Clara Zetkin

RESOLUÇÃO DO QUARTO CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE OS CINCO ANOS DA REVOLUÇÃO RUSSA

(Extractos)

5 de Dezembro de 1922,

Teses e resoluções, iv, p. 35

[A resolução foi movida por Clara Zetkin e aprovada por unanimidade].

 

 

...O quarto congresso mundial da Internacional Comunista, observa que a Rússia Soviética, o Estado proletário, agora que já não é obrigado a defender a sua existência nua pela força das armas, virou-se, com um vigor inexplorado, para a construção e o desenvolvimento da sua economia, mantendo firmemente à vista a transformação para o comunismo. As diferentes fases e medidas conducentes a este objectivo, os passos transitórios da chamada nova política, são o resultado, por um lado, das condições históricas objectivas e subjectivas particulares da Rússia e, por outro, do lento ritmo de desenvolvimento da revolução mundial e do isolamento da República Soviética no meio dos Estados capitalistas...

O quarto congresso mundial recorda aos proletários de todos os países que a revolução proletária nunca poderá triunfar completamente dentro de um único país; pelo contrário, deverá triunfar internacionalmente, como revolução mundial. O trabalho da Rússia soviética, a sua luta pela existência, pelas conquistas da revolução, é a luta pela libertação dos proletários, dos oprimidos e explorados de todo o mundo, das cadeias da escravatura. Os proletários russos têm mais do que cumprido o seu dever como protagonistas revolucionários do proletariado mundial. O proletariado mundial deve, finalmente, fazer o seu. Em todos os países, os trabalhadores, os deserdados e os escravizados devem proclamar a sua solidariedade mais activa, moral, económica e política com a Rússia soviética. Não apenas a solidariedade internacional, mas os seus interesses mais fundamentais exigem que, para o efeito, assumam a luta mais enérgica contra a burguesia e os Estados Capitalistas. Em todos os países, o seu grito de guerra deve ser: Tirem as mãos da Rússia Soviética! Devem o reconhecimento total à Rússia Soviética! Apoio activo de todo o tipo à construção da sua económica! Cada reforço da Rússia Soviética, e luta contra às suas Burguesias, significam um enfraquecimento da burguesia mundial. Os cinco anos de existência da Rússia Soviética são o golpe mais duro que o capitalismo mundial já recebeu e do qual não vai recuperar.

Clara Zetkin

 


 


 

CLARA ZETKIN

PORTUGUÊS