2015

 

Julho - Agosto

Bem-vindo ao Comintern (EH)!

 

 

Perguntas e Respostas

9 de junho de 1925

 

Graças ao camarada Branislav!

Viva o Leninismo-Estalinismo!



Há 40 anos atrás...

 

Conferência Europeia da Insegurança

1 de Agosto de 1975 

Cartoon Albanês de 1975

 

O camarada Enver Hoxha escreveu em 1975:

"A Europa está em perigo e ameaçada pelos preparativos febris da União Soviética e os Estados Unidos para uma Terceira Guerra Mundial".

Como isso é verdade!

E hoje, 40 anos depois todo este teatro da paz em Helsínquia? Os acordos de Helsínquia não valiam o papel em que foram escritos. Na realidade, não era sobre a segurança na Europa, mas sobre como proteger as esferas de influência das superpotências imperialistas. Se os imperialistas vão assinar "acordos de paz", eles se preparam para a guerra!

Hoje não se pode falar de apenas um perigo de guerra mais. A guerra na Europa já começou - ou seja, entre esses mesmos dois campos imperialistas, de que o camarada Enver Hoxha falou, o campo de guerra do Ocidente - liderada pelos EUA - e do campo de guerra do Oriente - liderada pela Rússia.

O imperialismo se empenha para redivisão militar do mundo. O imperialismo significa guerra. Aqueles que querem eliminar a guerra, deve eliminar o imperialismo, como Estaline disse correctamente.

Naquela época, a Albânia ainda era socialista e não participou nesta campanha publicitária em Helsínquia.

Enver Hoxha disse:

"Nessas reuniões e conferências estão em falta não só nós, mas também os povos."

Hoje, após a ditadura do proletariado foi derrubado na Albânia, a burguesia arrasta albanês NATO na bunda e viola os interesses de paz do povo albanês.

Se você quer defender o camarada Enver Hoxha na Albânia e em toda a Europa hoje, então você tem que lutar não só para a retirada da NATO e seus lacaios, não só para a retirada do militarismo russo e seus mercenários. Devemos lutar simultaneamente contra os dois campos de guerra imperialistas do Oriente e do Ocidente. Devemos elevar nossas armas contra proletárias, o imperialismo, a guerra e o fascismo na Europa e em todo o mundo. Lutamos para o desarmamento total de imperialismo mundial por meio da revolução socialista mundial. Só as armas proletárias podem garantir a paz. Uma Europa pacífica só é possível no futuro socialista da União Europeia, ou seja, sob a ditadura do proletariado europeu!

 

Por ocasião do 40º aniversário da Conferência Europeia Insegurança publicamos escrita de Enver Hoxha de 29 de Julho de 1975

em Alemão, Inglês, Albanês, Russo, Francês e Espanhol no seguinte site especial

SITE...


 

 

"O Caminho do Partido Mundial"

Órgão Teórico:

 

Declaração de Guerra

contra a ICPOML neo-revisionista



publicado pelo Comintern (EH)

16 de junho de 2015

 

Apelo do Comintern (EH)


27 de Julho de 2015

 

 


Viva a derrubada da Europa fascista-imperialista através da revolução socialista em toda a Europa!


A revolução grega é o despertar não só do povo grego para uma nova vida, mas também de milhões de europeus.

Com a luta do povo grego um novo capítulo na história da Europa está escrito agora.

O sistema imperialista não pode mais governar os povos da Europa, até agora. E os povos da Europa não querem continuar a viver assim. Esta situação reflecte a abordagem da revolução na Europa.

A Europa capitalista vai

E a Europa socialista virá.

Até agora, há movimentos de rebelião onda esporádicos e transitórios, mas eles vão inchar em uma poderosa inundação que nada e ninguém pode parar.

Em seguida, a maré revolucionária vai levar longe a velha Europa imperialista e lavar todos os montes de sujeira capitalista fedendo todo.

Quem mostra a forma como a Europa unida à sua libertação revolucionária?

O Comintern (EH) e de mais ninguém!

Se a Grécia vai seguir nossos "8 passos para o resgate", e se estes "8 etapas" serão implementadas por todos os outros países europeus, então não estamos mais longe de um, Europa socialista independente unida!

Mas como pode a centelha da Grécia chegar a todo o continente europeu se o fogo revolucionário da Grécia não se acendeu nos países vizinhos dos Balcãs?

Os Balcãs é o elo mais fraco da cadeia imperialista da Europa. É lá onde ele irá romper em primeiro lugar.

Os Balcãs é, portanto, o baluarte revolucionário decisivo para a derrubada da Europa imperialista. O reforço desta fortaleza é agora a tarefa do Comintern (EH) nos Balcãs.

O perigo grega que ameaça os imperialistas europeu (e mundial) é ainda conhecida pela burguesia si mesma e, portanto, ela estabelece um cerco imperialista-revisionista da Grécia, a chamada "pacificação do barril de pólvora dos Balcãs".

A contra-revolução concentra suas forças onde a revolução explode.

E é por isso que os próprios imperialistas, que provocam com sua pressão chantagista sobre os países dos Balcãs circundantes que há cada vez maiores segmentos da população estão envolvidos no conflito entre a Grécia e o imperialismo europeu. Assim, o inimigo de classe acelera a disseminação e abre o caminho para a revolução europeia.

Agora ele não é mais apenas sobre a intensificação da exploração e da opressão do povo grego, mas para salvar o sistema explorador - e supressão podre em toda a Europa imperialista. Os imperialistas construir suas barragens contra-revolucionárias em todo o Balcãs com a finalidade de construir uma barreira de insurreições revolucionárias.

O que isto significa?

Isto significa espalhar o fascismo, começou na Grécia, nos Balcãs e para todos os países da Europa.

Qual o significado de fascismo europeu?

A ordem imperialista na Europa está ameaçada pela crise existencial inevitável e seu colapso imparável. Neste momento crítico da insurreição revolucionária geral, as formas moderadas da ditadura "democrática" da burguesia europeia será transformada em sua forma mais brutal, ou seja, o fascismo.

Sob o fascismo, que geralmente entender o instrumento contra-revolucionária mais brutal da ditadura da burguesia para a submissão incondicional dos trabalhadores e outras pessoas que trabalham sob o sistema capitalista monopolista de exploração - ou seja, com todos os meios, incluindo os últimos meios, que de destruição física da revolução.

Qual é a consequência de uma Europa fascista?

Com a criação de uma Europa fascista, ele divide inevitável em um campo de fascista da burguesia e um acampamento anti-fascista do proletariado. No campo de batalha destes dois campos o destino da Europa será decidido. O resultado da luta entre estes dois campos irá decidir se uma nova Europa socialista dos trabalhadores vai surgir ou um burguês Europa que inevitavelmente acabam de novo em novo fascismo.

A destruição do poder do Estado fascista fascista-social da burguesia eo estabelecimento do novo poder de Estado dos operários e camponeses - estas são as principais características da revolução anti-social-fascista antifascista. Há apenas um caminho verdadeiramente antifascista-anti-social-fascista, o caminho para a vitória da revolução socialista.

A austeridade, com a qual a crise está sobrecarregada nas costas dos trabalhadores, só pode ser aplicada pela exploração cada vez mais grave e terror fascista / social-fascista do Estado burguês. É nossa tarefa de lutar contra este terror fascista / estado social-fascista!


Resumimos nossa luta antifascista fascista anti-social na Europa


9 teses:


1.

Entre os inimigos da revolução socialista há também os social-fascistas. Fascistas sociais são anti-fascistas em palavras e actos fascistas em (por exemplo, os partidos revisionistas). Estamos criando uma frente unida de todos os antifascistas e fascistas anti-sociais

Isso significa:

Lutar contra todas as tentativas da burguesia e suas agências dentro e movimento comunista dos trabalhadores, para conduzir uma cunha entre antifascistas e fascistas anti-sociais.


2.

A frente única de todos os antifascistas e fascistas anti-sociais lutas para a remoção revolucionária do capitalismo como a fonte do fascismo e do fascismo social.



3.

A frente unida dos antifascistas e fascistas anti-sociais luta contra todas as tentativas dos revisionistas modernos e neo-revisionistas, que enganam os trabalhadores e todas as pessoas que trabalham com reformas - até a "transição pacífica para o socialismo", ou seja, em ordem para parar as massas continuar lutando contra o terror fascista e social-fascista e para alcançar classe reconciliação como um meio de entrega.


4.

A frente unida dos antifascistas e fascistas anti-sociais desmascara e lutas contra todas as tentativas de neo-revisionistas que abusam dos ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo na antifascista – luta anti-social-fascista para justificar o terror do fascismo social e apoiá-lo indirectamente.


5.

A frente unida dos antifascistas e fascistas anti-sociais não exclui a aplicação da violência revolucionária, tanto contra o terror fascista e social-fascista.


6.

A frente unida dos antifascistas e fascistas anti-sociais é lutar pelos direitos democráticos de todos as classes exploradas e oprimidas, para a democracia socialista proletário e não para a restauração da "democracia" burguesa, a partir do qual emana o fascismo novo inevitavelmente. A aplicação dos direitos democráticos é uma parte integrante da derrubada do capitalismo e seu sistema de estado burguês.


7.

A frente unida dos antifascistas e fascistas anti-sociais é lutar pela abolição da inevitabilidade do fascismo e do fascismo social, por meio do estabelecimento da ditadura do proletariado, através do estabelecimento do poder soviético na Europa e em todo o mundo.


8.

A frente unida dos antifascistas e fascistas anti-sociais está lutando para a erradicação dos restos de todas as forças fascistas e social-fascistas, sob o sistema da ditadura do proletariado.





9.

O Comintern (EH) é o centro mundial do movimento fascista anti-fascista e anti-social internacional. O Comintern (EH) une esse movimento em todos os países do mundo para conduzi-lo em direcção a vitória da revolução socialista mundial.


Se os povos da Europa vão decidir sobre seus próprios governos das pessoas, em seguida, sua primeira tarefa deve ser a de desarmar o terror social-fascista fascista. Para este fim, o governo soviético cria seu próprio exército soviético.

Lenine ensina:

"Por causa de sua posição de classe na sociedade moderna, o proletariado pode entender, mais cedo do que qualquer outra classe, que, em última análise, grandes questões históricas são decididas apenas pela força, que a liberdade não pode ser alcançada sem grandes sacrifícios, que a resistência armada do czarismo deve ser quebrado e esmagado pela força das armas.” (Lenine, Volume 8, página 539-540, traduzido do Inglês)


O Comintern (EH) promove a preparação de levantamentos coordenados centralmente das pessoas em toda a Europa - guiado por objectivos socialistas.

Todas as variações e dúvidas nela devem ser superadas rapidamente. Hoje, um Estalinista-Hoxhaista deve reconhecer como absurda e indigna é para contornar esta tarefa urgente. Qualquer atraso é perigoso.

Revoltas individuais na Europa permanecem impotentes. A contra-revolução europeia pode esmagar as revoltas em cada país um após o outro com facilidade. Mas esses tipos de revoltas que estão centralmente coordenados em toda a Europa, irá reacender uma tempestade Europeia que ninguém pode parar. É, portanto, a coordenação centralizada, o que garante a vitória da revolução socialista na Europa.

E as nossas fileiras do Comintern (EH)?

Em toda a Europa, nós somos o poder ideológico forte com as demandas políticas mais radicais e metas da classe trabalhadora. Este testemunho todos os documentos que temos publicado sobre a Grécia recentemente.

Mas organizacionalmente ainda estão um pequeno anão. Nós ainda somos tão bons como não conhecida no movimento operário, e muito menos ancoradas. Mas é um começo. Agora isso depende da implementação prática das nossas ideias revolucionárias, propaganda passeio entre as massas, ou seja, onde os trabalhadores e trabalhadores estão vivendo e lutando, nas fábricas e nas ruas.

A solidariedade internacional do Comintern (EH) provou que temos manifestado a vontade comum de nossas seções de agir em conjunto de forma sustentável.

Nos Balcãs, nossa seção Jugoslava chamado os antigos povos jugoslavos para mostrar solidariedade com o povo grego, o que é um bom passo na direcção certa. E o Português e a Secção alemã na Europa também contribuíram a sua solidariedade com o povo grego - e durar não menos nossa seção da Geórgia e da secção jovem chinesa da Internacional Comunista. Como a única força política na Europa temos expressivamente chamou a nossa linha de demarcação contra os sociais-fascistas, revisionistas e neo-revisionistas.

Mas o que sobre o nosso Secção Albanesa? A pátria de Enver Hoxha envolve-se em silêncio. O que observamos é que a aliança entre o revisionista "C" P Albânia e o KKE - que, infelizmente, não é criticado pelos nossos camaradas albaneses do Comintern (EH). É acima de tudo que os revisionistas e neo-revisionistas nos Balcãs demonstraram a sua solidariedade para com os revisionistas gregos, a fim de evitar a propagação do fogo revolucionário nos Balcãs. Não podemos esquecer o acontecimento histórico que a luta de libertação albanesa contra a ocupação imperialista e a luta para a restauração do socialismo na Albânia, foi o sinal internacionalista decisiva para a fundação do Comintern (EH), que, desde o início, foi orientada pela ensinamentos do camarada Enver Hoxha, o quinto Clássico do Marxismo-Leninismo!

E também nas ruas de Atenas, nas últimas semanas, a bandeira vermelha do Comintern (EH) estava longe de ver. Esta deve, necessariamente, ser alteradas, se queremos proteger a nossa credibilidade em palavras e actos.

Não deve haver qualquer dúvida de que a Grécia irá para novas lutas revolucionárias e vitórias. Grandes perspectivas de todo o proletariado europeu serão abertas pela revolução na Grécia. Um fiasco deve ser evitado, porque isto não só custar caro ao proletariado grego, mas a todos os países europeus.

A ocasião de levantes revolucionários não deve passar sem uso.


Vamos fazer tudo agora para o grego e para todo o proletariado europeu ao serviço da revolução socialista mundial!


Vamos continuar o nosso apoio para a construção de nossa seção grega!


Viva a Grécia socialista numa Europa socialista!


Viva a ditadura armada do proletariado mundial!


Longo comunismo mundial ao vivo e socialismo mundial!


Viva o Comintern (EH) e suas Seções!


Viva a Secção Grega do Comintern (EH)!


Wolfgang Eggers


O Comintern (EH)


27 de Julho de 2015

 

 

Por uma Europa unida, independente e socialista num mundo unido, independente e socialista! 

 

POEMA

Os movimentos trabalhistas estão agora, não no passado, lutaram suas guerras de classe do governo

A classe trabalhadora europeia ao vivo em sombras de uma idade escura imperialista

Quando a Europa unida socialista significava muito mais

Nestes tempos loucos de riqueza capitalista comum fazer proletariado europeu sobre raiva

Mas sobreviver no sistema imperialista da UE ainda se sente como se estivesse em gaiola

Vamos, camponeses europeus sabiam o tempo todo. Vamos lá, os agricultores europeus sabiam o tempo todo

Lado a lado com a derrota proletariado europeu "UE " porque eles são orgulhosos e forte

A luta de classes anti-imperialista contra imperialista UE, não morreu.

Eurocomunismo é anticomunismo, o reformismo e revisionismo do mesmo lado

Sem futuro para a UE e a Europa imperialista que está esperando para a bomba

Não mais a exploração e a opressão na Europa, Revisionismo e imperialismo dar errado

Sem futuro para financiamento oligarquia, que está esperando para a bomba

Revolução socialista europeu, trabalhadores de todos os países europeus sabia o tempo todo

Você não consegue ver o inimigo de classe??

Você quer te fazer parte da revolução socialista europeu?

Você não consegue ver o inimigo de classe??

Você quer te fazer parte da revolução socialista europeu?

Nunca perdeu a vontade de lutar UE-imperialismo, e precisa que a classe luta

Que está na terra do Marxismo-Leninismo e lutar por nosso direito

Nunca perdeu a vontade de lutar capitalismo UE-mundo, e precisamos que a classe luta

UE-oligarcas ainda tem medo de tomar a porra do seu lucro, guerra de classe, é melhor você se juntar à luta de classe

Nunca perdeu a vontade de lutar contra o imperialismo europeu, e precisa que a classe luta

Que está na terra do Estalinismo-Hoxhaismo e lutar por nosso direito

Nunca perdeu a vontade de lutar contra o imperialismo UE-mundo, e precisamos que a classe luta

UE-oligarcas ainda tem medo de tomar a porra do seu lucro, guerra de classe, é melhor você se juntar à luta de classe

Você não consegue ver o inimigo de classe??

Você quer te fazer parte da revolução socialista europeu?

Você não consegue ver o inimigo de classe??

Você quer te fazer parte da revolução socialista europeu?

Por trás das paredes europeias dos cinco Clássicos do Marxismo-Leninismo nunca morreu

Trabalhadores de países europeus dizem que o movimento mundial Marxista-Leninista está vivo

Por trás das paredes europeus os escritos de Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver nunca morreram

Cada um sabe lutar para sobreviver, lutar por seu direito, na Europa, temos a luta de classe

a luta de classes anti-imperialista contra imperialista UE, não morreu.

Você não consegue ver o inimigo de classe??

Você quer te fazer parte da revolução socialista europeu?


Sim, nós vemos o inimigo de classe!!

Sim, nós somos parte da revolução socialista europeu!!

Sim, nós vamos destruir a União Europeia imperialista!

Sim, vamos estabelecer a ditadura do proletariado europeu!

Sim, nós operários, camponeses e soldados - ao todo,

Lutamos pela vitória da Europa unida, independente e socialista em um mundo unido, independente e socialista!

Sim, o futuro pertence ao comunismo global!

 

28 de Julho de 1975

O camarada Pedro Leon Arboleda

foi morto

 

Condolência do Partido do Trabalho da Albânia

O Comité Central do Partido do Trabalho da Albânia

enviado para o Comité Central do

o Partido Comunista da Colômbia / Marxistas-

Leninistas um telegrama de condolências

Que afirma:

"Nosso partido e nosso povo está profundamente comovido com a morte heróica do primeiro-secretário do Partido Comunista da Colômbia / ML, o camarada Pedro Leon Arboleda, que estava lutando contra as forças reaccionárias colombianas, e que sacrificou sua vida para o nacional e social libertação do povo colombiano e para o triunfo da revolução e do socialismo na Colômbia. A morte prematura do camarada Pedro Leon Arboleda é uma grande perda para a Colômbia CP / ML, e para todos os revolucionários colombianos. O Comité Central do PTA expressa nossa mais profundas condolências

em nome dos comunistas e ao povo da Albânia para o Comité Central do CP da Colômbia / ML, para os comunistas e para todos os revolucionários e patriotas da Colômbia.

Os albaneses comunistas e do povo albanês denunciar enfaticamente a violência reaccionária e terror contra os comunistas revolucionários e patriotas de Columbia, que lutam bravamente contra o revisionismo moderno, para a independência do país, e para a libertação social dos seus povos.

A violência reaccionária não pode parar a crescente onda de guerra popular revolucionária sob a liderança do Partido Comunista da Colômbia / ML. Milhares de jovens lutadores irão marchar para a frente e levantar a bandeira dos camaradas que foram mortos em batalha da grande causa pela qual eles deram suas vidas."

(Veja mais em língua Alemã...)

 

Nota:

O movimento mundial Hoxhaista caiu em uma profunda crise, depois que o mundo imperialista-revisionista tinha destruído a Albânia socialista do camarada Enver Hoxha. Na maioria dos partidos irmãos, a bandeira do Hoxhaismo foi abandonada, ou seja, no Sul e América Central. Oportunismo adquirida há mais e mais influência, de modo que todos os partidos irmãos mais ou menos afogado no pântano do neo-revisionismo. Afiliados com o ICMLPO eles se transformaram em partidos oportunistas, burguês-revisionistas (ver o nosso artigo teórico:

"Declaração de Guerra contra a CIMLPO neo-revisionista".)

É nossa tarefa como o Comintern (EH) para fundar nossas próprias fortes Secções do Sul e América Central, que levantam a bandeira revolucionária do Hoxhaismo. É claro que devemos defender o glorioso passado de nossos antigos partidos Hoxhaistas fraternos América do Sul e Central. Para isso, publicar todos os documentos históricos sobre albaneses do Sul e América Central e todos os documentos dos antigos partidos Hoxhaistas fraternos (desde que eles eram parte do marxista-leninista Movimento Mundial do camarada Enver Hoxha).

O Comintern (EH) - Arquivo

Movimento Mundial Marxista-Leninista

(1960 - 2000)

 

 

"O Caminho do Partido Mundial"

Órgão Teórico

 

 

25. 7. – 20. 8. 1935

 

80º aniversário da traição pelo VII Congresso Mundial do Comintern

 

- Em defesa dos Comintern de Lenine e Estaline -

 

 

 

 

 

22 de Julho de 2015

 Hoje, no norte curdo, na cidade de Suruc ocorreu um massacre contra membros da Federação de Associações de Juventude Socialista (SGDF) esta manhã.

Uma explosão de uma bomba matou um monte de jovens e feriram muitos mais. Cerca de 300 jovens estavam no caminho para Kobanê ficar lá por uma semana e para ajudar a reconstruir a cidade.

O ICS e o Comintern (EH) manifestam a sua solidariedade internacionalista e condenam o crime da polícia do fascista turco AKP-Governo, e os gangues de assassinato do EI.

Viva a luta de libertação do povo curdo!



 

 

 

 

Nós aprender a luta com Estaline, aprendemos a lutar com Enver

Nós temos a arma na nossa mão - Estamos mais fortes do que antes unida e ganhar sempre

Queremos uma nação europeia socialista em um mundo socialista onde vivemos em unidade

Nossa batalha e classe grito de guerra de todos os tempos serão: a revolução socialista mundial é a nossa vitória!

Orgulho da classe mundo inteiro! Trabalhadores de todos os países uni-vos!

Proletária mundial unir todos os países!

Nós não acreditamos nas mentiras que eles contam sobre a nossa história.

Nós sabemos a verdade, estamos lutando pela vitória da guerra de classes finais

Guerra de classes e revolução socialista mundial é o nosso prazer, o proletariado mundial do nosso lado.

Na memória dos nossos soldados que lutaram, sangraram e morreram -

Orgulho da classe mundial inteira!

Homens e mulheres que trabalham!

Nesta terra há apenas uma bandeira sob a qual vale a pena lutar e morrer:

é a bandeira da Internacional Comunista (Estalinista-Hoxhaista)!

 

 

21

Condições de Admissão á Internacional Comunista

(Estalinista-Hoxhaista)

19 de Julho de 2015

(Proposta para Discussão)

Escrito por Wolfgang Eggers


 


 

 

Mensagens de solidariedade

 

 

Mensagem de Solidariedade

com os camaradas Marroquinos

por ocasião da comemoração

do Dia dos Mártires

 

13 de Agosto de 2015

 

Mustapha Meziani

 

 

O Comintern (EH) exprime a sua profunda solidariedade internacionalista com camaradas marroquinos que são forçados a fazer enormes sacrifícios e até mesmo a dar a própria vida em sua luta por um Marrocos livre. Hoje, é o nosso dever de prestar homenagem a um lutador que brandiu a bandeira vermelha da resistência, de luta contra o regime, de luta contra o revisionismo e o reformismo! Em nome do nosso mártir, Mustapha Meziani, reiteramos nosso compromisso universal aos princípios do marxismo-leninismo, a nossa plena solidariedade para com os povos oprimidos Sahraoui, curdo, Palestino, nepalês, etc., e nossa condenação da repressão policial brutal da luta das classes trabalhadoras.

Depois de séculos sob o colonialismo francês, Marrocos foi colocado sob a tirania monarco-feudal da família Alaouita. Este grupo de bandidos coroados ao serviço dos imperialistas ocidentais tem sido ferozmente explorando e oprimindo os trabalhadores marroquinos, enquanto acumulando uma imensa riqueza. Rei fascista marroquina é uma das mais ricas do mundo, enquanto as classes trabalhadoras marroquinas vegetar em terrível pobreza.

Num contexto de crise geral do capitalismo financeiro e, mais particularmente, a do imperialismo mundial, novas contradições entre os estados imperialistas EUA, Europa, e a nova superpotência chinesa inevitavelmente surgir.

A ascensão das massas contra as políticas de austeridade, como a flexibilidade, horários flexíveis e demissões em todos os sectores, etc. intensifica o combate do capital contra o trabalho, a ofensiva contra a classe trabalhadora, as lutas de libertação nacional dos povos oprimidos e a resistência popular. Marrocos tornou-se o laboratório do imperialismo e seus planos como é provado pelo relatório do Banco Mundial em 1984, a realização da conferência do GATT em 1994, a livre troca económica com os EUA em 2004 e da venda oficial do país, a recolonização de o, acordo de livre troca solo assinado com a União Europeia e a abertura do Fórum Económico Mundial.

Esta situação não pode durar para sempre. Mas a única forma através da qual proletariado marroquino pode emancipar-se de uma forma completa e definitiva é através fiel acolhimento dos ensinamentos invencíveis do Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo, é através da criação de sua própria seção marroquino do Comintern (EH) e através tornando-se um destacamento empresa do exército proletário vermelho mundial.

Enviamos nossas saudações revolucionárias vermelhas para todos os companheiros que lutam hoje para uma Marrocos socialista em um mundo socialista. Trabalhadores marroquinos serão vitoriosos.


A liberdade não é dada, deve ser conquistada!

 

Viva o mártir marroquino e herói Mustapha Meziani!

 

Viva o proletariado marroquino!

 

Viva a futura Secção Marroquina do Comintern (EH)!

 

Viva o internacionalismo proletário!

Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

 

Viva a revolução proletária socialista mundial!

 

Viva a ditadura do proletariado armado mundial!

 

Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!



O Comintern (EH)

 

 S C I

 

 

 

 

19 de Julho de 2015

Viva o 95º aniversário do 2º Congresso Mundial do Comintern!

19. 7. - 7. 8. 1920  

 

 

 

SITE ESPECIAL  

Inglês 

Alemão

 

Mensagens de solidariedade

Mensagem do Comintern (EH)

por ocasião do 95º aniversário do Segundo Congresso Mundial do Comintern

19 de Julho de 2015

 Caros Camaradas!

Hoje nós celebramos o 95º aniversário do Segundo Congresso Mundial do Comintern. Este Congresso Mundial foi marcado pela maior líder do proletariado mundial - o camarada Lenine. As contribuições de Lenine para o Segundo Congresso Mundial será sempre inestimável parai a revolução socialista mundial e para toda a história do movimento comunista mundial.

O II. Congresso da Internacional Comunista foi inaugurado em 19 de Julho de 1920, em Petrogrado, e sua sequência teve lugar de 23 de Julho - 7 de Agosto em Moscou.

O Segundo Congresso ocorreu apenas um ano após o congresso de fundação em que a bandeira do comunismo mundial foi levantada.

Naquele ano, o Comintern alcançado vitórias tremendas. A influência do Comintern atingiu uma enormidade pura dentro do movimento comunista em rápido crescimento. Em seu primeiro ano de existência do Comintern se já grande simpatia e autoridade entre as partes mais avançadas de todo o proletariado mundial.

Em sua avaliação da importância do 2º Congresso Mundial de Lenine enfatizou:

 

"No Congresso, que terminou em 7 de Agosto, não foram apenas os arautos da revolução proletária que se juntou forças, mas delegados de organizações fortes e poderosos ligados com as massas proletárias. Um exército mundial do proletariado revolucionário, isto é o que está agora para o comunismo, e, no Congresso acaba de terminar, recebeu forma de organização e um programa claro, preciso e detalhado de acção.

A revolução do proletariado, a derrubada do jugo do capitalismo é em marcha e virá sobre em todos os países do mundo." (Lenine: .. O II Congresso da Internacional Comunista, Agosto / Setembro de 1920).

 

Com 218 delegados de 67 organizações, incluindo 27 partidos comunistas, o Segundo Congresso em literalmente foi um Congresso Mundial. No entanto, deve ser notado que o bolchevismo do Comintern ainda estava em sua infância e muitas correntes anti-Leninistas no II Congresso estavam representados. Cerca de metade de todos os delegados tinha traído o Comintern, mais cedo ou mais tarde, e mudou lealdade como lacaios da contra-revolução.

Na primeira sessão Lenine apresentou um relatório sobre a situação internacional e definiu as tarefas mais importantes da Internacional Comunista. Lenine apresentou o papel de destaque do Comintern que é a mobilização das massas trabalhadoras na luta contra o capitalismo. Lenine enfatizou o significado histórico-mundial da revolução proletária na Rússia.

Lenine disse que o proletariado não pode conquistar o poder sem derrotar oportunismo. "Oportunismo", - disse ele ". É o nosso principal inimigo" Os oportunistas são melhores defensores da burguesia do que o burguês sem os oportunistas, a burguesia não pode manter o seu poder de oportunistas contado Lenine e os "esquerdistas" e estabeleceu a necessidade de combatê-lo.

Com base nos princípios leninistas, o Segundo Congresso decidiu as principais tarefas da Internacional Comunista. A luta armada para o estabelecimento da ditadura do proletariado foi definida como a tarefa mais importante.

O objectivo de 21 princípios orientadores de Lenine é, portanto, para proteger o Comintern contra a infiltração de elementos anti-proletários, cujo objectivo é decompor o Comintern a partir do interior, para nos desviar do caminho da revolução socialista mundial, para nos adaptar ao ideologia burguesa, a transformação em um burguês Internacional e, portanto, para incapacitar este instrumento de luta mais importante do proletariado mundial.

21 princípios orientadores de Lenine de condições para a adesão estavam no poder até que o Congresso Mundial VII. Eles foram alijados por Dimitrov e o VII. Congresso Mundial através da fusão com os social-democratas e, assim, "coexistência pacífica" com o oportunismo na luta contra o fascismo.

Não se deve esquecer que Lenine lutou incansavelmente já no Segundo Congresso Mundial contra aqueles que eram contra os 21 termos de admissão, ou seja, tanto os oportunistas direita (Serrati, Crispin e DITTMANN, etc.) e os oportunistas de "esquerda" (Bordiga Wijnkoop etc.). Basicamente toda a história do Comintern é marcada por confrontos com as mais diversas correntes de oportunismo. A luta contra o oportunismo foi uma luta até a morte, que foi dolorosamente confirmado pela liquidação da Internacional Comunista em 1943.

Por ocasião do 95º aniversário, o Comintern (EH) modificado 21 termos de admissão de Lenine de acordo com as condições de hoje, e apresenta um projecto para discussão:

 

["21 condições de admissão à Internacional Comunista (Estalinista-Hoxhaista) ” - em 19 de Julho de 2015]

 

 

Um passo importante para a institucionalização de um centro mundial do movimento comunista era a aprovação do Estatuto da Internacional Comunista.

O Estatuto, que foi aprovado sem uma longa discussão, que diz:

 

A Internacional Comunista é dedicada a fornecer:

por todos os meios, mesmo com armas na mão, para lutar pela derrubada da burguesia internacional e para a criação de uma república soviética internacional como uma fase de transição para a destruição completa do Estado. A Internacional Comunista considera a ditadura do proletariado para a única maneira que dá a oportunidade de libertar a humanidade dos horrores do capitalismo. E a Internacional Comunista considera o poder soviético para a forma historicamente determinada da ditadura do proletariado. " (Estatutos da Internacional Comunista, adoptado no Segundo Congresso do Comintern em 04 de agosto de 1920, em Moscou)

 

No Segundo Congresso Lenine dedicada atenção para o problema dos aliados do proletariado na revolução proletária e explicou os aspectos mais importantes da estratégia e táctica dos Partidos Comunistas na questão agrícola e nacional e colonial.

Para este efeito, Lenine elaborou as teses sobre a questão agrária, que contém uma análise profunda da situação da agricultura no capitalismo e também uma análise de classe precisa da composição social do campesinato. Na luta para a conquista da ditadura do proletariado, os camponeses e pequenos agricultores pobres ganharam como aliado do proletariado, ao passo que os camponeses médios devem ser neutralizados, e os camponeses ricos e proprietários de terras têm de ser combatidos.

A discussão sobre a questão nacional e colonial tinha fixado o objectivo das tácticas corretas da luta anti-imperialista para muitos milhões das massas laboriosas nas colónias e semicolónias. No que respeita à assistência de movimentos nacionais democrático-burgueses não foi realizada uns controversos debates. Para o proletariado, às vezes é inevitável para atender acordos provisórios e alianças com as forças democrático-burguesas nas colónias, onde o proletariado revolucionário mantém a sua independência política e organizacional. Assim, embora o antagonismo de classe entre o proletariado e a burguesia não pode ser eliminado por resolver esta questão, a frente anti-imperialista será reforçada nos países coloniais. O Segundo Congresso decidiu ainda luta decidida contra a ideologia do pan-islamismo, Pan-asianismo e outras teorias nacionalistas reaccionários.

De grande importância também foi a teoria da transição desses países ao socialismo, que pode basear-se no proletariado vitorioso dos países avançados de Lenine, ignorando o estágio do capitalismo.

As teses do II Congresso sobre a questão nacional e colonial eram um guia valioso para a acção dos partidos comunistas e têm desempenhado um papel importante na luta de libertação dos povos dos países coloniais e dependentes.

Outros pontos da agenda do II Congresso do Comintern eram questões importantes, tais como a atitude dos partidos comunistas para com os sindicatos e do sistema parlamentar.

Em particular, o Congresso rejeitou a recusa sectária para trabalhar como comunistas nos sindicatos reformistas para o propósito de ganhar a maioria dos membros do sindicato para a Revolução.

Nas teses sobre o parlamentarismo, foi também sobre a indispensabilidade de envolvimento comunista activo nas campanhas eleitorais e a utilização do parlamento como uma tribuna da luta de classe do proletariado. A "esquerda" negação radical do trabalho parlamentar (Bordiga) foi condenada e rejeitada pelo II Congresso Mundial. No entanto, também foi decidido que a facção comunista no parlamento deve ser completamente subordinado ao Partido Comunista.

Além disso, foram tomadas importantes decisões sobre outras questões importantes no Segundo Congresso Mundial:

O papel do Partido Comunista na revolução proletária, o estabelecimento do poder soviético, etc.

Finalmente, o Congresso aprovou um manifesto em que a situação internacional, a luta de classes nos países capitalistas, a situação na União Soviética e as tarefas da Internacional Comunista foram delineadas.

O manifesto chamado aos trabalhadores a comprometerem-se a se unir sob a bandeira da Internacional Comunista. A chamada "Tirem as mãos da Rússia!" encontrou amplo apoio entre os trabalhadores em muitos países, que implementaram o slogan da defesa do primeiro Estado soviético em acção.

No Primeiro Congresso foram anunciadas as ideias do comunismo mundial. Este foi o primeiro passo.

A institucionalização da Internacional Comunista e do estabelecimento de termos de admissão seguido como uma segunda etapa. Desenho da linha de demarcação contra o centrismo e a luta contra os agentes directos e indirectos da burguesia dentro do movimento operário, este foi um dos resultados mais importantes do Segundo Congresso.

 

A importância do Segundo Congresso Mundial é que ele lançou as bases da Internacional Comunista para o seu desenvolvimento como a mais alta forma de organização de classe do proletariado mundial e como o líder organizacional, político e ideológico do movimento comunista mundial.

O Comintern de Lenine e Estaline merece um lugar de honra na história do comunismo mundial. O Comintern (EH) eleva alto a bandeira da Internacional Comunista de Lenine e de Estaline e vai liderar a luta da Internacional Comunista vitoriosamente até ao fim, ou seja, para servir sempre o socialismo mundial e o comunismo mundial.


Viva o 95º aniversário do II Congresso da Internacional Comunista!

Viva o Comintern de Lenine e Estaline!

Viva o Comintern (EH), o único sucessor genuíno do Comintern!

Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

Viva a revolução socialista mundial e a ditadura do proletariado mundial!

Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!


Wolfgang Eggers

 

em nome do Comintern (EH)

 

19. 7. 2015


2º Congresso

da Internacional Comunista

 

 

As 21 condições de admissão dos Partidos na Internacional Comunista

(1920)  

 

 

Projecto de Teses Preliminares

As Questões Coloniais e Nacional

 

Para o II Congresso da Internacional Comunista


05 de Junho de 1920

 

 

 

Teses

Sobre a questão nacional e colonial

 

28 de Julho de 1920

Projecto de Lenine e teses suplementares de Roy (Índia/México) – adoptados pelo 2º Congresso após terem sido pessoalmente revistas por Lenine

 

 

 

Tese

Sobre a Questão Agrária

2º Congresso da Internacional Comunista

Agosto de 1920

 

 

 

 

Mensagens de solidariedade

 

 

Carta de solidariedade da

Secção Georgiana do Comintern (EH)

em apoio a luta do proletariado contra a burguesia grega nacional e imperialismo mundial!


O capitalismo mundial se transformou em um sonho terrível para o mundo inteiro as pessoas! Antes da morte histórica que traz para as pessoas da pobreza sombria, sentimento de desesperança, a guerra e a tragédia. Ideólogos burgueses e propagandistas em todos os sentidos tentar "explicar" às pessoas, a razão do seu desastre, e constantemente fingir que em breve irá corrigir tudo isso e chamado "paraíso capitalista" novamente irá retornar na Terra...

De qualquer forma, por isso foi até agora...

Mas últimos acontecimentos na Grécia de modo agravado contradições do capitalismo, têm posição da classe trabalhadora de forma agravada em uma das colónias do imperialismo anglo-americano e europeu - Grécia - que as explicações simples aqui já são obviamente insuficientes.

E aqui um servo intelectual da burguesia e os imperialistas - todos os tipos de jornalistas, economistas e escritores - tenha assaltado iluminação!

Aqui está um exemplo: conhecido jornalista burguês americano Finian Cunningham publicou artigo no âmbito da rubrica "O capitalismo falido: O verdadeiro veredicto Grego".

Neste artigo, a propósito, também lemos tais razões:

"... O capitalismo se degenerou num sistema de cassino financeiro, impulsionado pela queda dos lucros na fabricação e produção real. Já não é um sistema que fornece para as necessidades humanas. Tornou-se uma forma de parasitismo financeiro, mercado de acções e moeda especulação, ditada pelos bancos e capital fictício O sistema tornou-se divorciada do mundo real - um reino onde o global por cento prosperar enquanto a grande maioria da luta humanidade a existir.”

E mais adiante:

"A Grécia é um desastre que está se desenrolando em todos os países ocidentais. A cena de caos e miséria nas ruas de Atenas em breve será visto em uma escala igualmente massiva em toda a Europa e os EUA".

E ainda:

"... Sistema capitalista deve ser reconhecido como já não é viável como um mecanismo organizacional para a sociedade e produção Tornou-se espectacularmente redundante É falido:.. Moralmente, politicamente e economicamente".

Bravo Finian! Bravo!

Mas... Todos nós lembramos que há alguns anos atrás você e outros semelhantes a você gritou no topo de sua voz, que o capitalismo é uma ordem social eterno e só ele pode dar à humanidade as melhores condições para a sua prosperidade. Você e seu tipo escreveram cada insinuação possível contra o socialismo, o comunismo... E o economista burguês, concedido por todos os possíveis prémios e honrarias, com caras inteligentes tinha desenvolvido várias teorias de "desenvolvimento" das bolsas de valores (isto é, como uma questão de fato, aposta financeira), maneiras "eficazes" de "desenvolvimento" do capitalismo, economia capitalista (inerentemente -! economia caótica), lama atirada em uma economia de socialismo planejado, e até mesmo acreditava que eles estavam certos, e assim teria procedido eternamente...

Nós, comunistas, não somos astrólogos medievais, mas, no entanto, podemos fazer algumas previsões tudo a mesma coisa. Por exemplo, que, semelhante ao nosso companheiro Finnian, no esclarecimento futuro próximo virá também para aqueles economistas também!

E o que é que nós, comunistas, estava escrevendo?

Nós que estamos equipados com uma exclusiva doutrina verdadeiramente científica, sobre uma sociedade e da natureza - o Marxismo - sempre precisamente sabia que o imperialismo é o último estágio do capitalismo (quase um século atrás, grande Lenine convincentemente provado isto), também sabia que, por causa do carácter do capitalismo moderno quando em primeiro lugar a capital financeira começou a dominar no mundo, e os monopólios financeiros começou a subordinar mais países se, sempre que possível, a maior crise do capitalismo na história da humanidade em breve deveria ter sido estourar!

Marxistas e, especialmente, Estalinistas-Hoxhaistas, antes de 2008 já escreveu muitas vezes sobre isso. A crise mundial do capitalismo, que começou em 2008 de forma convincente confirmou nossas previsões.

Agora, como podemos ver, os jornalistas ainda burgueses são forçados a admitir que o problema da Grécia não é um problema local de um país, neste caso - o grande e favorito país para toda a humanidade progressista, Grécia - mas, pelo contrário, é apenas a primeira e mais óbvia exibição da condição das pessoas nas colónias modernas do imperialismo mundial.

Mas, o "escape" foi encontrada pela burguesia grega (que actualmente supervisiona a Grécia), em "cooperação" com os imperialistas europeus e anglo-americanos? O mais cínico: o povo grego (como uma questão de fato - o proletariado grego como a burguesia grega tem acções do sector financeiro para a vida mais ou menos descuidado!) Deve passar a "economia rígida"! Agora, para o proletariado grego sugerem a dar diariamente subvenções financeiras (!), O que será suficiente para não morrer de fome exactamente, e também para alcançar as empresas dos exploradores nacionais e estrangeiros! Tudo o que é, como uma questão de fato, é a tentativa de transformação do proletariado grego em prisioneiros de um campo de concentração real de escala nacional!

O objectivo global da burguesia mundial é levar proletariado mundial a uma condição similar! Para que todo proletariado mundial a ser obediente e para trabalhar em moedas de um centavo para o enriquecimento eterno de exploradores nacionais e mundiais!

Posição do proletariado grego durante o momento histórico dado demonstra futuro próximo a outras pessoas e todo proletariado mundial, se eles não se unem para a realização de uma revolução socialista mundial - o libertador de proletariado mundial da escravidão antiga!

Também sabemos precisamente que o proletariado grego está condenado a ser derrotado sem o partido político do tipo bolchevique - sem partido Estalinista-Hoxhaista que, por sua vez, irá basear a atividade na grande doutrina de 5 Clássicos do Marxismo!

Nós, certamente, apoiar completamente heróica luta histórica do proletariado grego em que partes missão histórica caiu fora para se tornar vanguarda de uma vinda revolução socialista mundial! Temos a certeza de que o proletariado grego vai dar o exemplo histórico evidente de luta revolucionária contra o imperialismo mundial a outras nações do mundo! E o fato de que, no momento do desempenho revolucionário escala na Grécia não eram comunistas que subiram nas posições avançadas do Estalinismo-Hoxhaismo e começaram a organizar a seção grega da Comintern (EH), para nós é uma lógica e inevitável consequência de desenvolvimento da revolução mundial, uma consequência inevitável do movimento de uma sociedade moderna, uma consequência inevitável por vir mais perto destruição do capitalismo mundial.

O proletariado grego já começou a perceber que eles podem conseguir a liberação real apenas pelo cumprimento da revolução socialista, pela destruição dos sistemas de escravidão capitalista, a transformação de grupos próprios em linhas de frente de grupos Estalinistas-Hoxhaistas da revolução socialista mundial! Mas só é possível sob a direcção daquele partido político que será criado com base da secção grega da Comintern (EH). Caso contrário, o proletariado grego vai sofrer a próxima derrota, vai subscrever no âmbito do próximo reformismo burguês e ela vai aparecer em restrições mais severas de operação capitalista! Em caso de derrota, capitalistas e imperialistas mundo vai vingança do proletariado grego também como agora eles vingança dos antigos povos soviéticos que em 1917-1955 poderiam libertar-se do capitalismo e construíram um socialismo!

Em breve publicaremos em nosso site da edição grega das obras reunidas de IV Estaline, e também outros livros valiosos que nos sejam enviados pelos comunistas gregos. E a seção grega criado de Comintern (EH) deve começar as taxas reforçadas pesquisa e da publicação de outras composições de 5 Clássicos do Marxismo, e também outra literatura revolucionária. Eles também devem começar urgentemente a actividade revolucionária prático!

A seção Georgiana do Comintern (EH), especialmente se orgulha de desempenho revolucionário do proletariado contra a burguesia grega grego e imperialismo mundial! Deixe que este desempenho se tornar um bom exemplo para o proletariado georgiano e proletariado de todos os países do mundo! Não duvidamos de que o proletariado grego será seguido; em primeiro lugar, por proletariados de Itália, Espanha, Portugal e França como estes países também estão em um buraco enorme dívida.

Marxistas e representantes de toda a humanidade progressista sempre expressaram sentimentos especiais de respeito e amor para a Grécia! Os gregos antigos têm apresentado a todo o sistema básico mundo do pensamento científico - filosofia! Na Grécia Antiga surgiu conceito de democracia, não começou o materialismo procissão vitoriosa como sistema filosófico!

Os gregos antigos têm iluminado o fogo olímpico - a honra grega moderna para acender o fogo da revolução socialista mundial caiu fora!

De agora em diante nós - Estalinistas-Hoxhaistas - legitimamente pode dar a este próprio nome revolucionário fogo revolucionário - "fogo grego"!


Vamos fazer com que neste revolucionário "fogo grego" o capitalismo mundial seja incinerado!

Viva o proletariado grego - vanguarda do proletariado mundial!

Morte á burguesia grega e aos imperialistas mundiais - exploradores feios do povo grego!

Morte ao capitalismo mundial - o pior inimigo da humanidade!

Abaixo o reformismo burguês - a verdadeira ferramenta de exploração do proletariado!

Viva a Revolução Socialista futuro da Grécia - uma forma única para a libertação de classe operária da Grécia!

O proletário de todos os países - para apoiar o proletariado grego!



 

 

 

 

 

Mensagens de solidariedade

Mensagem da Secção Alemã do Comintern para o povo

Grego

12 de Julho de 2015



Caros Camaradas!

Nem o grego nem a classe trabalhadora alemã já estive com medo de imperialistas alemães ou ter caído de joelhos! Nós não se dobraram a Hitler, nem vamos nos submeter aos ditames de Merkel e Schäuble!!

O proletariado europeu com o Comintern (EH) na parte superior está firmemente juntos e vai matar o alemão e todas as outras bestas imperialistas!

Nós vamos martelar as garras predatórias dos imperialistas.

Nós, no coração da Alemanha, irá dilacerar o coração do maior animal da Europa!

Revolução socialista em todos os países europeus!



Esta é a verdadeira solidariedade do proletariado europeu para a classe trabalhadora de todos os países na Europa.

Nós, Estalinistas-Hoxhaistas Alemães asseguramos a nossa solidariedade, liderando a revolução socialista na Alemanha para a vitória!

Na Alemanha, que partilhamos com muitos grego pessoas que trabalham solidariedade com a sua luta na sua terra natal grego e apoiá-lo activamente.

Até o nosso cabeleireiro grego em Augsburg, é emocionalmente muito afectado sobre o que actualmente acontece lá no seu país. Uma vez que ela ainda disse: "Como os impostos podem ser pagos de volta, se não havia nenhum colector de impostos em todas as décadas anteriores Antes Grécia já recebeu o dinheiro, o país assinou inúmeros usura burocrática da adesão da CE / UE à Troika (que consiste em Comissão Europeia, FMI e BCE) e nós reembolsado um monte de dinheiro desde o início dos contratos predatórios.”

A palavra "Europeu da Primavera" atrai amplos círculos. Em vista da crise, as forças reformistas como Syriza, com Tsipras e Varoufakis como carrancas, são temporariamente reforçou surgiu pela crise financeira e económica mundial. No início deste ano, o SYRIZA reformista assumiu o governo. Toda a Europa está olhando para Atenas porque desde 2010/2011 Grécia é o país onde as contradições da crise financeira mundial em solo europeu são as mais flagrantes e Grécia tornou-se, obviamente, o elo mais fraco da eurocracia imperialista. O frequentemente chamada "esquerda radical" (Syriza partido) tornou-se a esperança do movimento de protesto pequeno-burguesa, especialmente aquelas figuras como espontaneísta-reformista "Intervencionista Esquerda". Embora os líderes reformistas Tsipras e Varoufakis jogar o "bicho-papão" para figurões da UE e especialmente para imperialistas alemães, eles estão lutando ambos no mesmo lado das barricadas contra o proletariado mundial em geral e da classe trabalhadora grega, em particular.

A aquisição maioritária do governo dos reformistas Syriza poderá em breve ser seguido por resultados eleitorais semelhantes em Espanha (Podemos) e da Irlanda (que significa Fein). Estas tendências são "esquerdista" em palavras e atos, de direita em simultâneo realizado pelo impulso das forças de ultra-nacionalistas e fascistas como o "Golden Dawn" na Grécia, Jobbik e Fidesz na Hungria, a Frente Nacional em França, UKIP na Inglaterra e nos AFD aqui em solo alemão.

Syriza e Co vai cair depois de terem feito o seu dever.

A classe trabalhadora grega chantageada irá enviar a embalagem Syriza pérfida.

Syriza não querem deixar a UE ea zona do euro, mas se limita em "reformas" da UE. O governo Syriza não é o motor para o anti-imperialista e ainda menos para o socialismo. Syriza está comprometida com o capitalismo. Syriza se espalha a ilusão de que se pode derrotar o imperialismo da UE através de reformas. Neste infame "mal menor" só há a alternativa, se você preferir a cair a partir do 4º andar ou 10. Os idiotas de Syriza coletar doações, para o que é ainda elogiado por alguns trotskistas alemães, como o SAV, ISL. Com truque enganar ou até mesmo para enfraquecer o imperialismo alemão, este é a mais pura traição da luta de classes dos trabalhadores e camponeses. Mesmo as colunas 4 e 5 do imperialismo alemão, como o MLPD e a Esquerda-PDS Partido, traírem a classe trabalhadora grega.

O problema da crise mundial não é novo:

A Internacional Comunista desenvolveu uma estratégia e táctica comunista adequada na Grande Depressão de 1929. É por isso que seguimos hoje as decisões do 6º Congresso da Internacional Comunista e defendê-los contra a traição do 7º Congresso Mundial. Nos documentos do 6º Congresso Mundial, encontramos exactamente as respostas corretas para as questões candentes de pessoas trabalhando de hoje e juventude.

Com a crise, não só de pobreza, miséria e desespero começa, mas também as batalhas decisivas da luta de classe revolucionária. Toda a Europa vai subir para a revolução e construir a nova Europa socialista sobre as ruínas de uma sociedade europeia de idade.

O que estamos testemunhando hoje, são os efeitos da crise da dívida global, que não renunciar a Europa.

O desenvolvimento da crise mundial de hoje é executado de forma desigual. Mesmo no continente europeu, a um e os outros países altamente endividados são afectados pela falência em diferentes épocas e em diferentes graus.

Credores gananciosos têm impulsionado a Grécia sobre o colapso económico. E a Grécia é apenas o começo. A Europa imperialista em crise está se aproximando de sua falência total.

O período de relativa estabilidade na Europa é longo.

Os tremores na Grécia arauto de uma nova etapa histórica de choques económicos e sociais que se espalham de sul para norte, gradualmente, ao longo de todo o continente europeu. Isto conduzirá inevitavelmente a maior desestabilização internacional - além das fronteiras da Europa. Este, por sua vez, afectar graves repercussões.

Crises capitalistas não são reformáveis. Eles são, desde o início o companheiro inevitável do capitalismo e permanecerá enquanto as reformas estão nos limites do capitalismo. Portanto, acima de tudo, os reformistas estão agora em crise. A confiança das massas nos reformistas já é largamente abalada que é mais evidente hoje do que na Grécia.

A crise tem forçado o reformismo inevitavelmente para abrir espaço para o fascismo. Como pode o programa de austeridade na Grécia ser executada, se não com violência mais brutal do que antes mesmo? Agora, o burguês chantageado governo grego vai recorrer à violência abertamente fascista contra seu próprio povo! O que estamos experimentando agora na Grécia, que é a cooperação dos social-fascistas e fascistas para o resgate do capitalismo, e estrangular a revolução por meio do fortalecimento da contra-revolução. Isso acontece mais cedo ou mais tarde, em todos os países europeus. Portanto, nós, os Estalinistas-Hoxhaistas devem derrotar tanto os social-fascistas e os fascistas, se a revolução socialista na Europa deve prevalecer.

A crise na Europa é uma expressão do carácter decadência do imperialismo e inevitavelmente leva a uma nova era europeu, a era do fascismo, a era da guerra e da era das revoluções.

Assim como na Grécia, toda a Europa está dividida em dois campos: os governantes e todos os seus cães de funcionamento tentar manter a Europa imperialista e defendê-la com todos (extremo) significa.

Os oprimidos e explorados, especialmente o proletariado, levantar-se na Europa para resistir e para sacudir o jugo insuportável (com meios extremos).

Para revolução, é necessário que os exploradores não possam viver e governar da maneira antiga. Somente quando as grandes massas da velha Europa não querem e os imperialistas europeus no velho caminho não pode mais prevalecer, só então a revolução na Europa pode vencer.

A revolução é impossível sem uma crise em toda a Europa (tanto a explorados e exploradores envolvidos). Por conseguinte, a condição da revolução é o primeiro, que a maioria dos trabalhadores (pelo menos a maioria da consciência de classe, politicamente pensamento, trabalhadores activos) compreendeu perfeitamente a necessidade da revolução europeia e está pronto para ir até a morte por causa deles; em segundo lugar, que toda as classes dominantes da Europa estará em uma crise cross-governamental que ainda dirige as massas mais atrasadas na política.

A característica de toda revolução real é a dez vezes rápida, até mesmo o aumento de cem de desempenho para os representantes políticos da luta massas trabalhadoras e exploradas que estavam até então apática.

Nós Estalinistas-Hoxhaistas organizar o mais rápido possível queda do imperialismo europeu. Para descobrir e determinar correctamente o caminho concreto ou a virada particular de eventos, a abordagem que leva as massas para o fundamental, principal final, verdadeira luta, revolucionário - esta é a principal tarefa do Comintern (EH) na Europa de hoje .

Não é possível entender os mais recentes desenvolvimentos na Europa, se não está claro que tipo de papel as várias potências imperialistas jogar na Europa e qual a posição da classe trabalhadora tem de tomar como uma divisão do exército proletário mundial.

Por exemplo, a nossa consciência de classe na Alemanha ainda é nebuloso, em certa medida (se não atrofiado) causado pela forte posição do imperialismo alemão, que provou ser extremamente estável durante décadas (e este, finalmente, não sem exploração cruel da classe trabalhadora em Alemanha, na Europa e em particular fora da Europa). O imperialismo alemão relativamente estável ajudou a que as consequências da crise na Europa pode continuar a ser adiada até um certo ponto. Mas o imperialismo alemão dirige-se cada vez mais profundamente a crise próprio, o que terá efeitos desastrosas para o povo de toda a Europa. Mesmo na Alemanha, a pobreza está crescendo dramaticamente. A contradição entre a burguesia e o proletariado, entre ricos e pobres está aumentando rapidamente. Em nenhum outro lugar na Europa, o salário real declinou mais do que na Alemanha. E ninguém na Europa se deve esquecer que os empréstimos com que os imperialistas alemães chantagear hoje países europeus como a Grécia, foram desnatados fora, não menos importantes, das pessoas que trabalham alemães. Sabe-se que a pressão sobre a classe de trabalho é extremamente alta aqui na Alemanha. A segurança social das pessoas que trabalham na Alemanha, lutou arduamente em décadas, encolhe cada vez mais rápido. É, portanto, não é de admirar que as greves estão em uma ascensão na Alemanha desde o início do 2015, portanto, em um país com o menor número de dias de greve na Europa.

Agora, a luta de classe revolucionária nos países europeus se acenderá e se espalhou por todo o continente.

Ninguém pode parar o fermento revolucionário na Europa.

Nós, Estalinistas-Hoxhaistas, não nos esquecemos do que Enver Hoxha ensinou:

"A revolução é uma questão cuja solução prática está na agenda de hoje!"

Nós, a Secção Alemã do Comintern (EH) têm o prazer de que, finalmente, uma Secção Estalinista-Hoxhaista será fundada na Grécia em crise. Saudamos e apoiamos você na solidariedade. Estamos ansiosos para trocas mútuas nas questões essencialmente queima da luta de classe comum.

Então, queridos camaradas gregos, vamos lutar, duro como aço como os espartanos, que perseguiram os invasores persas para o inferno em defesa de sua liberdade. Merkel, Comissão Europeia, BCE, o imperialismo alemão e os eurocratas são logo varrido!

Sigam os seus antepassados ​​e usem o cavalo de Tróia! Bata o FMI, a OMC e o imperialismo UE em pedaços, de modo que eles nunca se atrevem novamente para saquear o país grego e do povo grego!

Viva a Secção Grega do Comintern (EH)!

Viva a revolução proletária e socialista na Grécia e na Europa!

Vivam Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

Viva a revolução socialista mundial!



Flamejantes cumprimentos militantes de solidariedade

Secção Alemã do Comintern (EH)

 

 

 

Revolução ou Reformismo?

Comunistas ---------------------- Revisionistas

 

NUEVO 

Em língua Alemã

"O Caminho do Partido Mundial"

Órgão Teórico

A queda do capitalismo é imparável

Escrito por Wolfgang Eggers

1993

 

 

NUEVO 

"O Caminho do Partido Mundial"

(Órgão Teórico)

A revolução socialista na Europa

E a União Europeia socialista

 

 

 

Projecto da futura Constituição Socialista Europeia

Elaborado por Wolfgang Eggers

9 de Julho de 2015

 

"Qual foi a data da formação do Hoxhaismo?"

Dedicámos um site especial a um camarada que nos fez esta pergunta

 

 

72 Anos atrás

- 10 de Julho de 1943 -

A Guerra de Libertação Albanesa e a fundação do Exército Nacional Albanês

10 de Julho de 1943

 

 

 

 

 

Nós Estalinistas-Hoxhaistas Gregos enviamos as nossas mais calorosas saudações comunistas vermelhos para os nossos camaradas chineses e também para todos os camaradas de todas as Seções do Comintern (EH) por sua solidariedade revolucionária honesto para nós!

Nossa causa é justa - a vitória será nossa!

Os Estalinistas-Hoxhaistas Gregos

 

 

 

 

 

 

Mensagens de solidariedade

 

Mensagem da Secção Jugoslava do

Comintern (EH) para o povo Grego

09 de Julho de 2015

Camaradas!

A Secção Jugoslava do Comintern (EH) expressa a sua solidariedade com o povo grego, a classe trabalhadora da Grécia, e sua Vanguarda, os Estalinistas Hoxhaistas Gregos neste momento difícil para eles.

Apoiamos plenamente o povo grego em sua luta, que serve como uma inspiração para todos nós, todos os verdadeiros comunistas!

Jugoslávia e Grécia, como os dois países dos Balcãs, ter destino semelhante. Nossos dois povos sempre foram o alvo dos imperialistas, eles lutam contra o mesmo inimigo! Hoje, eles são, além de os imperialistas e as instituições internacionais 'financeiros', mãos estendidas dos imperialistas mundiais.

Camaradas,

não deixe que você ser enganado por vários partidos burgueses e os seus agentes.

A única alternativa do povo grego é a revolução socialista!

Nós, os povos dos Balcãs, mas também ao redor do mundo, hoje temos de reforçar a nossa solidariedade mais do que nunca, temos de levar a luta contra a exploração ea opressão, contra o capitalismo mundial e seus lacaios!


Viva a revolução socialista!

Viva a solidariedade dos povos gregos e jugoslavo!

Viva a solidariedade fraterna de todas as seções do Comintern (EH)!

Para a Grécia socialista na Europa socialista!

Viva o internacionalismo proletário!

Para a ditadura do proletariado!

Glória aos grandes clássicos do Marxismo - Leninismo, Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!


A Secção Jugoslava do Comintern (EH)



 

 

 

* * *

 

Mensagens de solidariedade

 

Carta de agradecimento do Comintern (EH)

Para a Secção Chinesa da Internacional Comunista da Juventude

(Estalinista-Hoxhaista)

9 de Julho de 2015

 

Caros camaradas Estalinistas-Hoxhaistas da China!

Em nome de todas as seções do Comintern (EH) nós gostamos de lhe agradecer por sua grande contribuição do internacionalismo proletário, em solidariedade com o povo grego, a classe trabalhadora grega e os gregos Estalinistas-Hoxhaistas!

A sua mensagem de solidariedade é uma grande esperança e estímulo para os proletários da Grécia e todos os países para se livrar do sistema mundial capitalista por meio da revolução socialista mundial.

A sua mensagem de solidariedade também é um grande apoio para a construção da nova secção grega do Comintern (EH).

E não duram menos a sua mensagem de solidariedade sublinha a importância de os chineses Estalinistas-Hoxhaistas para o fortalecimento de todo o Comintern (EH).

A força da solidariedade mútua dos companheiros Estalinista-Hoxhaista em todo o mundo é invencível. Ele é um modelo para as acções revolucionárias comuns dos proletários de todos os países e uma das primeiras vitórias da vinda revolução socialista mundial.

Somos gratos por seu grande apoio e garantimos que a nossa solidariedade com a sua luta pela revolução socialista na China, para a derrubada do sistema imperialista chinesa de exploração e opressão.

Viva a revolução socialista e da ditadura do proletariado na Grécia!

Longo internacionalismo proletário ao vivo!

Viva o grego e chinês fraternidade Estalinista-Hoxhaista nos braços!

Viva a solidariedade da Internacional Comunista Jovem (EH) com o Comintern (EH)!

Viva a solidariedade mútua das Secções do Comintern (EH)!

Viva a revolução socialista mundial e a instauração da ditadura do proletariado mundial!

Viva a Grécia socialista e da Europa socialista em um mundo socialista!

Longo socialismo mundial ao vivo e comunismo mundial!

Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

O Comintern (EH)


 

 

 

* * *

 

Mensagens de solidariedade

 

Mensagem de Solidariedade da

Secção Chinesa da Internacional Comunista da Juventude (EH)

9 de Julho de 2015

 

Declaração sobre a questão da Grécia


Há 160 anos, o nascimento do comunismo científico, mudou drasticamente o processo histórico de desenvolvimento da sociedade humana. Revolução de Outubro faz socialismo da teoria à realidade, após a vitória Guerra Mundial do socialismo é o desenvolvimento experimental de um país para praticar em dezenas de países, o movimento comunista internacional celebra o seu período de viagem triunfo. No entanto, desde a década de 1950, o revisionismo moderno e o surgimento do novo revisionismo, fazendo um retorno ao capitalismo, os países socialistas, o movimento comunista internacional sofreu retrocessos sem precedentes ", o fim do comunismo" um momento galopante.

No entanto, tanto no movimento comunista internacional e no mundo político, o movimento comunista grego é uma força política a ser considerada, mas ela é uma equipe muito original marxistas-leninistas. Movimento comunista grego tem uma longa história, ela já havia participado na Segunda Internacional, mas em anos posteriores, foi capaz de sempre respeitar a posição de princípios do marxismo-leninismo! Ela tem sido repetidamente forças reacionárias no chão, mas sempre inflexível, firme e faz de tudo para alcançar a meta! Ela tem duas vezes levou os gregos trabalhadores de todos os grupos étnicos para levar a cabo a luta armada anti-fascista, e o estabelecimento do poder do povo também! Ela foi atingida divisão da dor, mas nunca definha, mas forte o suficiente para seguir em frente, prometeu lutar para a luta comunista! Ela fez não porque os revisionistas modernos e do novo choque revisionista e matar vontade revolucionária e ideais e crenças, mas período de tempo considerável na maré baixa movimento comunista internacional tem desempenhado um papel activo! Ela teve a iniciativa e o Partido Comunista (Marxista-Leninista) de contacto alemão, não renomeado, não altere as bandeiras, posição de princípios do marxismo-leninismo e do internacionalismo proletário, para lutar pela democracia e pelo socialismo das pessoas e da luta pela restauração dos bolcheviques entre países contactos internacionais e os esforços para restaurar o movimento comunista internacional e da Internacional Comunista (Estalinista - ativistas Hoxha) tenham contribuído de forma notável para revitalizar! Em particular, o verão de 2008, após a eclosão da crise financeira e da crise económica capitalista, ela se ofereceu para participar do movimento operário e vigorosa campanha entre as pessoas, e torná-lo tornar-se o movimento dos trabalhadores europeus e movimento das pessoas de vanguarda e porta-estandarte!

Hoje, com uma gloriosa tradição revolucionária dos bolcheviques colocou a Grécia em uma nova jornada, o seu espírito revolucionário destemido, para participar na grande comunista - a Internacional Comunista (Estalinista - ativistas Hoxha) - luta a fim de estabelecer uma sucursal e sua luta para derrubar o fantoche traidor, pró-imperialista das autoridades gregas para lutar contra a burguesia!

Hoje, a realidade grega é que a Grécia de hoje ainda está em Lenin - do capitalismo ao socialismo sobre - a era do imperialismo capitalista grego nos estágios finais do desenvolvimento do capitalismo, o capitalismo grego O nível de desenvolvimento e suas contradições, determina as condições materiais existem na Grécia, a revolução socialista. Assim, a próxima revolução na Grécia é a revolução socialista. Enquanto isso, a Grécia é um país na posição central e dependente no sistema imperialista internacional do capitalismo monopolista, a principal contradição da sociedade grega e as contradições imperialistas estrangeiros gregas, a burguesia monopolista grega e da classe operária e outros trabalhadores de todas as esferas da vida contradição, que determina a revolução grega só pode ter uma estrada contra o imperialismo e os capitalistas monopolistas revolução socialista.

Atualmente, o povo grego estão enfrentando uma luta brutal entre a vida ea morte, e expor a glória traidores derrubar as autoridades burguesas reacionárias e evitar hipócrita, um "referendo" false para apoiar a acção trabalhadores gregos revolucionárias, camponeses e intelectuais revolucionários, é Grécia bolchevique, chinesa bolchevique mundo stalinistas - doutrina Hoxha, a principal tarefa de toda a humanidade progressista!

Por que temos de apoiar os stalinistas grego - ativistas Hoxha?

Em primeiro lugar, para apoiar a filial grega do estabelecimento, apoiar a sua teoria e prática, contribuir para a reconstrução e unidade da liberdade e da libertação e do movimento comunista internacional do povo grego! Grécia bolcheviques no movimento comunista internacional uma potência. No início do período após a Segunda Guerra Mundial ea Segunda Guerra Mundial, os comunistas gregos têm um desempenho muito bom. Agora, eles se juntaram aos Comintern (Estalinista - ativistas Hoxha), à liberdade e à luta de libertação do povo grego, e, portanto, apoiá-los, é nosso dever sagrado do internacionalismo proletário, mas também para a liberdade e libertação do povo grego e reconstrução do movimento comunista internacional e de solidariedade!

Em segundo lugar, o apoio à filial grega do estabelecimento, apoiar a sua teoria e prática, ele vai ajudar-nos a aprofundar a legislação nacional de desenvolvimento do capitalismo contemporâneo saber! Após a vitória da guerra mundial antifascista, os países imperialistas ocidentais na promoção da nova ciência e tecnologia revolução tem sido um ajuste significativo e mudar sua política, econômica, cultural e social. A Grécia é um dos representante típico. A fim de aderir à União Económica e Monetária da União Europeia, melhorar a sua posição na União Europeia e no mundo capitalista, o grego em 1990 profundas mudanças ocorridas, a partir de um desenvolvimento lento da adesão à UE tornou-se um líder no crescimento mais rápido Mas agora realmente uma comunidade, mas também no colapso do capitalismo, na véspera da revolução socialista. Assim, o apoio para a filial grega da luta revolucionária para nós entender o desenvolvimento do capitalismo contemporâneo e suas leis têm um valor de referência muito importante!

Terceiro, o apoio à filial grega do estabelecimento, apoiar a sua teoria e prática, isso nos ajudará a aprofundar o desenvolvimento da legislação dos países capitalistas do Partido Comunista da compreensão! Desde o revisionismo moderno e nova traição revisionista da revolução, a face de graves nacionais e internacionais situação muda e o rápido desenvolvimento do ambiente de vida, o Partido Comunista da Grécia em condições extremamente difíceis para uma nova teoria para explorar e fazer a sua estratégia e as táticas O novo ajuste, a teoria ea prática do partido para fazer as alterações correspondentes. É por causa de mudanças e ajustes nesta série, a filial grega para participar do movimento operário e entre democracia do povo, continuar a obter resultados positivos. Assim, o apoio para a filial grega do estabelecimento, apoiar a sua teoria e prática, nos ajudará a aprofundar o desenvolvimento da legislação dos países capitalistas do Partido Comunista da compreensão!

Então, eu apelou a todos os bolchevique chinês, o povo grego, os comunistas do mundo, unidos em torno da filial grega, tem interna e externa, pela liberdade, democracia, revolução, socialismo luta grego!

 

Para baixo com as autoridades burguesas reacionárias na Grécia

Abaixo o imperialismo e o revisionismo!

Viva a liberdade e libertação do povo grego!

Viva a filial grega heróica!

Comintern (stalinistas - ativistas Hoxha!)

Vivam Marx, Engels, Lenine, Estaline, Hoxha!

Ideal comunista!


A Secção Chinesa em 09 de Julho de 2015

 

* * *

 

 

Mensagens de solidariedade

 


Mensagens de solidariedade

Dos Estalinistas-Hoxhaistas Gregos

08 de Julho de 2015

Apenas alguns dias após o falso referendo, o governo reaccionário burguesa grega (com o apoio dos partidos burgueses básicos) prepara-se para escravizar novamente o povo grego com as cadeias de um novo acordo - com a apresentação imperialistas europeus - um novo Memorando pesadelo que vai achatar quaisquer trabalhadores e direita popular e agravar os já em colapso rapidamente os padrões de vida do povo grego.

Nestes dias dramáticos e históricos, a classe operária e do povo grego deve subir para luta titânica, lutar pela sobrevivência e foco para o assalto final que vai derrubar a burguesia local e da dependência imperialista grego. O pré-requisito para isso é a criação de um verdadeiro partido revolucionário - a secção grega da Internacional Comunista (Estalinista-Hoxhaista) e a criação de solidariedade revolucionária na linha de frente com as outras seções europeus do Comintern (EH)!

Esmague o inimigo comum - a burguesia local e o imperialismo europeu é uma tarefa que diz respeito a todo o proletariado europeu! As tradições revolucionárias devem ser revividas na Grécia e em toda a Europa!

- Morte ao imperialismo europeu e as burguesias locais!

- Abaixo com os fascistas sociais e traidores revisionistas de todos os tipos!

- Vá para a revolução socialista armada na Grécia e em toda a Europa!

- Estabelecer a ditadura armada do proletariado!

- Para uma Grécia socialista numa Europa socialista!

- Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!

Os Estalinistas-Hoxhaistas Gregos


 

 

 

Mensagens de solidariedade

 

 

Mensagens de Solidariedade

 

Mensagem de Solidariedade da Secção

 

Português

 

do Comintern (EH) com o povo Grego


08 de Julho de 2015

 

Nestes dias quando históricos gregos classes trabalhadoras lutam para o seu futuro contra o imperialismo mundial e europeu, nós, portugueses Estalinistas-Hoxhaistas, enviar para eles e para os nossos camaradas gregos nossas mais calorosas saudações vermelhas e revolucionárias.

Hoje em dia, os trabalhadores gregos estão sendo brutalmente explorados e reprimidos pela chamada "União Europeia" e do FMI. Estes são órgãos representativos do mundo capitalistas-imperialistas que não hesitam antes de nada, a fim de atingir a maximização do lucro, embora sujeitando povo grego e de outros povos à miséria mais severos. O seu uso perverso de "juros e taxas de spread" abusiva é apenas uma expressão da opressão ultrajante que estão infligindo trabalhadores gregos empobrecidos. Eles tentam apresentar situação grega como um "exemplo" a todos aqueles que se atrevem a lutar contra a burguesia mundial.

Eles também tentam apresentar Syriza como sendo algum tipo de governo "perigosamente revolucionário" apenas para enganar os trabalhadores do mundo. Na verdade, Syriza é nada mais do que uma expressão do reformismo burguês tentando salvar o capitalismo de seu fim inevitável. É ainda muito útil a burguesia mundial, que tem a oportunidade de manter grego e proletariado mundial de distância da verdadeira revolução socialista e do Estalinismo-Hoxhaismo, fazendo-os acreditar que Syriza social-democrata e anti-comunista é o mais distante que eles possam ir em seu busca de emancipação.

E o mesmo pode ser afirmado sobre os "referendos" ridículas organiza levanta a questão de saber se os trabalhadores gregos preferem ser oprimidos pelo capitalismo-imperialismo global através da "UE" e pelo FMI ou através de seus lacaios do Syriza. Mas todos eles inevitavelmente serão derrotados. No final, os proletários mundo grego e será vitorioso.

Esta mensagem de solidariedade concorda com o princípio do internacionalismo proletário que o inimigo tem que ser combatida no país queridos "própria", e em relação da revolução socialista na Europa, que exige que as acções mútuas dos proletários de todos os países europeus. As Secções do Comintern (EH) em cada nação deve lutar no seu próprio país contra tanto a burguesia nacional e os imperialistas europeus como a sua contribuição para fortalecer o objectivo comum - ou seja, a preparação comumente a revolução socialista armada na Europa para o estabelecimento da ditadura do proletariado em cada país europeu e por uma Europa socialista em um mundo socialista.

 

Solidariedade com a classe trabalhadora grega!

Proletários de todos os países europeus - uni-vos!

Acender o fogo da revolução socialista em toda a Europa!

Viva a revolução socialista mundial!

Vamos lutar tanto contra todo o campo imperialista da Europa e contra a burguesia nacional dos países europeus!

Vamos encontrar uma secção do Comintern (EH) em cada país!

Viva o futuro secção grega do Comintern (EH)!

Viva a República Socialista da Europa sob a ditadura do proletariado!

Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!

Viva o Comintern (EH) - o partido mundial do proletariado mundial!


A Secção Portuguesa do Comintern (EH)

 

08 de Julho de 2015

 

 

 

 

 

NOVO 

no idioma Inglês

Retrato da Albânia

A casa de publicações "8 NENTORI", Tirana 1982

 

 

 

 

7 de Julho 1941

Aniversário da revolta na Sérvia

 

 

Viva a Jugoslávia reunida e

Estalinista-Hoxhaista !

 

 

 

 

 

 

 

 

 Hoje é o dia histórico do Referendo traidor da burguesia grega que usa o Referendo para ser autorizada a explorar e oprimir o povo grego. É um referendo para a questão por quem as pessoas "gostam de ser" mais explorados e oprimidos, por seus inimigos externos ou internos. Nossa resposta foi clara: A alternativa para decidir sobre o próprio destino não é nem a externo ou para exploradores internos e opressores, mas para se livrar de ambos os inimigos, ou seja, pela derrubada de ambos os exploradores e opressores externos e internos guiados por o proletariado grego como um destacamento do exército proletária mundial. O referendo é dirigido contra os interesses da classe trabalhadora e seus aliados. Por isso, será condenado a falhar e acabar em um desastre. A burguesia grega vai ficar presa em contradições insolúveis e arrastar-se para o abismo, mas o povo grego vai resistir para não ser levado com ela. É o proletariado grego que irá acelerar a queda final da burguesia grega.

O Comintern (EH)

05 de Julho de 2015

La solidaridad con la clase obrera Griega!
Proletarios de todos los países europeos - uníos!
Encender el fuego de la revolución socialista en toda Europa!
Viva la revolución socialista mundial!
Vamos a luchar tanto contra todo el campo imperialista de Europa y contra la burguesía nacional de los países europeos!
Viva la República Socialista de Europa bajo la dictadura del proletariado!

 

 

 

 

 

 

Novo

graças aos nossos camaradas Chineses

em língua Chinesa 

Os escritores e os artistas são assitentes do partido pela educação comunista do nosso povo 

 

恩维尔·霍查


作家和艺术家是我党对全国人民


进行共产主义教育的助于

 

1974年12月20日

 

 

em língua Chinesa 

Rascunho da Constituição - 1976 

1976宪法草案

 

 

 

Viva o 94º aniversário da fundação da Internacional dos Sindicatos Vermelhos (ISV)!

3 de Julho de 1921 – 3 de Julho de 2015

Site especial:

Inglês

Alemão

 

Lenine

Saudação mensagem para o primeiro Congresso Internacional de Comércio Revolucionária e sindicatos industriais

"Por favor, transmita aos delegados meus cumprimentos e desejos sinceros para o sucesso do Congresso. É difícil encontrar palavras para expressar toda a importância do Congresso Internacional dos Sindicatos. A conquista de sindicalistas para as ideias do comunismo é tornar irresistível em todos os lugares, em todos os países, em todo o mundo. O processo é esporádico, superando mil obstáculos, mas ele está fazendo progresso irresistível. O Congresso Internacional de Sindicatos vai acelerar este movimento. O comunismo triunfará nos sindicatos. Nenhum poder na Terra pode evitar o colapso do capitalismo e da vitória da classe trabalhadora sobre a burguesia.

Calorosas saudações e confiança na vitória inevitável do comunismo.”
(1921)


 

 

 

 

 

Viva o 120º aniversário do

 

camarada Hans Beimler!

 

Hans Beimler

Nascido a 2 de Julho em Munique
Em 1 de Dezembro de 1936 foi morto em acção na Guerra Civil Espanhola

 

(youtube) 

Hans Beimler, Kamerad

 

Em periféricas trincheiras de Madrid

Na hora do perigo desagradável,

Com os Interational Choque Brigadas

Seu coração com ódio tudo em chamas

Parou Hans, o comissário (2x)

Porque ele lutou pela liberdade

Ele foi forçado a deixar sua casa

Perto das Manzanares manchadas de sangue

Onde liderou a luta para segurar Madrid

Morreu Hans, o Comissário.

A bala veio um vôo-

De sua fascista "Pátria"

O tiro marcou, o objetivo era verdade

O barril rifle bem-feito, também

Uma arma exército alemão (2x)

Com coração e mão Eu prometo a você,

Enquanto eu carregar minha arma de novo:

Você nunca será esquecido

Nem o inimigo perdoado

Hans Beimler, o nosso camarada (2x)

 

Site especial disponível em 

Inglês

Alemão

Italiano

Espanhol

Russo

Francês

Chinês

 

 

 

 

NOVO

Νίκος Ζαχαριάδης

Na ocasião destas dramáticas, dia histórico, quando o povo grego decidir sobre o seu futuro, o Comintern (EH) - no espírito de solidariedade revolucionária - publica o nosso órgão central "Revolução Mundial" na língua Grega. 

Com esta decisão que gostaria de apoiar os Estalinistas-Hoxhaistas Gregos na preparação de sua fundação da secção Grega do Comintern (EH)

SECÇÃO GREGA 

(em construção)

ABAIXO OS IMPERIALISTAS E OS SEUS LACAIOS DA BURGUESIA GREGA! ABAIXO O FALSO REFERENDO! ESMAGUEMO-LOS!

 

O governo burguês decidiu ir a um referendo, que é um grande truque para enganar o povo grego. A questão neste referendo é:

Você discorda com as medidas dos troika? -atender NÃO /

Você concorda com as medidas de resposta troika SIM.

Ou seja, que significa: Você concorda com a troika Memorando -atender NO /?

Você concorda com o Memorando da burguesia grega? - atender SIM !!!

O custo impopular dos dois memorandos, ou seja, as sentenças entre os imperialistas da UE e da burguesia grega é sem diferença. Este referendo é apenas para a sobrevivência política do SYRIZA.

 

Estalinistas-Hoxhaistas Gregos

 

Mensagens de solidariedade

8 Passos para salvar a Grécia!


Grécia está maduro para a derrubada do sistema capitalista em colapso de exploração e opressão!

Grécia só pode superar a crise através da revolução socialista armada sob a liderança do proletariado grego e sua seção grega do Comintern (EH)

Continuação de uma Grécia capitalista - Não!

 

 

_______________

 

Criação de uma Grécia Socialista - SIM!

Neste momento histórico mais perigoso da Grécia, ou seja, em face da actual colapso do sistema capitalista, causado pelo surto das contradições entre os exploradores internos e externos, o povo grego são forçados a aproveitar a oportunidade para implementar as seguintes acções revolucionárias:

 

1

Cancelamento imediato de todos os tratados e obrigações estrangeiras por que o povo grego é explorado e oprimido.

Esmagar os dois aparelhos de opressão Europeu e grego.

O proletariado grego estabelece a ditadura do proletariado e cria suas próprias instituições revolucionárias.

Esmagar o Estado grego capitalista e substituí-lo por um socialista.

Estabelecer o sistema soviético grego armado de operários, camponeses e soldados.

Todo o poder aos sovietes gregas!

Todas as partes - responsável pela traição aos interesses do povo grego - será proibido e tudo - aberto e oculto - inimigos do povo será levado à justiça.

2

Desarmar todas as forças contra-revolucionárias gregas de polícia e exército.

Estabelecer o Exército Vermelho grego e um vermelho Milícia das pessoas.

Todos os meios militares serão confiscados para a defesa contra o cerco imperialista agressivo.

Retirada imediata da OTAN.

3

Cancelar todas as dívidas externas sem compensação.

Confiscar e socializar os bancos e todo o capital financeiro, todos os meios de produção, toda a propriedade privada dos capitalistas estrangeiros e da burguesia grega.

A ditadura do proletariado grego cria seus próprios instrumentos estatais para executar e implementar medidas que são necessárias para eliminar a exploração do homem pelo homem.

4

Remover o desemprego e a libertação da escravidão assalariada

Eliminar a anarquia da economia capitalista grego, a busca do máximo lucro, a especulação, as corrupções etc., com todas as suas consequências negativas para as pessoas pobres e todo o dano e destruição provocados pela actual crise capitalista na Grécia.

Todos os funcionários tomar nas suas mãos a organização da produção grega para construir sua própria economia socialista.

Estabelecer um mercado próprio grego socialista para a auto-suficiência do povo grego - (acesso proibido para todos os capitalistas).

Configure um sistema monetário próprio independente na Grécia.

Eliminar a escória dos cobradores de impostos, bem como todos os "magnatas", agiotas e especuladores - em suma: se livrar de todos os tipos de parasitas capitalistas.

5

Solte a agricultura de relações capitalistas de produção e transformar sucessivamente produção e distribuição agrícola para as mãos do Estado socialista da Grécia. As grandes multinacionais são nacionalizadas enquanto as pequenas e médias unidades de produção serão organizados em cooperativas agrícolas.

6

Será garantida a partilha de suprimentos públicos de base para todos os trabalhadores, mulheres, crianças e idosos.

O sistema de classe de medicina capitalista que divide os pacientes em pobres e ricos serão abolidos. Fornecimento médica gratuita para todos os povos gregos.

Os orçamentos públicos na Grécia serão consolidados e controlado pelo próprio povo de uma forma socialista. Serviços públicos, como bibliotecas, cinemas, etc., ou mesmo serviços de trânsito estarão disponíveis para todos e que será livre de custos.

7

Aplicação dos princípios do internacionalismo proletário.

A Grécia socialista vai fazer o seu dever como base e alavanca da revolução socialista nos países europeus, em particular, e da revolução socialista mundial, em geral.

E vice-versa, os trabalhadores europeus e todo o apoio proletariado mundial e defender socialista Grécia contra todas as tentativas de ocupação imperialista e a interferência em seus assuntos soberanos.

O proletariado grego no poder se esforça para uma Europa socialista em um mundo socialista.

8

As finais vitoriosas de uma insurreição armada na Grécia requerem seu planeamento cuidadoso (inclusive o retiro bem organizado), evitando erros graves político-militares, convencendo os soldados do exército contra-revolucionário de viragem ronda os fuzis, a participação organizada da amplas massas proletárias, a integração das forças aliadas, como os camponeses pobres e os elementos progressistas da pequena-burguesia, a incorporação sistemática de revoltas locais em um centralizado, revolução em todo o país. A questão crucial é geralmente: A um certo ponto e de um certo tempo, as forças revolucionárias devem ter sucesso em dominar sobre as forças contra-revolucionárias, caso contrário levantes estão condenados à derrota.

Nenhum de todas essas acções revolucionárias acima será alcançado sem a fundação e fortalecimento das Seções gregos do Comintern (EH).

A ideologia proletária dos 5 Clássicos do Marxismo-leninismo, do internacionalismo proletário, o bolchevismo, a hegemonia do proletariado por meio de sua vanguarda da Internacional Comunista (Estalinista-Hoxhaista) - constituem a pedra angular da política da Secção da Internacional Comunista Grego (EH).


O Comintern (EH)

Sexta-feira

26 de Junho de 2015

 

 

 

Mensagem dos Estalinistas-Hoxhaistas Gregos 

ABAIXO O SOCIALFASCISTA "PARTIDO COMUNISTA DE GRÉCIA" ("KKE") – LACAIOS DOS IMPERIALISTAS E DA BURGUESIA GREGA!!

 

Na terça-feira 23/06 as social-fascistas gregas do “KKE”, organizado outro partido de parada para denunciarem em palavras o memorando contínuo político capitalista do governo reaccionário do SYRIZA... Os social-fascistas fingem-se como "revolucionários" em palavras, mas na verdade elas perturbam e sabotar os trabalhadores e os povos lutam em unidade com imperialistas e da burguesia grega contra a revolução proletária - são os maiores "agentes da burguesia dentro do movimento operário", segundo palavras de Lenine sobre os oportunistas! Somente nos últimos anos, social-fascistas do "KKE" traído continuamente os trabalhadores e os povos lutam provando que eles são povos inimigos. Em 2006-07 eles tentaram sabotar o movimento excelentes alunos em cooperação com a reacção burguesa preto, em 2008 atacou a revolta jovens-estudantes como "provocativo e motivado", em 2011-12 eles traído os grandes trabalhadores greve na indústria de aço e atingiu a ponto de levar a neonazistas "Aurora Dourada" na fábrica!! Em Outubro de 2011, durante as grandes greve de demonstração em Atenas atacou e feriu muitos manifestantes e vigiado do Parlamento burguês em cooperação com a polícia!!

 

 

Em seu último congresso social-fascista, eles adoptaram as teorias trotskistas, caracterizado Grécia como um "país imperialista" e atacou abertamente contra as tradições revolucionárias da Terceira Internacional Comunista-Comintern para camuflar a sua acção hostil. Mas os social-fascistas do “KKE” não apareceram hoje. Eles são absolutamente o mesmo que dissolvido em 1956 o nosso partido, o KKE revolucionária na política de imigração e dissolveu o partido organizações ilegal 's na Grécia, em 1958. Eles são os mesmos que exilado e assassinado o nosso amado líder, Nikos Zachariadis na Sibéria em 1973 - eles são os mesmos que exilou, aprisionado e até mesmo assassinado muitos lutadores honestos grego do Exército Democrático da Grécia 46-49!! Os revisionistas renegados-social-fascistas "KKE" foram por um longo período até o final dos lacaios mais confidente do social-imperialistas soviéticos e apoiados com paixão seus ataques provocativos contra Estaline e depois de '56 contra o único farol do socialismo - a Enver Hoxha socialista Albânia. A partir de então, '56 até hoje os social-fascistas do “KKE” tem roubado e usar o nome e os símbolos do KKE revolucionário para enganarem o povo grego e da classe trabalhadora.

 Abaixo os revisionistas gregas – social-fascistas do "KKE" - lacaios dos imperialistas e da burguesia grega !!

Desmascarar e isolá-los!!

Morte ao social-fascismo e ao revisionismo de todos os tipos!!

Viva o Estalinismo - Hoxhaismo!!

Os Estalinistas-Hoxhaistas Gregos

 

 

 

Declaração do Comintern (EH)

18 de Junho de 2015

ABAIXO OS IMPERIALISTAS E OS SEUS LACAIOS GREGOS – A BURGUESIA GREGA!!

Uma tarde de Novembro de 1981, nas ondas de rádio de comprimento, um jovem locutor com voz estável e clara estava lendo as linhas abaixo: "A" Europa Unida "não é nada mais do que uma solução fugaz, uma política capitalista reaccionária que mais cedo ou mais tarde será confrontados com inúmeras dificuldades de qualquer tipo. Então, isso vai chegar um momento europeu classe trabalhadora indignação vai chegar ao ponto que certamente vai pedir solução revolucionária ".

Foi a Radio Station "Tirana", a voz da revolução proletária mundial e palavras Enver Hoxha no histórico 8º Congresso do Partido revolucionário do Trabalho da Albânia.

A Grécia capitalista, pouco antes, em 1979, tornou-se o membro completa 10 da Comunidade Económica Europeia, enquanto que, nas eleições parlamentares apenas um mês antes, um partido burguês social-democrata, PASOK, tinha triunfado enganando o povo grego com falsas promessas para o socialismo e independência nacional...

34 anos mais tarde, um outro social-democrata partido burguês - SYRIZA explorado habilmente 's raiva e indignação do povo grego a subir ao poder e continuar da mesma política memorando de barbárie capitalista e imperialista dependência, aprofundando a miséria social e miséria.

Social-fascistas contra-revolucionário do Partido “Comunista” da Grécia e outros oportunistas (trotskistas, maoístas, neo-revisionistas) como, em seguida, em 1981, por isso hoje, tanto apoiam "criticamente" a social-democracia burguesa, ou fingem ser "revolucionários" em palavras, mas na prática elas perturbam e luta dos trabalhadores sabotagem agindo em nome do imperialismo e da burguesia grega.

Os últimos acontecimentos - a "indecisão" nas negociações entre imperialistas e reaccionários governo grego, que é apenas um grande truque de SYRIZA para enganar o povo grego e os outros povos europeus, provar a análise engenhosa marxista-leninista do grande líder do mundo proletariado, Enver Hoxha, para o carácter imperialista inalterada da União Europeia e a necessidade da revolução socialista armada e compilação da ditadura do proletariado na Europa e em todo o mundo!

Pessoas gregas subir! Os trabalhadores gregos em contacto com o partido revolucionário único génio da classe operária mundial - Comintern (EH)! - Maneira revolucionária para sair da crise!!

- Abaixo com os imperialistas e seus lacaios grego - burguesia grega!

- Morte ao imperialismo e o fascismo!

- Abaixo com todos os oportunistas lacaios da burguesia – social-fascistas e neo-revisionistas!

- Esmaguemos a UE imperialista através da revolução socialista violenta!

- Construir a ditadura do proletariado armado!

Viva o socialismo mundial e do comunismo mundial!


O Comintern (EH)

 

 

 

NUEVO 

em língua Inglês

"El Camino del Partido

Mundial"

(Órgano teórico)

Declaración de guerra contra la neo-revisionista 

ICPOML

Publicado por la Internacional Comunista (EH)

16 de Junio de 2015

 

 

 

 

 

CALENDÁRIO VERMELHO

 

(a implementação de todas essas muitas datas depende das nossas forças - provavelmente não vamos implementá-las completamente)

 

 

Janeiro


01 de Janeiro - A União Soviética de 1935 (discursos e relatórios)

 

15. Janeiro 1919 - 96 anos do assassinato de Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht

 

21 de Janeiro de 1924 – 91º aniversário da morte de Lenine

 

22 de Janeiro de 1905 - 110 anos da primeira revolução Russa


 

 

Fevereiro

 

 

 

11 de Fevereiro aniversário 70 da fundação dos Sindicatos do Comércio Albanês

 

22 de Fevereiro de 1840 - 175 anos de August Bebel

 

25 de Fevereiro de 1890 – 125º aniversário de de Molotov

 

 

 

 

Março

 

 

5. Março 1953 - 62. Dia morte de Josef Stalin V.

 

2. - 6. Março 1919 - 96. Aniversário da fundação do Comintern

 

8. Março - Dia Internacional da Mulher - Terceiro Aniversário da Fundação da Internacional Comunista das Mulheres (EH)

 

13 de Março - 95 anos da "Kapp-Putsch" na Alemanha

 

14. Março 1883 - 132. Dia morte de Karl Marx (140 anos de "Kritik des Gothaer Programms")

 

18 de Março de 1871 – 144 Aniversário da Comuna de Paris (discurso do camarada Ernst Aust em Paris, 18 de março de 1975)

 

29 de Março a 05 de Abril de 1920 - 95º aniversário do 9º Congresso do Partido Comunista da Rússia

 

 


 

Abril

 

 

Abril 1920 – 95º aniversário da fundação da Internacional da Mulher Comunista (!)

 

11. Abril 1985 - 30. Dia morte de Enver Hoxha (!)

 

14. Abril 1930 - 85 dias da morte de Majakovski

 

17. Abril 1975 - 40º aniversário da libertação do Camboja

 

22 de Abril de 1870 - 145 aniversário de Lenine (!)

 

24 de Abril de 1915 - 100º aniversário do genocídio armênio

 

 

 

 

Maio

 

 

Primeiro de Maio (!) Dia internacional da classe operária luta


12º Aniversário da re-fundação da ISV


1975-1940 anos da libertação do Vietname

 

03 de Maio de 1975 dia 40 Morte de Alvarez del Vayo (FRAP)

 

05 de Maio de 1818 - 197 aniversário de Karl Marx

 

05 de Maio - Dia Memorial dos Heróis da Albânia

 

09 Maio de 1945 - A vitória sobre os Hitler-nazistas - 70 anos (!!)

 

23. de Maio 1920 – 95º aniversário da fundação do PC da Indonésia

 

25 de Maio de 1963 - 52 aniversário do Dia da Libertação Africano


27 de Maio, 1525 - Dia 490 da Morte de Thomas Müntzer


30 de Maio de 1925 - Shanghai – Início da Revolução Chinesa 1925-1927

 


 

 

 

Junho

 

 

06 de Junho de 1935 - 8º Dia da Morte - Fiete Schulze morto pelos nazistas


22 de Junho de 1945 - o dia da vitória da URSS na Grande Guerra Patriótica

 

 

 

 

Julho

 

 


02 de Julho de 1895 - 120 aniversário de Hans Beimler

 

3. Julho 1921- 94º aniversário da fundação da ISV

 

14. Agosto 1935 - 80º Aniversário da revolta em Fieri (Albânia)

 

19. 7. - 7,8. – 95º Aniversário do Segundo Congresso Mundial da Internacional Comunista - 1920

 

25. 7. - 20,8. 80º Aniversário da traição do VII Congresso Mundial da Internacional Comunista - 1935

 


Final de Julho de 1975 - Pedro Leon Arboleda morto - líder da CP Colombia / ML

 

 

 

Agosto

 

 

01 de Agosto de 1975 - de 40 anos Acordos de Helsinque

 

05 de Agosto de 1895 - (!) 120º aniversário da morte de Friedrich Engels

 

25 de Agosto de 1985 – 30º Dia Morte de Ernst Aust

 

30 de Agosto de 1975 - Congresso da Guarda Vermelha (organização juvenil do KPD / ML)

 

 

 

 

Setembro

 

 

1 de Setembro de 1939 - Início da Segunda Guerra Mundial


01 de Setembro - Dia Internacional contra as guerras imperialistas

 

1. - 8. Setembro 1920 – 95º aniversário do Primeiro Congresso dos Povos do Oriente (Baku)

 

2 de Setembro de 1945 - Há 70 anos República Democrática do Vietname

 

Setembro 1975 - 40 anos - penas de morte de Franco de cinco companheiros da Espanha

 

 

 

 

 

 

Outubro

 

 

01 de Outubro de 2014 - O primeiro aniversário do ICS

 

16 de Outubro de 1908 - 107 anos de Enver Hoxha

 

20 de Outubro de 1900 - 115 Dia da Morte de Naim Frasheri

 

31 de Outubro de 1925 - 90 Dia Morte de Mikhail Frunse

 

 

 

 

Novembro

 

 

 

07 de Novembro de 1917 - Outubro-Revolução - Aniversário 98

 

8 de Novembro de 1941 - 74 anos - Fundação do PTA


08 de Novembro de 2011 - aniversário da Fundação das Secções do Comintern (EH)

 

20 de Novembro de 1919 - aniversário 96 da fundação do YCI - 23 de Novembro de 1941 74 anos de fundação da Associação de Juventude do Trabalho da Albânia - Aniversário da fundação das Seções da Internacional Comunista Jovem

 

28 de Novembro de 1820 - 195 aniversário de Friedrich Engels (!)

 

28 de Novembro de 1915 - 100º Aniversário de Konstantin Simonov

 

29 de Novembro de 1944 - Aniversário 71º da Libertação da Albânia

 

 

 

 

Dezembro

 

 


18 de Dezembro - Dia Internacional dos Migrantes

 

21 de Dezembro de 1879 - 136 aniversário de Stalin

 

18. - 31. Dezembro 1925 - 90º aniversário do 14º Congresso do Partido Comunista da Rússia (bolchevique)

 

31 de Dezembro de 1975 - 40º aniversário da fundação da Secção da RDA do KPD / ML

 

 

 

 

Proletários de todos os países - uni-vos!
Proletariado mundial - unir todos os países!
Os trabalhadores de todo o país fazem parte do proletariado mundial e eles se unem como partes do proletariado mundial.
Assim, as Secções são parte do Comintern (EH) e eles se unem como partes do Comintern (EH).
O proletariado mundial não tem outra arma na luta pelo poder político mundial que suas organizações mundiais - com a Internacional Comunista no topo.
O Comintern (EH) cria, suporta, combina, une e centraliza as secções de todos os países para se propagar, para se preparar, para liderar e para garantir da revolução socialista mundial para a derrubada violenta do governo da burguesia mundial, para a ditadura do proletariado mundial, para a remoção e eliminação do capitalismo mundial, para a construção do socialismo mundial e para a transformação global do seu avanço para o comunismo mundial.
O proletariado mundial é guiado pela ideologia do Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo.
O Comintern (EH) foi fundado com base nos ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, e isto faz também preocupação com o fundamento de cada Secção do Comintern (EH).

 

 

Long live Stalinism-Hoxhaism ! (English)


RROFTË Stalinizëm-Enverizmi! ! Albanian)


Es lebe der Stalinismus-Hoxhaismus ! (German)

Да здравствует сталинизм - Ходжаизм ! (Russian)

გაუმარჯოს სტალინიზმ–ხოჯაიზმს! (Georgian)

Viva o Estalinismo-Hoxhaismo! (Portuguese)

Viva Stalinismo-Hoxhaismo! (Italian)


斯大林霍查主义万岁! (Chinese)


Viva el Stalinismo-Hoxhaismo! (Spanish)


Vive le Stalinisme-Hoxhaisme! (French)


At zije Stalinismus-Hodzismus! (Czech-Slovak)


Ζήτω το σταλινισμός - Χότζα-ισμό ! (Greek)


Živeo Staljinizam - Hodžaizam! (Bosnian)

Niech zyje Stalinizm-Hodzyzm! - (Polski)

 

Længe leve Stalinismen-Hoxhaismen (Danish)

! زنده باد استالینیسم-خوجهئیسم (Farsi) 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Sem a hegemonia mundial do proletariado sob a liderança da Internacional Comunista não haverá abolição da sociedade de classes e, portanto, não haverá futura Comuna Mundial."

O Comintern (EH)

 

 

 

LINKS

Secção 

Portuguesa

 

Arquivo

Órgão Central do Comintern (EH)

em Português

Revolução no Mundo !”

 

2015

Janeiro

Fevereiro

Marco

Abril

Maio-Junho

Julho

Agosto

Setembro

Outubro

Novembro

Dezembro

 

2014

Jan-jun

Jul-dez

Arquivo 2013

Arquivo 2012

Arquivo 2011

 

 

ENGLISH

contato

 

sobre nós

 

fórum

 

ações

 

Programa


Estatutos

 

Documentos

 

Agitação-propaganda

 

órgão teórico

 

história

 

literatura revolucionária

 

A Solidariedade Comunista Internacional (SCI)

 

 

LISTA DE TODOS OS PAÍSES

DO MOVIMENTO COMUNISTA MUNDIAL

 

 

 

LINKS

COMINTERN (EH) centralmente

Arquivo

 

contacto

sobre nós

ajude-nos!

fórum

perguntas e respostas

secções

estatuto

programa

plataforma

 

 

Chamada para o restabelecimento do Comintern



Véspera de Ano Novo 31 Dezembro 2000


 

 

plataforma revolucionária mundial

de 7 Novembro 2009

declaração programática


 

Enver Hoxha:

o quinto Clássico do marxismo-leninismo e  o restabelecimento da Internacional Comunista

2001

 


 

Linhas gerais do Comintern (EH)

Estratégia e táctica da revolução proletária socialista mundial

2001/2002

online:PORTUGUÊS

CAPÍTULO VIII

Ensinamentos históricos do Comintern e do Movimento Comunista Mundial

 


Manifesto do Partido Bolchevique Mundial

2003


 

O que é que o Comintern (EH) quer?

Programa da

Comuna Mundial "nº 1"

11 de Maio de 2014

 


 

movimento mundial

estalinista-hoxhaista

MMEH


 

 

O Sindicato Vermelho Internacional

reconstruído primeiro Maio 2003

S V I


 

 

A Juventude Comunista Internacional

( A J C I )


 

 

 Internacional da Mulher Comunista

(Estalinistas-Hoxhaistas)


 

 

União Internacional

de Escritores Revolucionários

- U I E R -