conciliar o Estalinismo-Hoxhaismo com Neo-Revisionismo (luta ideológica contra os centristas).

Para 2016, especialmente a luta contra a política da frente unidade revisionista de Dimitrov será uma das tarefas ideológicas do Comintern (EH), especialmente porque o ICMLPO segue na verdade, esta linha revisionista para enganar os comunistas e os trabalhadores. O ICMLPO tenta levar sua influência revisionista Frente Unida de Dimitrov no movimento comunista mundial - assim, uma frente de unidade que inclui as organizações revisionistas. Nós seguimos os ensinamentos dos 5 Clássicos na preocupação da parte da frente da unidade proletária que exclui unidade com os inimigos do proletariado e sua oportunista, centrista, revisionista e lacaios neo-revisionista.

Somos o único partido comunista no mundo, que é baseado em terreno ideológico correta. Portanto, a pressão ideológica da nossa classe-inimigos contra o Comintern (EH) está crescendo e o cerco ideológico da burguesia mundial e seus lacaios neo-revisionistas se torna mais perigoso para nós com cada novo ano. As organizações neo-revisionista de hoje é a coluna 5 dentro da revolução mundial. Os nossos inimigos tentam fazer todo o possível para infligir danos a nossa festa. E, de fato, sentimos esses efeitos crescentes no máximo no ano de 2015 e nunca subestimá-los em 2016. Os neo-revisionistas e da reconciliação centrista entre o Estalinismo-Hoxhaismo e Neo-Revisionismo é uma ameaça que teremos de resistir também em 2016. A principal tarefa do Comintern (EH) em 2016 e, no futuro, será o ideológico da luta de classes contra ataques neo-revisionista contra o nosso partido. Estalinismo-Hoxhaismo só é invencível por meio de nossa crescente consciência ideológica, o nosso trabalho heróico para o partido, o nosso sentido de responsabilidade e internacionalista a nossa disponibilidade para fazer sacrifícios para o internacionalismo proletário. Existe apenas a ideologia da burguesia mundial e do proletariado mundial. Não há nada no meio. Cada diminuição do Estalinismo-Hoxhaismo, cada desvio centrista, é ao mesmo tempo um fortalecimento da ideologia neo-revisionista!


Tarefas organizacionais

 

Depois de 15 anos de longa história do partido, temos de concentrar-se no ponto mais fraco da nossa construção do partido - o pequeno número de membros.

Como Lenine resolver esta questão?

Lenine escreveu em "O que deve ser feito?":

 

"O facto é que a sociedade produz muitas pessoas próprios para a "causa", mas somos incapazes de fazer uso de todos eles. O estado crítico, de transição do nosso movimento, a este respeito pode ser formulado da seguinte forma: Não existem pessoas - ainda há uma massa de pessoas. Há uma massa de pessoas, porque a classe operária e camadas sociais cada vez mais variada, ano após ano, produzir a partir de suas fileiras um número crescente de pessoas descontentes que desejam protestar, que estão prontos para prestar toda a assistência que puder na luta contra o absolutismo, o intolerável de que, embora ainda não reconhecido por todos, é cada vez mais agudamente sentida pelo aumento massas do povo. Ao mesmo tempo, não temos as pessoas, porque não temos líderes, não há líderes políticos, não há organizadores talentosos capazes de arranjar extenso e, ao mesmo tempo uniforme e de trabalho harmonioso que iria empregar todas as forças, até mesmo o mais insignificante." (Lenine, Collected Works, Volume 5, página 467-468, edição em Inglês)

"É necessário ter uma forte organização de revolucionários tentaram." (Página 469)

"A especialização pressupõe necessariamente a centralização, e por sua vez chama imperativamente para ele." (Página 470)

Lenine escreveu "que a nossa primeira e mais urgente dever é ajudar a treinar revolucionários da classe trabalhadora". (página 470)

"Atenção, portanto, deve ser consagrada principalmente à elevação dos trabalhadores ao nível dos revolucionários; não é de todo a nossa tarefa para descer ao nível das "massas trabalhadoras" (página 470)

 

"Como o aumento espontâneo de seu movimento torna-se mais ampla e profunda, as massas da classe trabalhadora promover a partir de suas fileiras não só um número crescente de agitadores talentosos, mas também os organizadores talentosos, propagandistas, e" trabalhadores práticos "no melhor sentido do termo (dos quais há tão poucos entre os nossos intelectuais que, em sua maior parte, à maneira russa, são um tanto descuidado e lento em seus hábitos). Quando temos forças da especialmente treinados trabalhadores-revolucionários que passaram por uma extensa preparação (e, é claro, revolucionários "de todas as armas de serviço"), não há polícia política do mundo então será capaz de lidar com eles, pois estas forças, ilimitadamente dedicado à revolução, vai desfrutar da confiança ilimitada das maiores massas de trabalhadores." (página 473)

 

 

Os ensinamentos de Lenine agora também nos dão um conhecimento exaustivo de atrair novos membros, a educação dos revolucionários, representantes de elevar os trabalhadores comuns ao nível dos revolucionários. Temos de fazer pleno uso deste ensinamento de Lenine e desenvolvê-lo na direcção de que, nas condições atuais, no que diz respeito aos maiores monopólios transnacionais, é destruído quaisquer fronteiras nacionais para as nossas actividades para atrair pessoas para nossas fileiras entre os trabalhadores dos próprios monopólios. Como, então, durante a preparação e condução da Revolução de Outubro, os bolcheviques russos se juntou às fileiras do seu partido a partir das fileiras dos trabalhadores avançados de grandes empresas industriais, e agora temos de tirá-los das maiores multinacionais industriais, que são os monopólios multinacionais. Temos de fazer o nosso claramente fortemente de representantes de maior monopólio do mundo dos trabalhadores, deve colocá-los à frente do nosso movimento, liderado pela revolução socialista mundial! Na verdade, a destruição de todo o capitalismo mundial, possivelmente no início de sua destruição dos monopólios globais e os trabalhadores dos monopólios nesta grande obra histórica deve agir como a principal força motriz, como o assunto principal do futuro da revolução socialista mundial. O Comintern (EH) deve servir principalmente os interesses dos trabalhadores industriais do mundo, porque eles têm que fazer uma vanguarda do futuro Revolução Mundial, e só então, nós reforçada e complementada por trabalhadores industriais, os revolucionários podem acelerar a altas velocidades, a locomotiva da Revolução Mundial. O nosso principal slogan na era da globalização é: "Os trabalhadores, unir todos os países!" Esta a pedra angular e a base de todo o nosso trabalho revolucionário!

O Comintern (EH) deve tornar-se a organização de revolucionários mundiais, rodeado por redes de simpatizantes e apoiantes (comunistas) crescendo!

Quem nos dá quadros adequados?

Não há quadros prontos. Devemos educar todos eles por meio de confiar em nossas próprias forças.

No início, as pessoas estão interessadas no que estamos lutando. Eles contacte-nos e fazer-nos perguntas. Alguns deles já estudou nossos arquivos literatura, outros se convenceram sobre a justeza de nossas metas e, novamente, outros escrevem-nos que eles aceitem nossas 21 regras de admissão e solicitar a admissão da sua adesão. E há também esse tipo de companheiros que convidar e incentivar a tornar-se membro da Comintern (EH).

Pedimos requerentes de suas informações pessoais de forma concisa, como idade, profissão, local de residência (geralmente sem detalhes precisos de nomes de ruas e números de casas). E nós perguntar-lhes sobre suas ideias, objectivos etc. Além disso, estamos interessados em competências pessoais e adequação, que são essenciais para a determinação das suas novas tarefas. Também perguntar-lhes como eles pensam para apoio do Comintern (EH) na melhor das hipóteses. Com este perfil de palavras-chave, como, nós damos estes novos camaradas inicialmente pequenos e cumprindo tarefas facilmente. Para as tarefas que os novos companheiros serão adaptados melhor, vamos conhecer e determinar apenas no decurso do seu trabalho prático partido e ser capaz de preferência, nós seleccionamos os melhores militantes para as tarefas mais responsáveis.

Dependendo de como os novos companheiros irão desenvolver, vamos também fornecer requisitos mais sofisticados. O companheiro adequado para o cargo adequado - que é a regra geral para a atribuição dos nossos quadros.

Nós aprendemos de Estaline:

Se a linha geral e as metas programáticas já estão determinados, em seguida, a implementação organizacional decide tudo, então a aplicação pelos quadros é decisivo.

O que isso significa na situação actual de nosso partido de construção?

Estamos em uma fase intermediária. O trabalho sobre a nossa estratégia e tácticas são bastante completos, no entanto a sua aplicação ainda não pode começar por causa da falta de quadros. Para enfrentar o problema desta fase intermediária, devemos começar com o recrutamento de quadros, sem perder de vista completar a nossa linha geral e trabalho ideológico-programática.

Lembre-se, o partido não está a serviço de seus quadros, mas, inversamente, os quadros servir o Comintern (EH). Os quadros servir o proletariado mundial, servir as massas exploradas e oprimidas. A vontade e acção do Comintern (EH) serão determinadas em conjunto por todos os membros e não apenas pelos quadros. O partido não significa subordinação tudo inteiramente sob os quadros, mas, inversamente, a subordinação dos quadros sob todo o partido mundial, sob os interesses do proletariado mundial, sob os interesses das massas do mundo.

Sob as condições do mundo capitalista no poder, nós, comunistas, são apenas uma gota no oceano, expressando os interesses globais da classe trabalhadora internacional e as massas exploradas. No socialismo mundo nós, comunistas, nós transformar a partir de gotas em correntes oceânicas poderosas para o comunismo mundial. E no comunismo mundial apenas algumas gotas regressivas permanecerá no oceano dos comunistas.

Nossos quadros vão aprender a orientar a luta de classes, especialmente através da participação activa na luta de classes. Os melhores lutadores são os que na melhor das hipóteses provar-se na luta de classes, que ganham experiência valiosa lá, e que na melhor das hipóteses implementar as instruções do partido.

Educar quadros, isto é, para guiá-los, apoiá-los, controlá-los e corrigi-los se necessário. Educação inclui, principalmente, a formação teórica, mas também o reforço do colectivismo e moralidade comunista. O reconhecimento do seu trabalho valioso para a festa é de grande importância para a motivação dos quadros. Nada vai sem elogiando os quadros para o seu trabalho valioso.

Disciplina dos quadros é com base na sua dedicação ao proletariado mundial, na convicção comunista e na voluntariedade comunista.

Os quadros devem aplicar o princípio da crítica e da autocrítica. O grupo inteiro é responsável pelos cuidados dos quadros, bem como os quadros se preocupam com a festa. Como verdadeiros comunistas, os quadros devem dominar suas próprias fraquezas, deve trabalhar duro para seu próprio desenvolvimento pessoal, devem aperfeiçoar suas atitudes comunistas constantemente.

Princípio geral do espírito colectivo dos quadros é este:

Os quadros mais experientes apoiar os quadros inexperientes.

E os quadros inexperientes modelar-se sobre os quadros mais experientes. Quadros experientes e inexperientes formam uma unidade indivisível na sua luta comum para a festa.

Basicamente, nós aceitamos somente o melhor do melhor. Novamente, apenas o melhor do melhor!!

Nomeadamente não aqueles que são "supostamente" o melhor, mas somente aqueles que são realmente a melhor. Decisões erradas sobre a selecção dos melhores quadros não só poderia jogar o nosso trabalho para trás por vários anos, mas também ameaçam nossa própria existência!

Esta questão só pode ser decidida depois de um período de liberdade condicional. A selecção é decidida não apenas em critérios teóricos, mas também, e acima de tudo com referência ao trabalho revolucionário prático confiável. Mais uma vez: decisões apressadas sobre a admissão de membros e uso errado de quadros ameaçam a própria existência do nosso partido mundial, e deve, portanto, ser evitado a todo custo.

Os membros do Comintern (EH) são soldados da revolução socialista mundial. Agimos como soldados comunistas e somos considerados pelo proletariado mundial como soldados da revolução socialista mundial. Nós não somos um clube de discussão. Aqueles que não atendem a esses critérios elevados de soldados revolucionários do mundo, não pode ser um membro da Comintern (EH). É a qualidade, não a quantidade de membros que conta em tal organização como o Comintern (EH). Aqueles que substituir qualidade de membros através de quantidade de membros, vai estragar o Comintern (EH).

Em geral, a maioria dos candidatos e aspirantes não será adequado e devemos separá-los sem hesitação. Nós temos a autoridade e devemos executar nossa autoridade. Este é o nosso dever no interesse do partido, no interesse do proletariado mundial, no interesse da revolução socialista mundial.

Não podemos evitar a admissão de membros inadequados de antemão. No entanto, seria um erro imperdoável, se deixarmos os membros permanecer no partido depois que eles provaram ser inadequados. Tais erros marcharão sobre o suicídio do partido. Vamos ter sempre em mente que não há nenhuma garantia absoluta. Experiência de todo o movimento comunista mundial prova que a infiltração de agentes secretos não pode ser absolutamente excluída. Nunca há 100% de segurança viável do partido. O partido não pode ajudar, mas aumentar permanentemente medidas de vigilância e de segurança de todos os tipos. Isto é inevitável. E, portanto, é, em todos os momentos, também inevitável para purificar nosso partido daqueles membros que são mais prejudiciais do que benéficos. Estas dificuldades não podem impedir-nos a abrir nossas portas para os novos membros proletárias tão ampla quanto possível. Como podemos ver, este problema deve ser considerado diferenciado e tratada com atenção. Devemos fazer todo o possível para reduzir estimativas e decisões erradas. Útil é aprender com as experiências concretas dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, a respeito deste assunto.

Não só no actual estágio de construção do nosso partido mundo, mas para todos os momentos para garantir o melhor recrutamento dos melhores lutadores comunistas do mundo - que é sempre o primeiro dever do Comintern (EH).

No momento, nós nos consideramos como o núcleo da vanguarda do proletariado mundial, como mestres de criar o melhor avant-garde do proletariado mundial que já existiu. A avant-garde é apenas tão bom quanto seus quadros. Se queremos ser a melhor vanguarda existente, então temos de comandar os melhores quadros.



Quais são as características dos melhores companheiros da melhor vanguardista do mundo?

 

- Os melhores camaradas não são apenas as melhores teoricamente alunos dos ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, mas também aqueles que entendem de aplicar o seu conhecimento da ideologia comunista em cada situação da luta de classes diária;

- Os melhores camaradas, são os mais camaradas com consciência de classe, são os lutadores mais corajosos que estão na linha de frente, lutando nas barricadas, que dominam encarar situações difíceis, e que lidar com todas as dificuldades que ocorrem;

- Os melhores companheiros são aqueles que ganham a confiança das massas. Os melhores camaradas estão profundamente enraizadas entre as massas;

- Os melhores camaradas entrar completamente a causa revolucionária do proletariado mundial, a revolução socialista mundial, não só em palavras, mas também em acções;

- Os melhores camaradas são mais leais ao partido, especialmente nas condições mais difíceis em que o Comintern (EH) deve lutam; quando se trata de defender a existência do Comintern (EH), em seguida, os melhores companheiros lutam sem cessar até que o perigo é evitado e dissipado.

- Os melhores camaradas comportar correctamente para a classe e as massas, a fim de ganhar a sua confiança, a fim de garantir o seu apoio;

- Os melhores camaradas mostrar ilimitado auto-sacrifício, tenacidade, perseverança e heroísmo na luta de classes;

- Os melhores camaradas assumir a responsabilidade pessoal pela execução das decisões do Partido. Eles combinam perfeitamente o espírito colectivo com iniciativa altruísta;

- Os melhores camaradas são leais à liderança do partido (para não ser confundido com o comportamento não-críticas);

- Os melhores camaradas manter um estilo bolchevique eficaz confiável de trabalho e disciplina bolchevique prática, uma e outra vez, a disciplina bolchevique

- Os melhores camaradas dominar crítica honesta e auto-crítica como uma contribuição essencial para o fortalecimento do Comintern (EH);

- Os melhores camaradas são extremamente vigilantes contra o inimigo de classe e ocupar uma atitude inconciliável para esses lacaios, como os neo-revisionistas, e todos os oportunistas de várias tendências e correntes.

- Os melhores camaradas concentrar sua vigilância para purificar nossas fileiras a partir de elementos hostis. Eles detectar possíveis desvios cedo, e eles ajudam a festa na eliminação de desvios;

- Os melhores companheiros são as melhores internacionalistas proletários e em solidariedade com todos os nossos membros, com os trabalhadores, com as massas de todo o mundo.

- Os melhores camaradas têm a melhor moralidade comunista.

Sem esses camaradas, sem essa vanguarda, sem tal brigada de choque internacional vermelho, o proletariado mundial não vai estabelecer o seu partido mundial, o proletariado mundial não pode ser levado a vitória sobre a burguesia mundial. O proletariado mundial necessita de melhores lutadores do que os contra-revolucionários da burguesia mundial. Como devemos ser capazes de outra forma, para derrotá-los? Portanto, o Comintern (EH) deve ser o melhor partido dos melhores quadros revolucionários do mundo.

 

O que é a vanguarda do proletariado mundial?

 

A vanguarda do proletariado mundial é a mais elevada forma de associação de classe dos proletários de todos os países globalizados.

 

Qual é a força da vanguarda do proletariado mundial?

 

A força da vanguarda do proletariado mundial é caracterizada pela capacidade de unir e centralizar os melhores proletários revolucionários de todos os países, pela capacidade de guiar os proletários global na luta contra o inimigo de classe globalizado.

 

De onde recebe a vanguarda do proletariado mundial a sua força?

 

A vanguarda do proletariado mundial deriva seu poder de organizações de massas dos proletários de todos os países, das organizações de massas do Comintern (EH).

 

Como leva a vanguarda do proletariado mundial para a vitória da revolução socialista mundial?

 

Com a vanguarda sozinha, o proletariado mundial não pode ser vitorioso.

A vanguarda, por si só, não pode conduzir o proletariado mundial para a revolução socialista mundial. Isso requer correias de transmissão entre o Comintern (EH) e proletariado mundial e, em seguida correias de transmissão entre o proletariado mundial e todas as massas oprimidas e exploradas em todo o mundo.

A revolução socialista mundial requer a liderança do Comintern (EH), além da orientação através das organizações de massas do proletariado mundial, além da mobilização das organizações de massa do proletariado mundial, além da execução da revolução socialista mundial dos explorados e massas oprimidas em todo o mundo. A organização da revolução socialista mundial é, portanto, caracteriza-se por uma série de transições, que são todos interligados em um movimento revolucionário global.

A importância da vanguarda do proletariado mundial consiste precisamente em avaliar de forma realista a vontade, a condição e o estado de consciência da classe e, em seguida, as massas avaliar antes da revolução socialista mundial pode ser realizada com sucesso.

Em suma, a avant-garde deve levar em conta a fase de desenvolvimento exacta do factor subjectivo da revolução socialista mundial. Se o factor subjectivo ainda não é maduro o suficiente, e se o Comintern (EH) ignora o factor subjectivo, então a revolução socialista mundial, inevitavelmente, sofrer uma derrota. Por outro lado, se o factor subjectivo está totalmente amadurecido e se perca o ponto de momento mais adequado para se preparar para a eclosão da revolução socialista mundial, então isso poderia também levar à derrota. É a tarefa histórica mais importante da vanguarda para determinar o momento exacto do início da revolução socialista mundial.

 

Qual é a principal tarefa da vanguarda do proletariado mundial?

 

A principal tarefa da vanguarda do proletariado mundial é, geralmente, para criar as condições mais favoráveis para o amadurecimento do factor subjectivo da revolução socialista mundial. Em suma: em primeiro lugar, convencer uma minoria revolucionária do proletariado mundial, depois de convencer todo o proletariado mundial e, finalmente, para convencer as grandes massas da necessidade da revolução socialista mundial.

A principal tarefa da vanguarda do proletariado mundial é, em particular, para resumir a luta de classes das organizações de massa dos proletários de todos os países a nível mundial e para orientar em direcção ao objectivo da revolução socialista mundial.

Não há outra alternativa para a vanguarda, a liderar o proletariado vitorioso à sua potência mundial e para o estabelecimento do socialismo mundial.

Somente o Comintern (EH) pode desempenhar o papel de líder da luta de libertação do proletariado mundial. Somente o Comintern (EH) pode assumir a liderança para o estabelecimento do sistema da ditadura do proletariado mundial.

Estalinismo-Hoxhaismo educa a vanguarda do proletariado mundial por meio da educação dos quadros. Os quadros são organizadores, professores e maestros de todos os trabalhadores explorados nas batalhas globais contra a burguesia mundial.



Camaradas,

cada um de nós deve saber que as lutas de classes aumentar dramaticamente nas condições de política económica e crise mundial. Consequentemente, o Comintern (EH) tem que contar com o aumento da pressão da burguesia mundial. Devemos estar prontos para as condições mais difíceis e tomar as medidas necessárias.

Como isso pode ser alcançado, sem ter os quadros e as reservas necessárias à nossa disposição? Precisamos de camaradas que estão prontos e capazes de assumir essas tarefas indispensáveis para a protecção da parte.

Como podemos ver, precisamos de novos quadros não só no futuro, mas agora! Esta tarefa urgente pode ser adiada, especialmente sob as condições da escalada dramática da crise mundial, perigo guerra mundial e fascização do sistema capitalista mundial [que não vai deixar o Comintern (EH) intocado.]

O dia está se aproximando quando a arma ideológica de crítica será transformado em armas críticos de levantes revolucionários. As forças armadas do proletariado mundial não podem agir sem a construção de organizações de massas da luta de antemão. A criação de tais organizações é absolutamente inegável, se não quer pagar o serviço do bordo para a revolução mundial. E a renunciar ao recrutamento de novos quadros é nada mais do que um serviço de bordo para a revolução mundial.

Na situação actual, somos confrontados com a fraqueza do número de membros. Por conseguinte, as actividades da IC (EH) não podem ser desdobradas em todas as zonas ao mesmo tempo. É por isso que o Comintern (EH) deve se concentrar em sua tarefa principal, nomeadamente a criação de vanguarda do proletariado mundial, principalmente por meio de nossa propaganda comunista e agitação na Internet e na rua, e sem perder de vista a nossa tarefa do recrutamento directo dos trabalhadores nas fábricas. Com um maior número de membros vamos começar com o nosso trabalho sistemático nos sindicatos e fábricas.

Alguns trabalhadores podem, em última análise só pode ser convencido por nossas actividades na rua e no local de trabalho. Assim, palavras e acções devem corresponder. Somente com belas (revolucionárias) frases não podemos convencer ninguém. Nós não podemos nos esconder por trás das palavras, se nós somos uma verdadeira organização de combate. Para suma: as ideias revolucionárias não podem substituir acções revolucionárias. Palavra e acção dos comunistas sempre devem corresponder, independentemente do número de membros, independentemente da fraqueza ou força de uma organização comunista. Portanto, pelo menos no futuro próximo, o Comintern (EH) não deve deixar de participar em acções de rua e greves, para atrair a vanguarda do proletariado mundial.

 

O proletariado mundial deve ser capaz de realizar próprias acções globais em todos os tempos, em todas as situações e em todas as circunstâncias.

 

É, portanto, a tarefa comum das Seções e principal centro do Comintern (EH) para equipar o proletariado mundial com todos os instrumentos organizacionais que são necessários para alcançar o ideal de manobrabilidade mundial do proletariado. Sobre a questão das actividades organizadas a nível mundial, o proletariado mundial espera do Comintern (EH) maior capacidade de interacção entre o escritório central e as secções. Cada discrepância entre o Comintern (EH) e suas Seções põe em perigo global o proletariado mundial. A luta contra o autonomismo das secções não é apenas uma questão de princípio, mas também um resultado das experiências negativas da história da luta de classes internacional. Sem subordinação das Seções sob a liderança central, o Comintern (EH) não será capaz de levar a classe proletária ao poder mundial.

A liderança centralizada uniforme da Comintern (EH) é um princípio básico do partido mundial do tipo bolchevique. Os princípios organizacionais do mundo bolchevismo exigir a subordinação incondicional das Secções e todas as demais organizações sob a liderança global central do partido mundo. Somente por meio do centralismo democrático, a unificação da vontade e acção do partido e, em seguida, de todo o proletariado mundial pode ser garantida. Sem este princípio bolchevique centralista, o Comintern (EH) não pode se desdobrar sua capacidade de luta mundial - pode as batalhas decisivas para a ditadura do proletariado mundial não ser ganha.

 

Camaradas!

Somente na base de uma verdadeira organização de quadros pode o Comintern (EH) ser desenvolvidos para um verdadeiro partido de massas.

Apenas como um partido de massas, seremos capazes de conduzir o proletariado mundial para a vitória da revolução socialista mundial.

Com este objectivo a longo prazo, vamos educar nossos quadros como líderes da classe e, em seguida, como líderes das massas.

Não podemos prever, quanto tempo vamos precisar para atingir esse objectivo. Isso depende de muitos factores objectivos e subjectivos, mas no final vai depender de nós mesmos. Se em 10, 20, 30 ou 50 anos, não importa quanto tempo isso vai durar, crucial é que o partido de massas é baseado no partido quadro forte, e é por isso que precisamos de novos quadros fortes.

Ou vamos resolver o problema dos quadros ou nós nunca vamos alcançar a meta do comunismo mundial.

Somos verdadeiros comunistas! E essa é a garantia de que nós alcançamos o nosso objectivo.

Nós vamos realizá-lo, apesar de todos os obstáculos e dificuldades, se não a nossa geração, mas certamente as futuras gerações de comunistas.

Quanto melhor comunistas lutam hoje, tudo o mais fácil os combatentes comunistas tem que virão depois de nós.

A palavra final tem o camarada Estaline:

 

"Algumas pessoas pensam que é suficiente para elaborar uma linha do partido correta, proclamá-la para todos ouvirem, indicá-lo na forma de teses gerais e resoluções, e tê-lo votou, por unanimidade, para a vitória vir de si, automaticamente, por assim dizer. Isso, é claro, está errado. É uma ilusão total. Somente burocratas incorrigíveis e vermelho podem pensar assim. Por uma questão de facto, esses sucessos e vitórias não vêm automaticamente, mas como o resultado de uma feroz luta para a aplicação da linha festa da vitória nunca vem de si- geralmente é ganho por esforço Boas resoluções e declarações em favor da linha geral do Partido são apenas um começo, pois eles apenas expressam o desejo de vitória, mas não a própria vitória Após a linha correcta ter sido previsto, após ter sido encontrada uma solução correta do problema, o sucesso depende de como o trabalho está organizado; na organização da luta para a realização da linha do partido, sobre a boa selecção de pessoal; sobre a verificação sobre o cumprimento das decisões dos órgãos dirigentes. Outro sábio a linha correta do Partido e as soluções corretas estão em perigo de ser gravemente prejudicada. Mais do que isso, após a linha política correta foi previsto, trabalho de organização decide tudo, incluindo o destino da própria linha política, seu sucesso ou fracasso." [Estaline, Volume 13, página 324," Relatório ao XVII. Congresso do PCUS (B) - Questões de liderança organizacional]



Caros camaradas,

desejamos-lhes um militante e bem sucedido novo ano de 2016 sob a bandeira da glória dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, Marx Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

Viva o Comintern (EH) e suas Secções!

Viva a revolução socialista mundial!

Viva o proletariado mundial e seu internacionalismo proletário!

Viva a ditadura do proletariado mundial!

Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!

Vivam os Cinco Clássicos do Marxismo-Leninismo - Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

Viva o Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo!

 

O Comintern (EH)

1 de Janeiro de 2016

 

 

leia mais ...

 

Órgão Central do Comintern (EH)

Revolução no Mundo !”