shqip

 


29 de Novembro de 1944

29 de Novembro de 2014


 

Mensagens de Solidariedade

para a Secção Albanês do Comintern (EH)

Mensagem da Secção Portuguesa do Comintern (EH)
por ocasião do 70º aniversário da vitória da
da revolução popular na Albânia e da completa libertação
da ocupação fascista

29 de Novembro de 1944


Neste dia honroso, nós saudamo-los, queridos camaradas Albaneses. Hoje, há 70 anos, o Exército de Libertação Nacional Albanês (ELNA) sob o comando do camarada Enver Hoxha, finalmente, completamente expulsos os invasores nazi-fascistas do seu país. Isto constituiu um ponto de viragem na história da Albânia. Até então, este país sempre esteve sujeito à servidão imperialista estrangeiro, seja abertamente ou através da utilização de lacaios locais. Desde Império Otomano e sem esquecer o período de ocupação fascista italiano, Albanês pessoas que trabalham foi se recusou a ter futuro em suas próprias mãos. Mas isso mudou totalmente em 29 de Novembro de 1944.

E isso porque o ANLA foi liderado por comunistas Albaneses fiéis, e por isso esta data também significou o início dos primeiros passos para a construção do socialismo e do estabelecimento da ditadura do proletariado na Albânia. O camarada Enver e os outros camaradas Albaneses sabiam muito bem que a realização do socialismo através de forças próprias do país foi a única forma de garantir definitiva e totalmente do país de uma verdadeira independência, liberdade e prosperidade.

E ao contrário do que aconteceu com outros chamados liderança "comunista" nos países social-fascista, na Albânia do camarada Enver, a construção do socialismo e ditadura do proletariado foram sempre firmemente defendida contra todos os tipos de inimigos internos e externos. Enquanto o camarada Enver estava vivo, não havia ninguém, não havia imperialistas, revisionistas, neo-revisionistas, anti-comunistas, etc., que jamais poderia tocar pequena Albânia.

Hoje em dia, já não estamos no estágio do socialismo "num só país" são como ocorreu nos tempos do camarada Enver. Estamos agora no período da revolução socialista mundial, do socialismo e do comunismo em escala globalizada. No entanto, o legado de 29 de Novembro de 2014 permanece viva e contém muitas lições valiosas a partir do qual devemos aprender. Assim como comunistas Albaneses liderados pelo camarada Enver derrotou o fascismo na Albânia em 1944, também nós, Marxistas-Leninistas-Estalinistas-Hoxhaistas, vamos derrotar o fascismo em escala mundial sob a liderança de ferro do Comintern (EH) - o único partido de vanguarda autêntico do proletariado mundial.

A Secção Portuguesa deseja-vos muito sucesso e vitórias nas vossas lutas.

Viva o 29 de Novembro de 1944!
Viva a luta triunfante do povo Albanês contra o nazi-fascismo!
Viva o internacionalismo proletário!
Viva a amizade entre as Secções Portuguesa e Albanesa!
Viva a revolução proletária socialista mundial violenta!
Viva a ditadura do proletariado mundial armada!
Viva o socialismo mundial e o comunismo mundial!
Vivam os 5 Clássicos do Marxismo-Leninismo: Marx, Engels, Lenine, Estaline e Enver Hoxha!
Viva o Comintern (EH)!

 

Mensagens de solidariedade:
 
Endereço de saudação dos nossos camaradas Russos
 
29 de Novembro de 2014

 

Mensagens de solidariedade:
 
Endereço de saudação dos nossos camaradas Russos
 
29 de Novembro de 2014


70º aniversário da libertação da Albânia.

Este é um dos maiores dias na história do país. É um grande marco entre duas eras - uma terminou com a vitória sobre o fascismo e a outra anunciou a construção da Albânia socialista.

Retornada da Guerra de Libertação Nacional, a Albânia mudou seu rosto com um novo governo. Pela primeira vez na sua longa história, o destino estava nas mãos das pessoas que trabalham. Pela primeira vez na sua história o povo Albanês fosse seu próprio mestre, mestre do país libertado. O período de construção do socialismo foi um período em que a exploração do homem pelo homem foi eliminada, a propriedade privada foi abolida e da riqueza nacional tornou-se propriedade de todo o povo.

Durante este período, "o país do arado e da colheita", desenvolvido em um país com as primeiras marcas de tractor Albanesas, com pequenas fábricas de lacticínios, uma fábrica de sabão, uma usina de aço gigante, grandes usinas hidroeléctricas com uma capacidade de 500.000 kW para a electrificação total do país, as siderúrgicas, óleo de lâmpadas de querosene. Colinas e montanhas foram transformadas em terras férteis, em vinhas, pomares e florestas cultivadas.

Com o desenvolvimento da economia nacional, o crescimento das normas do povo sob o governo do povo vivo, o desenvolvimento rápido e abrangente da vida intelectual e espiritual foram indissociáveis. Na área da educação e da cultura, educação, ciência e desenvolvimento de tecnologia no país, uma revolução cultural teve lugar. Trabalho para todos, educação gratuita para todos, cuidados de saúde gratuitos para todos, a abolição de todas as taxas, preços estáveis, as menores rendas do mundo, uma das leis trabalhistas mais progressistas - estas são algumas das grandes conquistas do povo Albanês.
As dificuldades e os desafios eram enormes e diversificada. Mas graças ao empenho e coragem do povo Albanês sucessos notáveis foram alcançados. Por um lado era problemas de crescimento, superação dos resíduos e destruições do passado, superando a falta de educação e os problemas de construção de um novo sistema sócio-económico. Por outro lado, a resistência das classes derrubadas apresentou dificuldades que não aceitaram a perda de seus privilégios. E, além disso, também houve ainda inimigos externos, que sitiaram o Albanês fortaleza e tentaram interromper o progresso na Albânia e forçá-lo a seus joelhos. Todas essas actividades hostis ocorreram em períodos diferentes, com intensidade variável. Era uma rede de sabotagem girou entre os reaccionários globais e seus apoiantes no interior. Através de sua lealdade para com a força de liderança - o Partido do Trabalho da Albânia - o Marxismo-Leninismo, por sua coragem na defesa de sua causa justa, ganhavam na luta de libertação nacional pelos filhos e filhas da Albânia, o povo Albanês frustrado todas as ideias reaccionárias e tentativas do inimigo para provocar o colapso total do socialismo, por meio do desenvolvimento contínuo da Revolução de meados dos anos 80 do século passado.
Celebra-se hoje o 70º aniversário da libertação completa da Albânia. Nesse dia, o farol começou a brilhar na Albânia. Apesar profundo luto para os heróis caídos na Guerra de Libertação Nacional, o governo do povo começou com o período de grande agitação social e económica - até um quarto de século.

Neste dia especial, honramos as grandes conquistas do povo Albanês. A experiência de construção do socialismo em condições de cerco capitalista-revisionista é para todo o mundo de valor inestimável. Honramos os líderes proeminentes do povo Albanês, sobretudo o líder excepcional - Enver Hoxha, que tem feito com seu trabalho teórico e prático uma grande contribuição para o desenvolvimento da teoria do Marxismo-Leninismo.

Hoje, temos de aprender com essas experiências e lições e aplicá-las correctamente para as novas condições históricas. Temos de aprender com os acontecimentos que levaram à vitória das forças contra-revolucionárias, na segunda metade da década de 80 do século passado na Albânia. Nunca será permitido colocar a vitória da revolução socialista e a roda da história para trás.


Boas celebrações!
No 70º aniversário da libertação da Albânia e da Revolução Popular!
Com saudações comunistas,
Os funcionários do site
www.enverhoxha.ru



O líder do partido e do povo, o camarada Enver Hoxha, faz um discurso por ocasião da chegada do governo democrático a Tirana

– 28 de Novembro de 1944

DISCURSO NO DIA DA INDEPENDÊNCIA E NA CHEGADA DO GOVERNO DEMOCRÁTICO A TIRANA

(em Inglês)

ENVER HOXHA:

Today, after so much heroic fighting against fascism, the red banner of Vlora, dyed with the blood of the people’s heroes fallen in this anti-fascist war, flies proudly in the skies of free Albania. Five years have passed since the beginning of the cruel fascist slavery, and five times over on each November 28 the blood of the heroic sons of the people, who faced the bayonets of the occupiers and traitors, has flowed in the streets of Albanian cities.

People of Albania,

You must gather the fruits of your heroic war yourselves, because they belong to you, and you have paid for them in blood, so that they will not be snatched from you and stolen by thieves, speculators, intriguers, and tricky politicians, by those parasites who used to live on your backs. We must close our ranks more tightly than ever, all of us must rally round the state power, round the Front, round the Democratic Government, and thus march together towards our desired objectives, the improvement of the social and economic life of our country.

Long live free democratic Albania!

Long live the Albanian people!

Long live the National Liberation Army!

Long live our great allies: Britain, the Soviet Union and America!

Long live the brotherhood of the freedom-loving Balkan peoples!

Long live the heroic people of Tirana!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mariglen Gjokas Foto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fundação do Exército

Nacional de Libertação

Albanês

Colecção de documentos e imagens

 

 

1939 - 1944

"Epic da Guerra de Libertação Nacional do povo albanês"

www.enverhoxha.ru

 

 

A ocupação da Albânia pela fascista Italia

07 de abril de 1939
- 08 de setembro de 1943

 


Em língua Inglesa

ENVER HOXHA

Luta contra os fascistas

Italianos - 1942

 

 

 

VIDEO

 

 

Video

 

 

 

 

Video

 

 

 

 

Përshkrimi: Fotoskene e nje shfaqje partizane. Spikerja njofton fillimin e shfaqjes. Luhet skeçi "Flamujt e zinj" e Besim Levonjes varianti i hershem i komed...

 

VIDEO

Kenget e te vegjeleve 1968