2015

Março

Bem-vindo ao Comintern (EH)!

 

 

 

 NOVO

www.enverhoxha.ru

 

 

«A ALBÂNIA CONSTRÓI

O SOCIALISMO

BASEANDO-SE NAS

SUAS PRÓPRIAS

FORÇAS». 

«SHQIPËRIA NDËRTON SOCIALIZMIN ME FORCAT E VETA»

.Publisher "8 NËNTORI»,
Tirana, 1982; Albanês, Inglês

- Álbum em albanês e Inglês sobre a exposição do desenvolvimento económico e cultural de "ALBÂNIA HOJE", inaugurado em Novembro de 1979, na capital do país - Tirana.

"Nosso país tem sido transformado de um país anteriormente pobre e atrasado, no aspecto da culturae educação num país livre, independente, soberano, com a economia socialista, a cultura avançada, Educação e Ciência, Com uma capacidade de defesa poderosa e uma política externa e de princípios correcta... "

Enver Hoxha

 

 

 

 NOVO

MOVIMENTO MUNDIAL

MARXISTA-LENINISTA

Documentos 1960 - 2000 

Em língua Inglesa

O internacionalismo

proletário é uma

ideologia e uma arma do

proletariado contra o

Trotskismo

 Carta do PCA/ML a todos os partidos-irmãos do Movimento Mundial Marxista-Leninista

28 de Abril de 1986 

* * *

Em língua Alemã

Será que o nosso partido-

irmão Espanhol PCE (ML)

planeia secretamente a

fundação de uma “4 e ½

Internacional”?  

Comentário crítico de um artigo escrito por Elena Odena - co-fundadora do PCE (ML)
Crítica escrita por Wolfgang Eggers em 29 de Março de 1986
(jornal interno do PCA / ML)
29 anos depois, publicado
pela primeira vez no órgão teórico do Comintern (EH) 

* * *

Em língua Alemã

Terceiro Congresso do PCA/ML

"Congresso da acção

revolucionária e

expressão da unidade

internacionalista"

Zeri i Popullit, (fonte: "Albanian Today" No 2, 1977)

* * * 

Em língua Alemã

Fevereiro de 1977 - Zeri i Popullit

Declaração do PTA

acerca da declaração

conjunta dos Partidos

Marxistas-Leninistas da

América Latina

(Novembro de 1976)

* * *

Em língua Alemã

Ndreci Plasari

O partido tinha e tem

sempre uma única linha

Marxista-Leninista

em: "Albanien Heute" Nr. 2, 1977, Seite 9 - 12

 

 

 

 

NOVO 

Em língua Chinesa

Graças á tradução dos nossos camaradas Chineses

O IMPERIALISMO E A REVOLUÇÃO

Tirana 1979

Parte 2 - Capítulo III

"PENSAMENTO MAO TSETUNG"

UMA TEORIA ANTI-MARXISTA

维尔·

帝国主义和革

1979年地拉

第二

第三

毛主——一种反马克思主义理论 

(PDF)

 

* * *

NÃO É CORRECTO RECEBER NIXON EM PEQUIM, NÓS SOMOS CONTRA ISSO

(Carta ao CC do PC da China) (6 de Agosto de 1971)

在北京接见尼克松是不正确的

们不支持它 

给中国党中央委员会的

197186

 

 

 

 

 

 

Há 144 Anos atrás

18 de Março de 1871 

Viva a Comuna de Paris!

O Comintern (EH) saúda todos os comunards mundiais!

Viva a ditadura do proletariado!

 

Viva a república socialista mundial!

 

* * *

Por ocasião do 144º aniversário da Comuna de Paris nós publicamos novos textos em línguas diferentes:

Agora disponível em 10 línguas

Inglês

Chinês (novo!)

Francês

Alemão

Italiano (novo!)

Português

Russo

Servo-Croata

Espanhol

Turco

 

 

Comuna de Paris – galeria – novas imagens

 

 

Mais de 10 000 Anti-Capitalistas

 

em Franqueforte -

 

18 de Março de 2015

 

A Secção Alemã em Acção

 

 

A Secção Alemã do Comintern (EH) luta á

cabeça da frente de batalha!!!

[ver: bandeira do Comintern (EH)]



BLOCKUPY-FRANKFURT

 

Quebremos o poder do capital

financeiro mundial!

 

Abaixo com o capitalismo

mundial!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Zona de barreira da polícia

 

 

(escrito: "Fantoches do capital")

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Protestantes colocam “o capitalism mata” num arranha-céus

 

Hoje, na quarta-feira, 18 de Março de 2015, a abertura

oficial do novo edifício

do BCE deve ser comemorado. No entanto, ele não

deu em nada!


Este dia realmente não pertence à elite financeira do

capitalismo.


Este dia pertence aos bravos 10.000 anti-capitalistas,

que veio para Frankfurt

para o único propósito de Blockupar o centro do poder

do capital financeiro

europeu!


18 de Março de 2015 em Frankfurt - o dia de hoje


é um dia de vitória do Anti-Capitalismo Abaixo o

capitalismo!



Hoje, o movimento anti-capitalista demonstrou o seu

grande poder.


10.000 forças policiais provaram serem incapazes de

proteger as comemorações

da abertura oficial do novo edifício do BCE.

Enquanto lutava na frente desse banco-palácio (mais

custos ao longo de 1, 4

bilhões de euros), vemos de forma impressionante,

onde todo o nosso dinheiro

tem ido - para os bolsos dos banqueiros. Todo esse

dinheiro é dinheiro

sangrento da exploração de pessoas que sofrem

carência habitacional.

E podemos ver mais: Vemos que protege na Europa. O

estado policial protege

os verdadeiros criminosos, o chamado "1%", as

riquezas que exploram 99% dos

cidadãos europeus e que, adicionalmente, todos os

pobres fora da Europa.



Culpada da crise é a burguesia no poder, é o

capitalismo.

O aproveitador crise e aproveitador guerra são

gémeos.

Temos que derrubar o poder de ambos.

A 18 de Março de 2015 anuncia a batalha final entre

classe burguesia mundial e

proletariado mundial. Isto é o decisivo. Ambas as

classes que quer mina

determinista o futuro do mundo. A revolução socialista

mundial está chegando!

Portanto, a Secção Alemã do Comintern (EH) faz sua

modesta contribuição de

participantes nos protestos de Frankfurt.

A 18 de Março é, portanto, um grande histórico

memorial dia - o "Dia da

Comuna de Paris". Nós honramos o dia de hoje com a

construção de barricadas

em Frankfurt e em todas as cidades do mundo - como

as barricadas da Comuna

de Paris!

Em 18 de Março o "Dia dos presos políticos". Vamos

libertar todos os presos

políticos, como apenas nos dias revolucionários da

tomada da Bastilha!

 

A violência revolucionária dos "99%" é justificada

contra o terror brutal das

forças policiais que protegem a propriedade do

"1%".

Viva o Exército Vermelho do proletariado mundial!

Viva a ditadura do proletariado, a nível mundial!

Viva a revolução socialista mundial!

O comunismo mundial vai conquistar o capitalismo

mundial!

Viva o 18 de Março de 1871!

Viva o 18 de Março de 2015!

 

(mais informações no site da Secção Alemã)

NOVO

Em língua Albanesa

Livro de Imagens

«A AGRICULTURA NA REPÚBLICA POPULAR

SOCIALISTA DA ALBÂNIA»

«BUJQESIA NË

REPUBLIKËN

POPULLORE

SOCIALISTE TË

SHQIPËRISË»

«8 NËNTORI»

«SHTYPUR NË KOMBINATIN POLIGRAFIK

"SHTYPSHKRONJA E RE"»

TIRANË, 1982 , shqipe

 

"Nossa agricultura tem feito novos grandes avanços em todas as direções. A orientação do partido que deve ser transformado em uma agricultura socialista da produção em grande escala moderna, contando com uma base técnica cada vez mais poderosos e os mais recentes conhecimentos sobre agro-técnico, tem sido provado ser na prática uma orientação correcta e completamente realizável. " (Enver Hoxha, Relatório ao 8º Congresso do PTA de 1981).


"As transformações revolucionárias e os progressos alcançados na agricultura representam uma das maiores vitórias da linha e política do partido para a construção do socialismo".

(Enver Hoxha, Relatório ao 8º Congresso do PTA, 1981)

«Guiado pela Política Agrária marxista-leninista do Partido, Agricultura está intensificando e seguir em frente. Perspectiva justa e clara sobre a estrada original." (Enver Hoxha)

Graças a: enverhoxha.ru

 

 

18 de Março

Dia Internacional da solidariedade com os prisioneiros políticos

 

Mensagens de Solidariedade

Solidariedade com os

prisioneiros

políticos!

 Apelo do Comintern (EH)

 

 A crise capitalista se transformou em uma crise política global. Consequência das quais são

prisões em massa em todo o mundo, um aumento rápido dos prisioneiros políticos, e tratamento desumano de prisioneiros políticos. Medidas de "leis anti-terror" e as condições de detenção são apertados e de prisão aumenta a cada novo dia. Tudo isso mostra:

Hoje vivemos em um mundo que está cada vez mais caracterizado pelo fascismo brutal.

A solidariedade anti-fascista internacional é mais necessária do que nunca.

Esta solidariedade não pode e não vai parar nos portões da prisão.

A luta pela libertação dos presos políticos é crucial para a vitória da luta de classes anti-fascista.

1923, um ano após a sua fundação, a Ajuda Vermelha Internacional declarou o 18 de Março como o "Dia Internacional da ajuda aos presos políticos."

No dia 18 de Março, o Comintern (EH) comemora o "Dia da Comuna de Paris", bem como o "Dia Internacional dos presos políticos".

Insistimos neste dia de solidariedade activa com os presos políticos, a despeito de quaisquer proibições ou outros meios de pressão.

Hoje lembramos todos os presos políticos que morreram atrás das grades. E nós juramos que os seus sacrifícios e sofrimentos não eram em vão.

O proletariado mundial, como a única classe revolucionária, vai derrotar a contra-revolução. Só o proletariado mundial é capaz de criar um novo mundo sem exploração e opressão, assim, um mundo sem prisões.

O proletariado mundial estará livre de capitalismo, não antes do último preso político foi libertado.

Em todo o mundo capitalista não existe um único país em que os combatentes da liberdade revolucionários não são assassinados, torturados, presos ou tratados desumanamente de qualquer outra forma. O mundo actual é uma grande prisão, uma prisão dos povos. Aqueles que não obedecem às leis do capital, são impiedosamente reprimida pela capital. E aqueles que lutam pela superação revolucionária do domínio da burguesia, são impiedosamente perseguidos e presos pelo Estado capitalista.

Mas o que tem a intenção de agir como um impedimento, produz ainda mais resistência e solidariedade de todos os explorados e oprimidos. Os presos políticos não são apenas vítimas, mas, acima de todos os nossos heróis!

O Comintern (EH) expressa a sua solidariedade com os presos políticos.

Nós encorajamos você a fortalecer o seu espírito revolucionário!

Exigimos por melhores condições de detenção.

Nós lutamos contra a justiça de classe.

Nós lutamos pela libertação de todos os prisioneiros revolucionários.

Exigimos principalmente classe amnistia para todos os presos políticos do proletariado!

O que nós estamos lutando para, acima de tudo, isto é para a eliminação da inevitabilidade da dominação de classe da burguesia.

A revolução socialista mundial irá liberar a humanidade do jugo de todo o sistema capitalista mundial.

Sobre as ruínas do mundo capitalista do mundo que queremos construir o socialismo, a fim de preparar o caminho para uma sociedade sem classes:

"No lugar da antiga sociedade burguesa, com suas classes e antagonismos de classe, teremos uma associação em que o livre desenvolvimento de cada um é a condição para o livre desenvolvimento de todos" (Marx e Engels, Manifesto do Partido Comunista ").

No mundo capitalista, a justiça de classe é manter a dominação da burguesia. No mundo socialista, a justiça de classe é manter a regra do proletariado. A regra do proletariado é inevitável para a abolição da sociedade de classes!

Com a abolição das classes é também a justiça de classe abolida.

Em um mundo comunista, não há presos políticos ou prisões políticas.

Camaradas de prisão!

Levante sua voz! Não desista! Não pare de lutar!

Você é e continuará a ser uma parte de nós, parte do nosso movimento revolucionário mundial!

Você não é esquecido!

Vamos levantar a bandeira da solidariedade com os presos políticos!

A vitória será nossa!

O Comintern (EH) 18 de Março de 2015

 

* * *

A Solidariedade Comunista Internacional

SCI

 

 

 

 

NOVO 

Tradução em língua Portuguesa

Graças aos camaradas da Secção Portuguesa

 

LINHA-GERAL

 

DO COMINTERN (EH)

 

Estratégia e táctica da Revolução Proletária e

Socialista Mundial

 

CAPÍTULO VIII


Ensinamentos históricos

do Comintern

e do Movimento Comunista Mundial

 

 

 

O que é o Marxismo?

«O Marxismo é a ciência das leis do desenvolvimento da natureza e da sociedade, é a ciência da revolução das massas oprimidas e exploradas, é a ciência da vitória do socialismo em todos os países, é a ciência da construção da sociedade comunista.”(I.V.Estaline)

132º Aniversário da

Morte

de Karl Marx

14 de Março de 2015

Karl Marx – faleceu no dia 14 de Março de 1883

Marx foi sepultado no Cemitério de Highgate no Sábado dia 17 de Março de 1883, na mesma sepultura da sua esposa, Jenny, falecida 15 meses antes.

Mensagens de Solidariedade

Mensagem do Comintern (EH) por

 

ocasião


do 132º aniversário do dia da

 

morte do camarada Marx



14 de Março de 1883 – 14 de Março de

 

2015


Hoje, comemoramos o 132º dia da morte do camarada Marx. O legado do camarada Marx é imortal. Ele vai viver para sempre nas mentes e nos corações de todos os trabalhadores e de todo verdadeiro comunista. O camarada Marx é o primeiro clássico do marxismo-leninismo e, assim, ele é um dos principais teóricos da ideologia comunista. O camarada Marx escreveu vários livros que são consideradas entre as obras mais essenciais do socialismo científico e que contribuem, sem dúvida, para a abertura das portas para a emancipação total e definitiva das classes oprimidas contra a exploração capitalista. Através deles, camarada Marx explicou verdadeira natureza exploradora e opressora inata 'capitalismos com excelente precisão científica em uma época em que o capitalismo ainda estava em ascensão e sua monopolista e imperialista personagem ainda estava em sua fase inicial. Ele provou que as leis socioeconómicas de produção totalmente exigir que o socialismo e o comunismo não são apenas meras possibilidades, mas necessidades históricas verdadeiras. O camarada Marx também foi um dos maiores internacionalistas proletários de todos os tempos, e ele desempenhou um papel fundamental como o fundador (juntamente com o companheiro Engels) da Primeira Internacional.


Durante sua vida, camarada Marx desmascarado e condenou todas as influências burguesas-revisionista que visam destacar trabalhadores do mundo a partir do caminho de autêntica ciência marxista e de sua natureza verdadeiramente revolucionária e proletária, assim, tentar transformá-lo em uma ideologia reformista totalmente inofensivo para a classe domínio da burguesia. Um dos melhores exemplos disso é "Crítica do Programa de Gotha", uma das principais obras de Marx, que foi escrito exactamente 140 anos de Marx e da qual Estalinistas-Hoxhaistas ainda hoje tomar muitos ensinamentos valiosos. O "Crítica do Programa de Gotha" é baseado em uma carta elaborada por Marx no início de maio de 1875 e do Partido Social Democrata dos Trabalhadores da Alemanha (SDAP). A razão para o nome do documento é o Programa de Gotha, uma proposta de plataforma para um próximo congresso do partido que estava a ter lugar na cidade de Gotha. Nesse congresso, o SDAP planejado para se unir com a Associação Geral dos Trabalhadores Alemães (que foram influenciados por Ferdinand Lassalle) para formar um partido unificado. Nessa ocasião, o camarada Marx foi convidado a comentar o referido programa.


Na "Crítica do Programa de Gotha", Marx declarou suas posições corretas em várias questões essenciais, como a ditadura do proletariado, o internacionalismo proletário, o partido da classe operária, a transição do capitalismo para o socialismo e do comunismo, estratégia e tácticas revolucionárias, etc. Lenine definiu o significado da "Crítica do Programa de Gotha" no seu famoso livro "O Estado e a Revolução" da seguinte forma:


"Veja o que escreveu Marx em criticar o Programa de Gotha de 1875, quando ele impiedosamente castigado o carácter oportunista desse programa: A necessidade de imbuindo sistematicamente as massas com este e precisamente este ponto de vista da revolução violenta está na raiz de toda a teoria de Marx e Engels." (Lenine, O Estado e a Revolução, edição Portuguesa)


Neste documento, Marx também discutiu as diferenças entre as fases "inferiores e superiores" da sociedade comunista, deixando claro que na "fase inferior" (o socialismo), que segue directamente a transição do capitalismo, o princípio predominante em matéria de distribuição deve ser "Para cada um segundo a sua contribuição ", como" o indivíduo recebe da sociedade exactamente o que ele dá a ela ". Somente quando a "fase superior" (comunismo stricto sensu) é finalmente realizado, o primeiro princípio poderia ser substituído por um novo, mais avançado um: "De cada um de acordo com sua capacidade, a cada um segundo suas necessidades".


Karl Marx explicou que todas as desigualdades sociais e políticas no seio da sociedade de classes vão desaparecer com a abolição das diferenças de classes. Esta lição também foi base para o programa leninista dos bolcheviques.


Em sua "Crítica do Programa de Gotha", criticou Karl Marx a nomeação de "A social-democracia", especialmente que é cientificamente incorrecta. Esta foi a principal razão pela qual Lenine mudou o nome do POSDR para Partido Comunista.


Karl Marx se sentiu obrigado a criticar um programa tão "desmoralizante" e escreveu a seguinte frase famosa:


"Cada passo do movimento é realmente mais importante do que dezenas de programas."


Com este escrito, Marx rejeitou o Programa de Gotha como sendo influenciado negativamente pelo oportunismo de Lassalle, cujo reformista e as posições pró-capitalistas defendeu que as demandas dos trabalhadores deve ser limitada em troca de "concessões" do governo burguês. E até hoje, a "Crítica do Programa de Gotha" continua a servir como uma base revolucionária para o nosso próprio programa revolucionário mundial em demarcação-line para os revisionistas e neo-revisionistas de todos os tipos.


Hoje, o Comintern (EH) é o único verdadeiro defensor não só do camarada Marx, mas também de todos os outros clássicos, como é impossível para apoiar um dos clássicos sem igualmente apoiando também todos os outros, sem excepção. Com base nos ensinamentos invencíveis dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, nós marchamos resolutamente para a revolução socialista mundial, a ditadura do proletariado mundial, o socialismo mundial e do comunismo mundial.


Viva o camarada Marx, o 1º Clássico do

 

Marxismo-Leninismo!


Viva o 140º aniversário da "Crítica do

 

Programa de Gotha"!


Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-

 

Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e

 

Enver Hoxha!


Viva a revolução socialista violenta mundial

 

e a ditadura do proletariado armada

 

mundial!


Viva o socialismo mundial e o comunismo

 

mundial!


 

Viva o Comintern (EH)!

 

site especial em Inglês...

 

* * *

escritas há 140 anos

 

Crítica do Programa de Gotha

 

1875

 

 

 

Eventos históricos

do

movimento revolucionário

internacional

 

Há 95 atrás

1920

Revolução de Março na

Alemanha

Vitória sobre o golpe de

Kapp

 

13 de Março de 1920 - 2015

 

Viva o exército vermelho

do Ruhr!

- A classe operária no

poder -

Três dias de ditadura do

proletariado Alemão

 

Marcha armada da contra-revolução contra o

proletariado Alemão.

Marcha armada da contra-revolução contra o

proletariado Alemão.

 

 

O armamento do proletariado é pré-condição para a vitória da revolução socialista!

O desarmamento do proletariado é uma pré-condição para a vitória da contra-revolução!

O Comintern (EH) 

* * * 

O golpe de estado militar monarquista, o chamado golpe Kapp foi organizada pelos militaristas reaccionários alemães. Foi liderada pelo latifundiário monarquista Kapp e generais Ludendorff, Seeckt e Lüttwitz. Os conspiradores preparado o golpe com a conivência do governo social-democrata. Em 13 de Março de 1920, os generais rebeldes movido tropas contra Berlim e, em reunião com nenhuma resistência por parte do governo, proclamou a ditadura militar. Os trabalhadores alemães responderam com uma greve geral. Sob pressão do proletariado o governo Kapp foi derrubado em 17 de Março, e os sociais-democratas novamente tomaram o poder.

 

 

 

V. I. LENINE

"Do ponto de vista internacional, a nossa posição nunca foi tão favorável como agora, e que nos enche de alegria particular e vigor é a notícia que estamos recebendo diariamente da Alemanha, o que mostra que, por mais difícil e doloroso o nascimento de um socialista revolução pode ser, o poder soviético proletária na Alemanha está se espalhando irresistivelmente. O papel desempenhado pelo alemão Kornilov tipo putsch foi semelhante ao de Kornilov revolta na Rússia. Depois que uma viragem para um governo dos trabalhadores começou, não só entre as massas dos trabalhadores urbanos, mas também entre o proletariado rural da Alemanha. E este balanço é de importância histórica. Não só é mais uma confirmação absoluta da justeza da linha, mas ela nos dá a garantia de que o tempo não é muito longe quando estaremos marchando lado a lado com um governo soviético alemão.”

 

O período pós-guerra imediato foi caracterizado por uma maior deterioração da situação na Alemanha. Especialmente a classe trabalhadora alemã sofreram muito com as consequências da Primeira Guerra Mundial. A repartição geral da economia, o aumento da inflação, o aumento do desemprego e da fome começou a ter um impacto. O ex-governo de coalizão com os social-democratas no topo, traíra dos proletários Revolução de 1918-1919 e assassinados os melhores líderes de Karl Liebknecht e Rosa Luxemburgo com a ajuda de monarquista militar. Estes militaristas, monarquistas e fascistas elementos que foram suportadas pelos magnatas alemães e não apenas o apoio do governo do SPD, mas também o apoio dos imperialistas anglo-americanos que gozam, voltaram a levantar a sua cabeça. A Revolução de Novembro, em que a classe trabalhadora não conseguiu derrubar a burguesia e os latifundiários, causada inevitavelmente a vingança da contra-revolução. O governo social-democrático-burguesa foi incapaz de obter sob controlo os levantes revolucionários do proletariado. O PCA havia sido fundado e ainda não tinha sido capaz de formar um partido bolchevique firme que levaria as massas para a revolução vitoriosa, muito menos treinar os camponeses pobres. A maioria da classe operária ainda estava sob a influência do SPD e USPD (Partido Social Democrata Independente = ala esquerda do SPD).

O jovem Partido Comunista Alemão, que ainda não tinha dominado a estratégia e a táctica do bolchevismo, não foi capaz de rasgar os líderes traidores da social-democracia, longe das massas. A cooperação dos fascistas sociais e fascistas fortaleceu as forças da contra-revolução.

O aumento da reacção foi organizado por um grupo terrorista de alto oficiais do Reichswehr.

O chamado "Golpe Kapp" foi uma tentativa de golpe militar monarquista na Alemanha, que foi organizada pelos círculos mais reaccionários do capital monopolista alemão e grandes propriedades em "tolerância" activo da coalizão de governo social-democrata. Em 13 de Março de 1920, as tropas golpistas com Kapp e General Lüttwitz na cabeça, marcharam em direcção a Berlim. O governo social-democrata não ofereceu resistência e fugiu para Estugarda. O líder do golpe declarou-os como deposto e formou um novo governo. Os trabalhadores reagiram à tentativa de golpe com uma poderosa greve geral que cresceu mais em batalhas armadas com os golpistas. Esta resistência proletária armada varrido o novo governo Kapp, em 17 de Março sob a liderança dos trabalhadores da região Ruhr industrial, o "Exército Vermelho do Ruhr" foi formado dentro de horas. Aproximadamente 100,00 proletários lutaram, ganharam vitórias militares e expulsaram das unidades Reichswehr de Dortmund, Essen, Mülheim, Duisburg, Hamborn etc…

Este pode ter sido o início realmente do poder das forças armadas do proletariado alemão, especialmente se levarmos em conta que a quantidade de tropas alemãs foi restrita a um montante de 100 000 soldados (de acordo com o artigo 160 do Tratado de Versalhes).

A dissolução do Exército Vermelho Ruhr não significava nada mais é do que a subordinação do proletariado sob a contra-revolução. O desarmamento do proletariado selou a derrota da revolução.

Carl Cortando o Reich Comissário socialista para Rhineland-Westphalia, exigiu a dissolução do Exército Vermelho Ruhr e para a entrega das armas revolucionárias. Embora sem poder pelas tropas da Reichswehr, o governo social-democrata apoiou a Reichswehr com o desarmamento das tropas revolucionárias do Exército Vermelho Ruhr, portanto, para o único propósito de restaurar o próprio poder político.

E a traição do líder USPD não foi apenas o cancelamento da greve geral, mas também (como uma força anti-bolchevique que o USPD realmente era) o acordo de entregar as armas proletárias. O USPD - líderes eram contra a revolução socialista armada, contra a instauração da ditadura do proletariado, e contra a criação de uma república soviética após o modelo dos bolcheviques.

E Wilhelm Pieck? Ele concordou com o SPD e USPD. O Tratado de Bielefeld (Tratado de desarmamento do Exército Vermelho do Ruhr) também foi assinado pelos líderes do PCA. Este foi o final do Exército Vermelho na Alemanha até aos dias de hoje!

A secção alemã do Comintern (EH) tem como objectivo reconstruir o Exército Vermelho na Alemanha como um exército proletário da revolução socialista - como um departamento do Exército Vermelho Mundial, que será formado pelo Comintern (EH) como o braço militar da revolução socialista mundial.

Os líderes reaccionários da SPD e os líderes reaccionários dos sindicatos, bem como os líderes de direita do USPD destruiu a unida frente de batalha da classe trabalhadora com a ajuda de líderes capitulacionistas do Partido Comunista. Como um negociador do PCA, Wilhelm Pieck concordou com o tratado esquálido da direcção do SPD com o qual o desarmamento do proletariado alemão foi selado. O centrista Wilhelm Pieck foi contra o camarada Ernst Thalmann durante o caso Wittorf e mais tarde foi líder do capitulacionista política da Frente Popular do Comintern (VII. Congresso Mundial). Wilhelm Pieck não era apenas responsável pela dissolução do Comintern, mas também para a dissolução do Partido Comunista da Alemanha (da qual ele foi um dos co-fundadores) e sua substituição pela SED (a unificação do PCA e o SPD). E no final, Wilhelm Pieck (que elogiou Estaline, juntamente com todos os outros revisionistas modernos) tornou-se um dos Krushchevistas, vivendo uma vida de luxo na União Soviética (onde morreu confortável como muitos outros líderes revisionistas de revisionista estrangeira partes).

A secção alemã do Comintern (EH) decide esmagado bravamente o mito de Wilhelm Pieck. Este mito foi criado pelos revisionistas modernos para o propósito de enganar o proletariado. Nós destruímos este mito revisionista, assim como temos feito isso com o mito de Dimitrov. Ambos Pieck e Dimitrov traíram a revolução mundial e terminou no outro lado da barricada.

Após a contra-revolução foi derrotada pelo proletariado revolucionário, o SPD recuperou o poder do governo com a finalidade de Suprimir os levantes revolucionários de 1920-1923.

Hoje, a nossa tarefa é a de abrir os olhos da classe trabalhadora alemã, a respeito da traição histórica e presente dos reformistas, revisionistas e neo-revisionistas. Nossa tarefa é convencer as massas exploradas da necessidade da revolução socialista, sob a liderança do Comintern (EH), da necessidade do estabelecimento da ditadura do proletariado, com a ajuda do Exército Vermelho. O proletariado exige para o seu próprio poder político. O proletariado nunca deve concordar com o compartilhamento de seu poder com a burguesia. Estas são as lições práticas que tirar dos acontecimentos dos anos revolucionários de 1918-1924. 

 

 

 

 

ERNST THALMANN

"A tragédia da Revolução Alemã, em 1918, na batalha de Janeiro, em 1919, na batalha após o Golpe Kapp, em 1920, durante as batalhas de Março em 1921, e até a última onda de situação revolucionária aguda, este primeiro período, em Outubro de 1923 - consiste na contradição entre condições objectivamente amadurecidas da revolução, por um lado, e fraqueza subjectiva do proletariado alemão, causada pela falta de um partido bolchevique firme, por outro lado ".

(Observação: o Partido Comunista da Alemanha foi fundado em 31 de Dezembro de 1918. Foi, portanto, um jovem e inexperiente partido que nasceu recentemente, durante os levantes revolucionários do proletariado - a saber, exactamente, um mês após a eclosão da revolução de Novembro de 1918)

 

 

 

SITE ESPECIAL

COM IMAGENS, CANÇÕES E VÍDEOS

 DISPONÍVEL EM

INGLÊS 

ALEMÃO

 

 

Viva o 8 de Março

Dia Internacional da Mulher!

 

 

Mensagens de Solidariedade

Saudação do Comintern (EH)

por ocasião do 104º Dia Internacional da Mulher

 

Por ocasião do 104º Dia Internacional da Mulher e do 4º aniversário da fundação da Internacional da Mulher comunistas, o Comintern (EH) envia militantes, saudações revolucionárias mundiais para todas as mulheres revolucionárias em todo o mundo e para todos aqueles que apoiam a sua luta.

Todos os tratamentos violentos de mulheres, sua exploração indizível e opressão são causados ​​por capitalista-imperialista sistema de escravidão assalariada. A propriedade privada capitalista é, finalmente, a raiz da escravidão sexual e escravidão de classes.

Portanto, a libertação das mulheres está intimamente ligada com a abolição da propriedade privada dos meios de produção e sua transformação em propriedade socializada colectiva.

As classes dominantes não são capazes de resolver a questão das mulheres, em particular, como eles também são incapazes de resolver a questão social, em geral.

É por isso que ele foi necessário para fundar um movimento de mulheres proletárias, que - contrariamente aos burgueses e pequeno movimento de mulheres burguesas - quer eliminar a inevitabilidade da exploração e da opressão das mulheres, lado a lado com os homens explorados e oprimidos - por meio da derrubada do burguesia e o estabelecimento do Estado do proletariado.

A inevitabilidade de opressão e exploração das mulheres só pode ser eliminado por meio da remoção da inevitabilidade do capitalismo - isto é, pela ditadura do proletariado mundial eo estabelecimento do socialismo mundial. Só no comunismo mundial a mulher é livre.

Para o movimento das mulheres comunistas, a revolução socialista mundial é a única maneira de libertar todas as mulheres ao redor do mundo.

Sem luta de classe revolucionária mundial do proletariado, não há libertação das mulheres. E, sem a participação da mulher na destruição do capitalismo mundial, não há socialismo mundial e do comunismo mundial.

 

Vamos recordar as palavras do camarada Enver:

"O Partido e da classe trabalhadora devem medir o avanço em direcção á construção completa da sociedade socialista com o aprofundamento e progresso da revolução das mulheres dentro da nossa revolução proletária. Se as mulheres ficam para trás, então a revolução marca o tempo."

 

 

Mulheres exploradas e oprimidas – Levantem-se!

É impossível eliminar a escravidão sexual, sem eliminar a escravidão de classe!

Viva o 8 de Março - Dia Internacional da Mulher!

Viva o internacionalismo proletário das mulheres!

Viva o movimento de mulheres comunistas do mundo!

Viva a luta revolucionária das mulheres contra a fome, a guerra e o fascismo!

Vivam as grandes conquistas das mulheres socialistas na União Soviética e na Albânia!

Viva a revolução socialista violenta mundial!

Viva a ditadura proletária armada global!

Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!

Viva a Internacional Comunista das Mulheres (Estalinista-Hoxhaista)!

 

site especial em Inglês

 

A Internacional das Mulheres Comunistas

(Estalinista-Hoxhaista)

 

 

 

5 de Março de 1953

62º dia da morte

O camarada Estaline

nunca morrerá!

 

Ele viverá para sempre

nos nossos corações!

site especial disponível em

Inglês

Alemão  

 

 

Mensagens de Solidariedade

Mensagem do Comintern (EH)


por ocasião do 62º dia da morte


do camarada Estaline



05 de Março de 1953 - 05 de Março de

 

2015

 

 

Hoje, há 62 anos, o camarada Estaline, o líder destacado do proletariado soviético em seu caminho para o socialismo e do comunismo, o quarto clássico do marxismo-leninismo, foi assassinado por revisionistas soviéticos ao serviço da classe burguesa mundial.


Mais do que 6 décadas depois de seu assassinato, o camarada Estaline continua a ser vilipendiado pelo mundo burguesia mundial capitalistas-imperialistas e todos os seus revisionista, neo-revisionista, fascista, lacaios social-fascista e anti-comunistas tentam desacreditar o camarada Estaline, porque eles sabem perfeitamente que os proletários Dia Mundial finalmente entender o que realmente significa o estalinismo, o fim da ordem exploradora mundo vai estar muito perto. Eles sabem que, longe de ter sido um "reinado de terror", os tempos do camarada Estaline foi uma das épocas em que os trabalhadores que gozam a maior liberdade, eles estavam vivendo em uma verdadeira ditadura do proletariado e que eles estavam construindo com sucesso o socialismo e o comunismo.


Não é possível assumir posições "neutras" sobre as questões do estalinismo. Não é possível ser "nem para nem contra Estaline". Se não somos estalinistas, então estamos automaticamente anti-estalinistas, como se nós não somos comunistas, então estamos necessariamente anti-comunistas. O que não é revolucionário, é necessariamente contra-revolucionária. Não há alternativa.

O que é o Estalinismo?

Acima de tudo, o Estalinismo criou duas novas condições excelentes para a liberação final do proletariado mundial:

1. Com a fundação do campo Estalinista mundial, o Estalinismo criou a primeira base ideológica para um novo mundo socialista ao serviço do proletariado mundial, ou seja, para a sua libertação das garras do mundo capitalista.

2. Com a transição da União Soviética socialista para a comunista, o Estalinismo criou a primeira base ideológica para a transição do mundo socialista para o mundo comunista.

Portanto, definimos o Estalinismo como o Marxismo-Leninismo

1. Da transição a partir do primeiro período do socialismo "num só país" para o segundo período do socialismo á escala mundial - em geral.

2. Como o Marxismo-Leninismo do período de transição do socialismo "num só país" para o comunismo "num só" país - em particular.

Para negar a contribuição do camarada Estaline significa negar a revolução socialista em si mesmo e transformar a realização de um mundo sem pátria, sem propriedade e sem classes em uma quimera impossível.

Camarada Estaline representa a industrialização heróica da União Soviética, a colectivização de sucesso da agricultura do país, a sua total independência imperialista mundial e o combate destemido contra todos os tipos de ideias anti-socialistas (Trotskismo, Boukharinismo, Titismo, entre muitos outros), a consolidação firme do PCUS como um verdadeiro Partido Bolchevique de tipo Leninista-Estalinista e a consolidação de uma feroz ditadura do proletariado, que foi capaz de derrotar a agressão nazi-fascista, as maquinações Anglo-Americanas e também todos os tipos de inimigos internos.


Camarada Estaline personifica a luta pela libertação de centenas de milhões de trabalhadores de séculos de exploração cruel e opressão ideológica, ele encarna audácia revolucionária, ele simboliza o caminho para o socialismo e o comunismo não apenas em teoria, mas também na prática. Por tudo isso, o camarada Estaline vai viver para sempre nas mentes e nos corações de cada trabalhador e de cada comunista.


Cabe a nós, Marxistas-Leninistas-Estalinistas-Hoxhaistas, para honrar o legado do camarada Estaline, aplicando correctamente seus ensinamentos imortais nas condições de hoje. Ensinamentos infalíveis e imortais de Estaline são uma luz guia autêntico para todos aqueles que seguem o caminho para a revolução socialista mundial, a ditadura do proletariado mundial, o socialismo mundial e do comunismo mundial.


Nós, Estalinistas-Hoxhaistas, juramos proteger e aplicar camarada lições de Estaline, cuja defesa, desenvolvimento e avanço mais tarde foram brilhantemente assegurada pelo camarada Enver Hoxha - maior discípulo de Estaline e quinto clássico do Marxismo-Leninismo - no contexto da luta contra o moderno revisionismo durante o cerco mundial capitalista-imperialista-revisionista.


Viva o camarada Estaline - o glorioso quarto Clássico do Marxismo-Leninismo!


O camarada Estaline é imortal - seu génio revolucionário vermelho ilumina o nosso caminho para a revolução socialista mundial vitoriosa!


Ele viverá para sempre nos corações e mentes de todos os trabalhadores oprimidos e explorados e de cada comunista!


Todas as mentiras e calúnias capitalista-revisionistas nunca vão apagar glorioso legado do camarada Estaline!


Viva o glorioso PCUS Bolchevista!


Viva a União Soviética dos camaradas Lenine e Estaline!


Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!


Viva o Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo!


Morte á ordem mundial capitalista-imperialista!


Viva a violenta revolução socialista proletária mundial!


Viva a armada ditadura do proletariado mundial!


Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!


Viva o Comintern (EH) - o único defensor autêntico legado revolucionário proletário e do camarada Estaline!

 

* * *

 

NOVO

 

Sobre a União da Repúblicas Soviéticas


Informe ao I Congresso dos Soviets da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas


30 de Dezembro de 1922

 * * *

Stalin - Galeria 

Stalin - Arquivo

 

 

ACERCA DE ESTALINE

 

 

A fundação

do Comintern

site especial em Inglês

Viva o 96 º aniversário da

Internacional Comunista!

04 de março de 2015

 

Mensagens de Solidariedade



Saudação do Comintern (EH)



04 de Março de 2015 

Hoje, nós celebramos o aniversário de 96 da fundação da Internacional Comunista de Lenine e Estaline.

O Comintern (EH) envia saudações a todos os militantes internacionalistas comunistas de todo o mundo.

A Internacional Comunista foi fundada por Lenine, surgiu a partir da vitória da Revolução de Outubro (1917), no final da Primeira Guerra Mundial, e organizou todas as forças internacionalistas da revolução proletária mundial com base no marxismo-leninismo.

A Internacional Comunista ligado ao centro da revolução mundial com todos os movimentos revolucionários de todo o mundo e foi o internacional colectivo propagandista, agitador e organizador da revolução socialista mundial.

A Internacional Comunista tornou-se a mais alta forma de organização de classe do proletariado mundial e foi o líder do movimento comunista mundial.

Com o objectivo de ditadura do proletariado mundial, o Comintern uniu o proletariado da União Soviética com os proletários de todos os países que ainda lutavam pela conquista da ditadura do proletariado. Por essa simbiose, a União Soviética tornou-se um poderoso, base aberta e poderosa alavanca do movimento revolucionário mundial. E a União Soviética, por sua vez, recebeu o apoio necessário por parte do movimento revolucionário mundial - organizado pelo Comintern.

Somente o Comintern encarnou a verdadeira unidade dos operários revolucionários e os movimentos de libertação dos povos oprimidos e explorados do mundo.


A história gloriosa do PCUS (B) Lenine e Estaline deu significativamente distinção para a história gloriosa do Comintern, que iniciou seus trabalhos em solo soviético e terminou o seu trabalho a partir daí.

O Comintern de Lenine e Estaline ocupa um lugar de honra na história do comunismo mundial.

Com o VI. Congresso e sob a liderança de Estaline, o Comintern atingiu seu estágio mais poderoso e até mesmo destacamentos transcontinentais do Comintern foram formados. No entanto, com o Sétimo Congresso Mundial, Dimitrov abriu o caminho para o revisionismo moderno e preparado e implementado a liquidação do Comintern em 1943.

No auge de sua importância histórica, o Comintern tem faltado de vigilância.

A história provou que o Comintern não foi capaz de se livrar da influência crescente do democratismo social em suas próprias fileiras, que mais tarde abriu o caminho para o revisionismo moderno.

Obviamente, o Comintern não ofensivamente o suficiente defender a linha revolucionária mundial de Lenine e Estaline. A purificação necessária a partir de elementos anti-proletárias dentro da Internacional Comunista e do movimento comunista mundial foi impedido pelos oportunistas de direita sob o disfarce de alegado "anti-sectarismo".

A virada de direita do Comintern e sua afastando do marxismo-leninismo teve lugar no decurso do Sétimo Congresso Mundial em 1935-1980 anos atrás.

Neste momento decisivo, quando o Comintern foi posta à prova, o Comintern esgotou a sua força enfraquecida, e capitulou sob pesada pressão do fascismo e da guerra. Os melhores lutadores do Comintern perderam suas vidas nos campos de batalha contra a guerra imperialista e nas masmorras dos fascistas, ou que foram humilhados, degradados e removido pela liderança direitista do Comintern. A "Frente Popular" - pacto com o imperialista social-democracia foi um pacto com o imperialismo, que substituiu a existência futura da Comintern, assim, a existência do partido comunista mundial.

A dissolução do Comintern foi uma derrota histórica duradoura para o proletariado mundial e da revolução mundial, foi uma vitória das forças internacionais do Anti-Comintern, foi um factor decisivo para o crescimento histórico do revisionismo moderno.

Os agora 15 anos de existência Comintern (EH) mostram a prova de que o espírito revolucionário mundial do Comintern de Lenine e Estaline não poderia ser liquidado. Ele ainda está vivo e se espalhando por todo o mundo. A re-fundação do Comintern, em 31 de Dezembro de 2000, foi um duro golpe para a burguesia mundial e seus revisionistas e neo-revisionista lacaios. Lenine estava totalmente certo quando ele predisse:

"A Internacional Comunista não tinha deixado de existir e não vai deixar de existir" (Lenin).

A existência de uma Internacional Comunista é absolutamente necessária para o cumprimento da missão revolucionária do proletariado mundial - assim destruir a ditadura da burguesia mundial e para remover o capitalismo mundial. Além disso, a Internacional Comunista é necessário para o estabelecimento da ditadura do proletariado mundial e por liderar a construção do socialismo mundial. A Internacional Comunista será, portanto, indispensável durante todo o período histórico do socialismo mundial e sua transição para o comunismo mundial.

A Internacional Comunista é indestrutível, porque os ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo sobre a inevitabilidade da revolução proletária socialista mundial são indestrutíveis. A revolução socialista mundial é indestrutível porque o proletariado mundial é indestrutível.

A continuação da história do Comintern é um passo importante para a vitória da revolução socialista mundial e do socialismo em escala mundial, ou seja, uma vitória na luta pela eliminação da inevitabilidade do perigo de sua própria decadência burguesa e a dissolução repetida. Esse perigo existe enquanto o imperialismo domina o mundo - mas não por muito tempo!

Por ocasião do 96º aniversário do Comintern, estamos orgulhosos de apresentar o maior líder e arquivo online livre do Comintern de todo o mundo.

Ajude-nos a completar este tesouro inestimável. Envie-nos a outros documentos do Comintern. Contamos com seu apoio e solidariedade voluntária e gostaria de agradecer antecipadamente.

Viva o 96º aniversário do Comintern de Lenine e Estaline!

O Comintern (EH)

4 de Março de 2015

 

* * *

 

Site especial também disponível em

 

Alemão

 

 

 

 

em 13 línguas

ARQUIVO DO

COMINTERN

 

 

LENINE E ESTALINE

OS GRANDES LÍDERES

DO COMINTERN E DO

MOVIMENTO

COMUNISTA

INTERNACIONAL

 

 

 

 

ACERCA DO

COMINTERN...



 

 

CALENDÁRIO VERMELHO

 

(a implementação de todas essas muitas datas depende das nossas forças - provavelmente não vamos implementá-las completamente)

 

 

Janeiro


01 de Janeiro - A União Soviética de 1935 (discursos e relatórios)

 

15. Janeiro 1919 - 96 anos do assassinato de Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht

 

21 de Janeiro de 1924 – 91º aniversário da morte de Lenine

 

22 de Janeiro de 1905 - 110 anos da primeira revolução Russa


 

 

Fevereiro

 

 

 

11 de Fevereiro aniversário 70 da fundação dos Sindicatos do Comércio Albanês

 

22 de Fevereiro de 1840 - 175 anos de August Bebel

 

25 de Fevereiro de 1890 – 125º aniversário de de Molotov

 

 

 

 

Março

 

 

5. Março 1953 - 62. Dia morte de Josef Stalin V.

 

2. - 6. Março 1919 - 96. Aniversário da fundação do Comintern

 

8. Março - Dia Internacional da Mulher - Terceiro Aniversário da Fundação da Internacional Comunista das Mulheres (EH)

 

13 de Março - 95 anos da "Kapp-Putsch" na Alemanha

 

14. Março 1883 - 132. Dia morte de Karl Marx (140 anos de "Kritik des Gothaer Programms")

 

18 de Março de 1871 – 144 Aniversário da Comuna de Paris (discurso do camarada Ernst Aust em Paris, 18 de março de 1975)

 

29 de Março a 05 de Abril de 1920 - 95º aniversário do 9º Congresso do Partido Comunista da Rússia

 

 


 

Abril

 

 

Abril 1920 – 95º aniversário da fundação da Internacional da Mulher Comunista (!)

 

11. Abril 1985 - 30. Dia morte de Enver Hoxha (!)

 

14. Abril 1930 - 85 dias da morte de Majakovski

 

17. Abril 1975 - 40º aniversário da libertação do Camboja

 

22 de Abril de 1870 - 145 aniversário de Lenine (!)

 

24 de Abril de 1915 - 100º aniversário do genocídio armênio

 

 

 

 

Maio

 

 

Primeiro de Maio (!) Dia internacional da classe operária luta


12º Aniversário da re-fundação da ISV


1975-1940 anos da libertação do Vietname

 

03 de Maio de 1975 dia 40 Morte de Alvarez del Vayo (FRAP)

 

05 de Maio de 1818 - 197 aniversário de Karl Marx

 

05 de Maio - Dia Memorial dos Heróis da Albânia

 

09 Maio de 1945 - A vitória sobre os Hitler-nazistas - 70 anos (!!)

 

23. de Maio 1920 – 95º aniversário da fundação do PC da Indonésia

 

25 de Maio de 1963 - 52 aniversário do Dia da Libertação Africano


27 de Maio, 1525 - Dia 490 da Morte de Thomas Müntzer


30 de Maio de 1925 - Shanghai – Início da Revolução Chinesa 1925-1927

 


 

 

 

Junho

 

 

06 de Junho de 1935 - 8º Dia da Morte - Fiete Schulze morto pelos nazistas


22 de Junho de 1945 - o dia da vitória da URSS na Grande Guerra Patriótica

 

 

 

 

Julho

 

 


02 de Julho de 1895 - 120 aniversário de Hans Beimler

 

3. Julho 1921- 94º aniversário da fundação da ISV

 

14. Agosto 1935 - 80º Aniversário da revolta em Fieri (Albânia)

 

19. 7. - 7,8. – 95º Aniversário do Segundo Congresso Mundial da Internacional Comunista - 1920

 

25. 7. - 20,8. 80º Aniversário da traição do VII Congresso Mundial da Internacional Comunista - 1935

 


Final de Julho de 1975 - Pedro Leon Arboleda morto - líder da CP Colombia / ML

 

 

 

Agosto

 

 

01 de Agosto de 1975 - de 40 anos Acordos de Helsinque

 

05 de Agosto de 1895 - (!) 120º aniversário da morte de Friedrich Engels

 

25 de Agosto de 1985 – 30º Dia Morte de Ernst Aust

 

30 de Agosto de 1975 - Congresso da Guarda Vermelha (organização juvenil do KPD / ML)

 

 

 

 

Setembro

 

 

1 de Setembro de 1939 - Início da Segunda Guerra Mundial


01 de Setembro - Dia Internacional contra as guerras imperialistas

 

1. - 8. Setembro 1920 – 95º aniversário do Primeiro Congresso dos Povos do Oriente (Baku)

 

2 de Setembro de 1945 - Há 70 anos República Democrática do Vietname

 

Setembro 1975 - 40 anos - penas de morte de Franco de cinco companheiros da Espanha

 

 

 

 

 

 

Outubro

 

 

01 de Outubro de 2014 - O primeiro aniversário do ICS

 

16 de Outubro de 1908 - 107 anos de Enver Hoxha

 

20 de Outubro de 1900 - 115 Dia da Morte de Naim Frasheri

 

31 de Outubro de 1925 - 90 Dia Morte de Mikhail Frunse

 

 

 

 

Novembro

 

 

 

07 de Novembro de 1917 - Outubro-Revolução - Aniversário 98

 

8 de Novembro de 1941 - 74 anos - Fundação do PTA


08 de Novembro de 2011 - aniversário da Fundação das Secções do Comintern (EH)

 

20 de Novembro de 1919 - aniversário 96 da fundação do YCI - 23 de Novembro de 1941 74 anos de fundação da Associação de Juventude do Trabalho da Albânia - Aniversário da fundação das Seções da Internacional Comunista Jovem

 

28 de Novembro de 1820 - 195 aniversário de Friedrich Engels (!)

 

28 de Novembro de 1915 - 100º Aniversário de Konstantin Simonov

 

29 de Novembro de 1944 - Aniversário 71º da Libertação da Albânia

 

 

 

 

Dezembro

 

 


18 de Dezembro - Dia Internacional dos Migrantes

 

21 de Dezembro de 1879 - 136 aniversário de Stalin

 

18. - 31. Dezembro 1925 - 90º aniversário do 14º Congresso do Partido Comunista da Rússia (bolchevique)

 

31 de Dezembro de 1975 - 40º aniversário da fundação da Secção da RDA do KPD / ML

 

 

 

 

Proletários de todos os países - uni-vos!
Proletariado mundial - unir todos os países!
Os trabalhadores de todo o país fazem parte do proletariado mundial e eles se unem como partes do proletariado mundial.
Assim, as Secções são parte do Comintern (EH) e eles se unem como partes do Comintern (EH).
O proletariado mundial não tem outra arma na luta pelo poder político mundial que suas organizações mundiais - com a Internacional Comunista no topo.
O Comintern (EH) cria, suporta, combina, une e centraliza as secções de todos os países para se propagar, para se preparar, para liderar e para garantir da revolução socialista mundial para a derrubada violenta do governo da burguesia mundial, para a ditadura do proletariado mundial, para a remoção e eliminação do capitalismo mundial, para a construção do socialismo mundial e para a transformação global do seu avanço para o comunismo mundial.
O proletariado mundial é guiado pela ideologia do Marxismo-Leninismo-Estalinismo-Hoxhaismo.
O Comintern (EH) foi fundado com base nos ensinamentos dos 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo, e isto faz também preocupação com o fundamento de cada Secção do Comintern (EH).

 

Long live Stalinism-Hoxhaism ! (English)


RROFTË Stalinizëm-Enverizmi! ! Albanian)


Es lebe der Stalinismus-Hoxhaismus ! (German)

Да здравствует сталинизм - Ходжаизм ! (Russian)

გაუმარჯოს სტალინიზმ–ხოჯაიზმს! (Georgian)

Viva o Estalinismo-Hoxhaismo! (Portuguese)

Viva Stalinismo-Hoxhaismo! (Italian)


斯大林霍查主义万岁! (Chinese)


Viva el Stalinismo-Hoxhaismo! (Spanish)


Vive le Stalinisme-Hoxhaisme! (French)


At zije Stalinismus-Hodzismus! (Czech-Slovak)


Ζήτω το σταλινισμός - Χότζα-ισμό ! (Greek)


Živeo Staljinizam - Hodžaizam! (Bosnian)

 

! زنده باد استالینیسم-خوجهئیسم (Farsi) 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Sem a hegemonia mundial do proletariado sob a liderança da Internacional Comunista não haverá abolição da sociedade de classes e, portanto, não haverá futura Comuna Mundial."

O Comintern (EH)

 

 

 

LINKS

Secção 

Portuguesa

 

Arquivo

Órgão Central do Comintern (EH)

em Português

Revolução no Mundo !”

 

2015

Janeiro

Fevereiro

Marco

Abril

Maio-Junho

Julho

Agosto

Setembro

Outubro

Novembro

Dezembro

 

2014

Jan-jun

Jul-dez

Arquivo 2013

Arquivo 2012

Arquivo 2011

 

 

ENGLISH

contato

 

sobre nós

 

fórum

 

ações

 

Programa


Estatutos

 

Documentos

 

Agitação-propaganda

 

órgão teórico

 

história

 

literatura revolucionária

 

A Solidariedade Comunista Internacional (SCI)

 

 

LISTA DE TODOS OS PAÍSES

DO MOVIMENTO COMUNISTA MUNDIAL

 

 

 

LINKS

COMINTERN (EH) centralmente

Arquivo

 

contacto

sobre nós

ajude-nos!

fórum

perguntas e respostas

secções

estatuto

programa

plataforma

 

 

Chamada para o restabelecimento do Comintern



Véspera de Ano Novo 31 Dezembro 2000


 

 

plataforma revolucionária mundial

de 7 Novembro 2009

declaração programática


 

Enver Hoxha:

o quinto Clássico do marxismo-leninismo e  o restabelecimento da Internacional Comunista

2001

 


 

Linhas gerais do Comintern (EH)

Estratégia e táctica da revolução proletária socialista mundial

2001/2002

online:PORTUGUÊS

 


Manifesto do Partido Bolchevique Mundial

2003


 

O que é que o Comintern (EH) quer?

Programa da

Comuna Mundial "nº 1"

11 de Maio de 2014

 


 

movimento mundial

estalinista-hoxhaista

MMEH


 

 

O Sindicato Vermelho Internacional

reconstruído primeiro Maio 2003

S V I


 

 

A Juventude Comunista Internacional

( A J C I )


 

 

 Internacional da Mulher Comunista

(Estalinistas-Hoxhaistas)


 

 

União Internacional

de Escritores Revolucionários

- U I E R -